3.4 C
New York
março 24, 2019
Notícias

Últimas apresentações do espetáculo infantil “Pedro e Quim”

A Cia. Paidéia de Teatro acaba de receber o Prêmio APCA na categoria Teatro Infantojuvenil- Grande Prêmio da Crítica.. A Associação Paulista de Críticos de Arte premiou o grupo pela realização de dois espetáculos com temas urgentes e necessários: Vamos para a Escola!, sobre os rumos tomados pela educação no Brasil, e Pedro e Quim, que discute  diversidade étnica, assim como bullying, tolerância e respeito.  A cerimônia de entrega acontece em 2019.

A última chance de conferir Pedro e Quim em 2018 é neste final de semana. As sessões acontecem sábado e domingo, 15 e 16 de dezembro, às 17 horas, na sede da Paideia (Rua Darwin, 153- Santo Amaro). Os preços são populares (R$ 20,00 – inteira e R$ 10,00- meia).

A montagem inédita da Cia. Paideia, com texto e direção de Amauri Falseti, é inspirada na história real de uma família judia alemã que fugiu para o Brasil em 1938.O espetáculo narra a história de amizade e confidência entre dois irmãos, Pedro e Quim, que têm de lidar com a realidade de uma perseguição que, até então,  eles não compreendem.

Última sessões de 2018:
15 de dezembro- Sábado, às 17 horas
16 de dezembro- Domingo, às 17 horas

“A peça conta a história específica de uma família, mas o público vai se identificar com o afeto entre os personagens e a coragem que eles têm para enfrentar juntos as dificuldades”, afirma o fundador da Paideia, autor do texto e diretor do espetáculo, Amauri Falseti.

Em destaque no elenco: Aglaia Pusch, Rogério Modesto e Valdênio José. A assistência de direção é de Ana Luiza Junqueira; a direção musical é de Margot Lohn Kullock; com cenário e figurinos de Aby Cohen e iluminação de Wagner Freire.

A história da peça Pedro e Quim
De forma delicada, a montagem aborda as complexidades específicas de um momento histórico e as questões que influenciam a vida de algumas crianças. Pedro e seu irmão mais novo, Quim, são os personagens centrais que lidam com a violência na escola e a falta que sentem de seus pais, quando estes não podem estar presentes. Os dois têm que se adaptar às mudanças no cotidiano e buscar força e esperança na fantasia dos contos de fadas e no apoio dos familiares.

Durante as noites, os irmãos Pedro e Quim gostam de conversar. Pedro conta histórias fantásticas, mas Quim está mais interessado em entender porque as coisas estão diferentes em casa: “Todos os dias, quando você chega da escola,  a mamãe chora.. Você pensa que sou bobo. Mas não sou”, afirma o caçula numa noite.  Pedro não tem todas as respostas, não sabe porque seu pai teve de viajar. Ele só sabe que sua vida não está fácil com as outras crianças: “No começo, só alguns me agrediam. Mas agora toda a classe me persegue”, explica ao mais novo, antes de ele também ter que partir.

Conheça o grupo
Fundada em 1998 por Amauri Falseti e Aglaia Pusch, a Paideia Associação Cultural é uma instituição regida pela Cia. Paideia de Teatro que se dedica aos jovens e às crianças. Hoje, sua sede é um importante polo cultural da região de Santo Amaro. Jovens e crianças fazem oficinas semanalmente no local, além de professores, educadores e artistas.

A Paideia mantém uma vasta programação cultural e, anualmente, realiza o Festival Internacional Paideia de Teatro para a Infância e Juventude.

Em 2018, a Cia. Paideia está indicada à 31ª edição do Prêmio Shell de Teatro (1º semestre) na categoria Inovação, pela relevância de seu trabalho na formação de plateia com intercâmbios nacionais e internacionais. Em 2017, o grupo recebeu o Prêmio Governador do Estado de São Paulo para a Cultura, na categoria Arte para Crianças, em votação popular, com 71% dos votos.

Em 2010, a Paideia recebeu o Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem na Categoria Especial por sua programação intensa e diversificada, e, desde 2009, foi reconhecida como Ponto de Cultura. O grupo teatral conquistou inúmeras indicações e por quatro vezes recebeu o Prêmio São Paulo de Incentivo ao Teatro Infantil e Jovem e também o APCA (Associação Paulista dos Críticos de Arte).

Ao longo da história da Paideia, o grupo contou com o apoio de instituições, consulados, artistas, empresas, amigos e dos jovens.

Saiba mais: www.paideiabrasil.com.br

Ficha Técnica
Texto e Direção: Amauri Falseti
Assistência de direção: Ana Luiza Junqueira
Direção musical: Margot LohnKullock
Cenário e figurinos: Aby Cohen
Iluminação: Wagner Freire
Preparação Corporal e Vocal: Suzana Azevedo
Elenco: AglaiaPusch, Rogério Modesto e Valdênio José
Duração: 60 min.
Indicação etária: 6+

Sessões:
15- Sábado, 17 horas
16- Domingo, 17 horas

Ingressos: R$ 30,00 (ingresso solidário); R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (meia);
entrada gratuita para professores da rede pública e alunos da EMEF Carlos de Andrade Rizzini

CIA PAIDEIA DE TEATRO
Rua Darwin, 153 – Santo Amaro (próximo ao Mercado Municipal de Santo Amaro)
São Paulo – SP
Informações: Tel. (11) 5522-1283

Posts relacionados

Grupo “Só Preto Sem Preconceito” comemoram 35 anos de carreira

Redação

CEAT realiza mostra de arte, ciência e cultura em Santa Teresa

Redação

Workshop “Sabor & Organização”

Redação

Rock in Rio 2019: Rock Street homenageia a Ásia e traz conteúdo inédito para o Brasil

Redação

West Shopping apresenta concerto gratuito do coral Angeluz da Igreja Adventista

Redação

Mercado Mundo Mix na Fundição Progresso

Redação

Deixe um comentário