26.9 C
Rio de Janeiro
novembro 15, 2018
Featured Teatro & Dança

“Urbana” estreia dia 7 de agosto no Teatro Serrador

Foto: Renato Mangolin
Foto: Renato Mangolin

O espetáculo teatral “Urbana”, com Glaucy Fragoso, estreia no dia 7 de agosto, terça-feira, às 19h30, no Teatro Serrador, sob a coordenação geral de Julio Adrião e codireção de Roberto Rodrigues. A montagem da atriz, palhaça e dramaturga, apresenta um solo de teatro físico, baseado em fatos e personagens reais, onde a cidade e o homem estão em desordem.

“Urbana” aborda a humanidade do indivíduo em situações de risco e abandono, às margens da cidade acuada por poderes paralelos (comum aos grandes centros). Pessoas que Glaucy Fragoso encontrou pelas ruas. Encontros que revelaram a humanidade desses indivíduos para além da marginalização a que estão sujeitos, bem como suas influências.

“Urbana é um grito de humanidade dentro da desumanizada urbanidade. A liberdade do invisível, do oprimido opressor vestido de loucura, testemunhados pelos cinco sentidos da falsa gringa frágil. Corpo que dá vez e voz ao coração dos esquecidos e indesejados. Urbana não tem cor, credo ou gênero e está além do sotaque, pois é carioca e do mundo. Urbana não mente. Urbana é uma flor teimosa que não desiste de ser formosa. Urbana é Glaucy.”, declara Julio Adrião

A pesquisa de linguagem desenvolvida pela artista integra técnicas de circo e da dança, além da palhaçaria. Com ação física, Glaucy apresenta uma dinâmica corporal de movimentação intensa, onde o corpo da atriz é a cidade onde circulam os invisíveis e indesejados.

Histórico de Urbana em festivais:
Mostra de Artes Cênicas Tiradentes em Cena, Tiradentes (MG), em 7 de maio de 2018;
Mostra Competitiva do Festival de Passos (MG), em 18 de julho de 2018;
Festival Floripa Teatro – 23º Insnard Azevedo (SC), em setembro de 2018;
Mucuriarte – Festival em Bertópolis (MG), em julho de 2018.

Sinopse:
Baseado em fatos e personagens reais, o texto aborda a humanidade do indivíduo marginalizado. A cidade e o homem em desordem, pessoas em situações de risco e abandono, às margens da cidade acuada por poderes paralelos. Com ação física, técnicas de circo e de dança, a atriz e dramaturga questiona a normatização da barbárie e busca refletir sobre os encontros humanos, bem como suas influências ao meio que se habita.

 Glaucy Fragoso:
Glaucy Fragoso é atriz, palhaça e acrobata circense de Santa Catarina, radicada no Rio de Janeiro. Desde 2010 atua na arte de rua com espetáculos e cenas autorais de circo e teatro, em locais públicos da cidade do Rio de Janeiro. Atuou em espetáculos de artes integradas (teatro-dança-circo) do circuito profissional das artes cênicas do RJ e de SP, como as montagens “Veracidade”, “Sonhos”, “Lua Gigante” e “Passos e Oceano”, onde  também se apresentou por onze estados brasileiros.

Dirigiu o processo criativo do espetáculo “In Versus”, na Escola Nacional de Circo/FUNARTE, com vinte alunos formandos da entidade. É formada pela ESLIPA – Escola Livre de Palhaços do Grupo Off-Sina (RJ), onde desenvolve o trabalho de palhaçaria em áreas de extrema precariedade da cidade do Rio de Janeiro. Glaucy começou no teatro amador de Santa Catarina, veio para o Rio de Janeiro estudar teatro e, na sua formação de atriz e circense, passou por grupos e escolas, como: Nós do Morro, Circo Crescer e Viver, Intrépida Trupe, Escola Nacional de Circo, Cia Brasileira de Mystérios e Novidades, dentre outras.

Ficha Técnica:

Dramaturgia, direção e atuação: Glaucy Fragoso
Supervisão geral: Julio Adrião
Co-direção: Roberto Rodrigues
Figurino: Glaucy Fragoso e Florência Santangelo
Trilha Sonora: André Ramos
Iluminação: Guiga Ensá
Fotografia: Renato Mangolin
Vídeo: Renato Riguetti e Cris Lustosa
Midias Sociais: Ana Righi
Produção Executiva e Identidade visual: Fernando Alax
Produção: Julio Adrião Produções

Serviço:

Espetáculo “Urbana

Com Glaucy Fragoso
Gênero: Drama
Local: Teatro Serrador
Temporada: de 7 a 29 de agosto de 2018 | terças e quartas
Dias: 7 e 8, 14 e 15, 21 e 22 e 28 e 29 de agosto
Horário: 19h30
Preço: R$ 40 (inteira) | R$ 20,00 (meia) | R$ 15,00 (lista amiga)
Endereço: Rua Senador Dantas, 13 – Cinelândia, Rio de Janeiro
Telefones: (21) 2220-5033
Classificação etária: 16 anos
Duração do espetáculo: 65 minutos
Lotação do teatro: 226 lugares
Horário da bilheteria: De segunda a sexta, das 12h às 19h. Sábados e domingos, das 17h às 19h.

Posts relacionados

Lázaro Ramos, Zezé Motta e Ailton Graça em ‘M8’, novo filme de Jeferson De

Redação

francisco, el hombre e O Teatro Mágico se apresentam no Rio de Janeiro

Redação

“Hominus Brasilis” se apresenta de graça em Icaraí

Redação

Deixe um comentário