Turismo em Marraquexe é uma opção interessante para destino alternativo

Uma cidade que contrasta o rústico e o antigo com o entretenimento moderno, Marraquexe é amplamente considerada o lugar mais receptivo aos turistas em Marrocos. A pouco mais de 13 horas de avião do litoral sudeste brasileiro, este centro turístico do noroeste africano é uma ótima escolha para quem quer sair do óbvio e visitar um lugar alternativo na África.

O lado histórico com séculos de tradição
Marraquexe tem sua parte moderna com cassinos e baladas, mas a cidade é principalmente reconhecida por sua região central que guarda mais de mil anos de história. Neste local é fácil se esbarrar com os souks, os tradicionais mercados africanos ao ar livre.

Como Marraquexe é uma cidade onde raramente chove a maioria dos comerciantes trabalham ao ar livre. Os vendedores disponibilizam grande parte da cultura marroquina com tecidos, artesanatos, produtos rurais e muito mais. Alguns dos pratos típicos que podem ser encontrados são o tangine de limão, a pastilla e  o delicioso cuscuz marroquino com suíno.

Como é um lugar muito turístico, é uma boa ideia prestar atenção nos preços e negociar para conseguir fazer boas compras.

“Os vendedores de Marraquexe esperam uma negociação, então é melhor colocar em dia as suas habilidades de barganhar e se divertir com isso. Eles sabem que suas ofertas iniciais são extremas, então não saia sem uma contraoferta”, diz a jornalista Catherine Forth no guia do site Destination Tips.

Os maiores souks estão dentro da Almedina, uma área fortificada com cerca de 19 quilômetros de extensão e rodeada de muros no centro da cidade. É recomendado usar um GPS ou contratar um guia pois as ruas são bem estreitas e se parecem uma com as outras. Além disto, em dias de calor o ideal é colocar uma roupa leve pois as temperaturas geralmente ultrapassam os 35 graus.

Localizada na Almedina está a praça Jemaa El-Fna, considerada um dos pontos turísticos imperdíveis. Uma dica é visitar o local repleto de iguarias marroquinas e atrações interessantes durante o dia e à noite para aproveitar, assim, os diferentes tipos de movimentos que ocorrem por lá.

por Lviatour/CC-BY-SA-2.5,2.0,1.0
por Lviatour/CC-BY-SA-2.5,2.0,1.0

Uma cidade divertida à noite
Marraquexe mostra o seu lado moderno quando o sol se põe e tem uma vida noturna bem agitada. Isto é protagonizado principalmente pelos dois cassinos de lá: o Grand Casino La Mamounia e o Casino de Marraquexe.

Além das inúmeras opções gastronômicas e espetáculos, ambos são consagrados pelo poker. A cidade já sediou eventos como o World Poker Tour Nationals e circuitos importantes do World Series of Poker. Os casinos também funcionam diariamente com uma série de torneios interessantes para todos os níveis.

Todos estes fatores tornam Marraquexe uma referência africana neste esporte e para explorar o melhor dessa diversão na noite marroquina é bom pelo menos saber diferenciar omaha de texas hold’em, duas das modalidades mais populares praticadas no país.

O Palais Dar Soukkar é outro lugar bastante frequentado pelos turistas. Destinado a apresentações artísticas e com ótimas opções culinárias, o local é ideal para apreciar entretenimento ao ar livre e conhecer um pouco mais da cultura local.

Dar Soukkar fica bem próximo da Almedina de Marraquexe e não é palco apenas de canções tradicionais da cultura marroquina. Os DJs também costumam se apresentar tocando os sucessos internacionais para animar os visitantes.

“Ambiente chique, mas descontraído, onde os mesmos vão para passarem uma noite diferente. Não se iniba de dançar mesmo que os locais não o façam. Toda a gente está habituada a que os turistas o façam, ainda que os marroquinos se mantenham nas mesas a conversar”, informa o relato do site Viaje Comigo.

Já para aproveitar o lado mais festeiro de Marraquexe é preciso sair da parte antiga e mais calma e seguir em direção a regiões como Gueliz e Hivernage. Lá, é possível encontrar boas opções de restaurantes, hotéis de luxo e até mesmo baladas bacanas.

Atualmente as mais conceituadas são a Comptoir Darna e o 555 Famous Club. Ambas prometem uma noite agitada para qualquer turista que poderá ter uma experiência única e animada durante a sua viagem.

Outros passeios e visitas indispensáveis
Marraquexe tem alguns “tesouros escondidos” para os turistas que vão além do mainstream. Uma opção alternativa muito interessante é explorar as várias lojas de tatuagem de hena que podem ser encontradas na Almedina e em vários pontos da cidade.

Não faltam profissionais especializados nesta arte e é fácil encontrar um preço acessível para conseguir uma boa tatuagem temporária com todo tipo de desenho intricado.

por por Casual Builder
por por Casual Builder

Oura opção de tour são os telhados de Marraquexe, que são bem disputados entre os comerciantes e bastante visitados pelos turistas. A vida que acontece nos rooftops quase formam um segundo centro comercial.

Nestes lugares, que normalmente são bem mais frescos do que a nível do chão, é possível jantar, almoçar e comprar diversos produtos locais. Há também uma tradição saborosa para os turistas de provar os sorvetes produzidos nos telhados de Marraquexe aproveitando a vista para a cidade.

Arrume as malas para o outono ou a primavera local

O verão é bem intenso em Marraquexe com temperaturas escaldantes que testam até mesmo o turista acostumado com o calor do litoral brasileiro. Já no inverno as temperaturas caem bruscamente e a mínima média fica em torno de 6 a 9 graus.

Portanto, o ideal é visitar esse lugar na primavera ou no outono local. Longe do auge do verão marroquino e sem ter maiores preocupações com o tempo, o turista consegue apreciar melhor os principais pontos turísticos e aproveitar mais sua viagem.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.