Um pedacinho de Portugal na Tijuca

Bacalhau, cozido, caldo verde… Receitas de origem portuguesa que podem ser facilmente confundidas com comidas típicas brasileiras. Desde a época da colonização, quando os portugueses traziam alimentos e animais lusitanos para reproduzir a sua gastronomia, a culinária brasileira é diretamente influenciada pelo país europeu. Apesar dessas comidas fazerem parte do cotidiano dos brasileiros, muitas receitas costumam ser adaptadas com ingredientes nacionais. Por isso, quem deseja comer um prato 100% português, no Rio de Janeiro, tem que recorrer a casas especializadas.

O Restaurante Rampinha, localizado no Pólo Gastronômico da Praça da Bandeira, oferece diversos pratos trazidos de Portugal, como o já tradicional Bacalhau Zé do Pipo, gratinado com queijo tipo raclet, purê, brócolis no alho e maionese, e o Bacalhau Rampinha, grelhado com batatas coradas, pimentão, tomate, cebola e camarão. Também fazem parte do cardápio coelho, leitão, polvo e chouriço, além das sobremesas como pastel de Belém e pastel Santa Clara.

Criado em 1989, pela família lusitana Tomaz Correia para atender o grande número de empresas na região, o Rampinha nem sempre foi um restaurante tradicionalmente português. A princípio, a casa tinha foco em comida caseira, porém, decidiu criar um diferencial para conquistar mais clientes. Considerado por muitos um dos melhores bolinhos de bacalhau do Rio de Janeiro, o estabelecimento leva o mesmo nome de um restaurante da região do Porto, uma casa tipicamente de Portugal.

Serviço Rampinha:
Endereço: Av. Pça. da Bandeira, 201 – Praça da Bandeira
Telefone: 21 2273-7647
Funcionamento: Segunda-feira a domingo, das 11h à 0h.
Capacidade: 72 pessoas
Aceita todos os cartões de débito e crédito
Com manobrista (estacionamento incluído) todos os dias até 18h

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.