-1.5 C
New York
dezembro 19, 2018
Featured Música

Tunai, Jane Duboc & Wagner Tiso estreia no Vivo Rio

foto: José Luiz Pederneiras
foto: José Luiz Pederneiras

CLÁSSICOS AUTORAIS E OUTROS MAIS reúne três ícones da MPB: Tunai, Wagner Tiso e Jane Duboc num novo show pontuado por grandes clássicos da nossa música.

Mineiros de Ponte Nova e Três Pontas, respectivamente, com mais tempo de Rio que Minas, Tunai e Wagner Tiso vêm desenvolvendo um trabalho em parceria já há alguns anos. E talvez um dos trabalhos mais representativos dos artistas tenha sido o recente show “Saudade da Elis (As Aparências Enganam)”, que percorreu o Brasil em mais de 130 apresentações homenageando a maior cantora de todos os tempos da nossa MPB, Elis Regina, que lançou Tunai definitivamente no cenário musical brasileiro com a emblemática canção “As Aparências Enganam”, dele e de seu parceiro Sérgio Natureza, no LP “Essa Mulher” (WEA 1979).

As carreiras-solo dos dois são igualmente representativas para a MPB. Tunai possui mais de 250 composições em seus quase 40 anos de estrada, entre elas hits como “Frisson”, “Sintonia”, “Sobrou pra Mim”, “Certas Canções”, “Eternamente”, a já citada “As Aparências Enganam” e muitas outras. A lista de intérpretes de suas composições é extensa: Elis Regina, Milton Nascimento, Simone, Nana Caymmi, Jane Duboc, Fafá de Belém, Zizi Possi, Leila Pinheiro, Maria Rita, Sérgio Mendes, Ney Matogrosso, Beto Guedes, Emílio Santiago, Elba Ramalho, Roupa Nova, Ivete Sangalo… Várias de suas músicas estiveram em trilhas de novelas e viraram videoclipes do Fantástico. Em maio deste ano, lançou no “Domingão do Faustão” seu novo single “Bala Perdida”. Tunai teve, também neste ano, toda sua obra lançada nas plataformas digitais (Spotify, iTunes, Google Play e outras).

Wagner Tiso é o maestro e um dos fundadores do Clube da Esquina. Parceiro da vida inteira de Milton Nascimento. Pianista e arranjador dos mais requisitados, já trabalhou com os maiores nomes da MPB e da música internacional. Integrou a lendária banda “Som Imaginário” nos anos 70, que acompanhou Milton Nascimento, e gravou mais de 30 discos solo. É autor de diversas trilhas para cinema e TV. Apresentou-se em palcos e festivais de jazz de vários países também ao lado de Wayne Shorter, Flora Purim, Airto Moreira e Ron Carter. Como compositor, teve grande destaque com sua canção “Coração de Estudante”, letrada por Milton Nascimento e considerada o “Hino das Diretas Já”, nos anos 80.

Por sua vez, a paraense Jane Duboc, que lançou no início do ano seu 23º álbum “Duetos”, com participações especiais de Toquinho, Fábio Jr., Roupa Nova, entre outros, completa o trio com sua bela voz (inclusive ocupa a lista das “100 Maiores Vozes da Música Brasileira”, elaborada pela revista Rolling Stone). Começou sua carreira musical nos EUA no final dos anos 60 e estreou em disco no Brasil com seu LP “Languidez” (Aycha Discos 1981). No ano seguinte, ficou em 3º lugar no Festival MPB, da Rede Globo, emocionando o Maracanãzinho lotado com 13 mil pessoas, defendendo a canção “Doce Mistério (Tentação)”, de Tunai e Sérgio Natureza, acompanhada pelo grande pianista Sérgio Sá e sua banda, tendo Tunai como convidado ao violão. Nesse festival, foi premiada como Melhor Intérprete. Em 1992, recebeu o prêmio Sharp de Melhor Cantora/Canção Popular. Sua brilhante carreira inclui participações em trabalhos de Gilberto Gil, Egberto Gismonti, Milton Nascimento, Edu Lobo, inclusive o próprio Tunai, que teve cinco músicas gravadas por ela, todas em parceria com Sérgio Natureza, com destaque para “Blues Afins”, do CD “Lady Jane” (Jam Music 2003) gravado nos EUA, e título da turnê que fizeram juntos pelo SESC, selando uma parceria de muitos anos.

