27.7 C
Rio de Janeiro
dezembro 16, 2018
Gastronomia

World Class Competition terá Adriana Pino representando o Brasil em Berlim

A bartender brasileira encarará 57 países na disputa final do maior campeonato de coquetelaria do mundo

O maior campeonato de coquetelaria do mundo, World Class Competition, organizado pela Diageo, líder mundial em destilados premium, chega a final mundial de sua 10ª edição. O evento acontece de 5 a 8 de outubro, em Berlim na Alemanha e tem como objetivo fomentar a cultura coqueteleira ao redor do globo. A bartender Adriana Pino será a representante brasileira entre 57 países participantes.

Na eliminatória nacional, que aconteceu entre outubro e julho, Adriana superou cerca de 250 inscritos de todo país. Seus drinks foram julgados por verdadeiros mestres da coquetelaria brasileira Alexandre D’Agostino (Apothek), Jean Ponce (Guarita Bar), Fabio La Pietra (SubAstor), Márcio Silva (Guilhotina), e Spencer Amareno (Frank Bar). Desde a final brasileira há 2 meses, os jurados se tornaram seus coachs na preparação para a grande final. A única exceção foi Márcio Silva, primeiro brasileiro na história do campeonato a integrar o time de jurados globais. E, Tai Barbin, head bartender do Nosso Gastrobar, em Ipanema, se junta ao time para acompanhar Adriana nos 4 dias de provas em Berlim.

A competição terá diferentes formatos de provas que serão divididas por rótulos e diferentes categorias de destilados. A prova com whisky será o desafio Johnnie Walker Black Label “Flavours of a Nation”, em que Adriana apresentará um drink estilo highball com elementos brasileiros. Já a prova com gin, Tanqueray Nº Ten “Search for a Signature”, definirá qual será o próximo drink icônico da marca. Além disso, provas tradicionais como o “desafio contra o tempo” em que o bartender deve preparar diversos coquetéis em um curto período devem ser mantidas para a fase final dos quatro dias.

“O World Class é sem dúvida a principal plataforma de coquetelaria do mundo e através dela, a Diageo fomenta a cultura de drinks e enaltece a carreira de bartender através de uma experiência única e de um reconhecimento imensurável para os profissionais da área.” afirma Cecília Gurgel, diretora da unidade de negócio Diageo Reserve.

A programação promete ser intensa, e Adriana pretende apostar no simples para se destacar entre os melhores do mundo. “É óbvio que estou super ansiosa, mas estou me preparando bem e quero chegar lá tranquila como estava na edição brasileira. Claro que sempre existe um peso enorme por estar representando o Brasil, mas espero que isso não me abale na hora. Pretendo levar uma coquetelaria um pouco mais simples, elegante e replicável com meu toque” comenta Adriana em tom alegre e divertido.

Para Alexandre D’Agostino, um dos coaches da bartender, Adriana está bem preparada. “Foram meses de treino e testes. Espero que ela consiga traduzir nas apresentações tudo o que pensou e que esteja bem tranquila na hora das provas. Sinceramente, acredito que ela esteja entre os 20 mais”, complementa.

Para saber mais e assistir à competição ao vivo a partir do corte dos TOP 20, acesse a página do evento no facebook: http://www.facebook.com/WorldClass/

Posts relacionados

Casa Momus, na Lapa, lança menu de petiscos

Redação

Gaia Art & Café está com novidades no cardápio vegetariano

Redação

Ceia de Natal por encomenda

Redação

Deixe um comentário