Recentemente, Tunai e Jane Duboc gravaram juntos a canção “Sina de Amor”, com arranjo de Wagner Tiso, que Tunai compôs em 1982 para Elis e Milton cantarem juntos, mas infelizmente não deu tempo… Sobrou pra eles essa difícil missão. O público poderá conferir essa e outras quatro músicas inéditas do EP “Bala Perdida”, que será lançado nas plataformas digitais em setembro e, fisicamente, neste novo show CLÁSSICOS AUTORAIS E OUTROS MAIS no dia 19 de outubro, no Vivo Rio, que também incluirá grande parte do repertório* do show “Saudade da Elis (As Aparências Enganam)” e sucessos das carreiras de Tunai, Wagner Tiso e Jane Duboc.

Serviço:
Local: Vivo Rio
Data: 19 de outubro às 22h.
Endereço: Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo, Rio de Janeiro, RJ 
Abertura dos portões: Duas horas antes do show.
Classificação etária: 18 anos. Menores de 18 anos entram acompanhados dos pais/responsável.

Atenção: para setores com mesa, a compra de um ingresso garante um assento na mesa selecionada, mas não em uma cadeira específica. Os assentos são ocupados por ordem de chegada. 

Valores:
Setor Vip R$ 180,00
Setor 1 R$ 160,00
Setor 2 R$ 140,00
Setor 3 R$ 120,00
Setor 4 R$ 100,00

Setor 5 R$ 80,00
Camarote A R$ 180,00

Vendas online em vivorio.com.br.


BILHETERIA OFICIAL – SEM COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

Vivo Rio
Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo, Rio de Janeiro, RJ
Terça a sexta-feira 11h às 18h
Sábados e domingos das 15h às 18h 
Venda e retirada de ingressos dos eventos do Vivo Rio.

PONTO DE VENDA – SUJEITO A COBRANÇA DE TAXA DE CONVENIÊNCIA

FNAC – Barra Shopping
Av. das Américas, 4666 – Barra da Tijuca
Piso Lagoa – Loja B101-114
Segunda a sábado das 10h às 20h
Domingos das 13h às 19h
Feriados das 15h às 19h
Apenas venda de ingressos. Não realiza retirada.

MEIA-ENTRADA E INGRESSOS PROMOCIONAIS
Confira aqui as leis de meia-entrada, identificando quem tem direito ao benefício e os documentos comprobatórios.

25% de desconto sobre o valor da inteira para clientes Vivo Valoriza na compra de até 02 ingressos. Para comprovar seu cadastro no programa, basta enviar um SMS para o número 1058 com a palavra VALORIZA. Para clientes Vivo Fixo, Vivo Internet e Vivo TV, basta apresentar a última conta paga. Disponível apenas para compra na bilheteria do Vivo Rio. 

Posts relacionados

“Fran World Tour – Eu só preciso ser amada” utiliza a palhaçaria para abordar a liberdade criativa e a comicidade do corpo da mulher

Redação

Pennywise traz 30 anos de tradição do hardcore californiano para o Rio de Janeiro no lançamento do álbum `Never gonna die’`

Redação

‘Eu amarelo’ – Nova peça sobre Carolina Maria de Jesus estreia no Sesc Tijuca

Redação

Rock in Rio 2019: Sunset – Slayer e Anthrax se apresentam em dia dedicado ao Metal

Redação

Em Casa a Gente Conversa | Juliana Knust e Cássio Reis se apresentam no Teatro RioMar Recife

Alyson Fonseca

Cia Doêrro apresenta a comédia Ed&Cath no Teatro Cândido Mendes

Redação

Deixe um comentário