20.2 C
New York
junho 17, 2019
Música

Tia Surica homenageia Clara Nunes na Tijuca

Serão duas apresentações no dia 11 de maio, no Centro da Música Carioca Arthur da Távola, com participações especiais de Nilze Carvalho e Ana Quintas

A saudosa Clara Nunes costumava esbravejar durante os desfiles da Portela para que os integrantes das alas não deixassem buraco na avenida. Quem lembra bem do cuidado que a cantora tinha com a escola azul e branco de Oswaldo Cruz é Tia Surica, pastora da Portela que já desfilou na ala das baianas e tem todo o aval para homenagear Clara. E é exatamente isso o que ela vai fazer no dia 11 de maio, no Centro da Música Carioca Artur da Távola, em duas apresentações: uma às 17h e outra às 20h.

Clara Nunes faz parte da memória de Tia Surica. São muitas as lembranças. “Certa vez, na época em que eu saía na ala das baianas, nos deram uma roupa muito pobre, feita com um metaloide horrível, e dissemos que não iríamos desfilar. Ela chamou a nossa atenção na mesma hora: ‘Vão, sim! Somos Portela!’. Nós, é claro, acatamos”, recorda a pastora.

Clara Nunes morreu em 1983, vítima de uma reação alérgica à anestesia durante uma cirurgia de varizes. O corpo da cantora foi velado na quadra da azul e branco de Oswaldo Cruz. Tia Surica estava lá e ajudou nos preparativos para a triste ocasião. Se Clara fosse viva, faria 75 anos no dia 12 de agosto. Pensando nisso, nossa pastora da Velha Guarda da Portela está preparando um tributo com participações especiais das cantoras Nilze Carvalho e Ana Quintas, sob a direção musical de Paulão 7 Cordas.

Depois da homenagem da Portela no desfile do carnaval deste ano, com o enredo “Na Madureira moderníssima, hei sempre de ouvir cantar uma sabiá”, chegou a vez de “Tia Surica canta Clara Nunes”. No roteiro do show, estão sambas inesquecíveis gravados pela saudosa guerreira, como “Conto de areia”, “Portela na avenida”, “Lama”, Canto das três raças” e “O mar serenou”.

Para uma estrela como Clara Nunes, homenagens nunca serão suficientes, mas é sempre uma ótima maneira de matar as saudades dela.

Serviço:

Tia Surica canta Clara Nunes
Dia 11 de maio (sábado) em duas sessões: às 17h e às 20h.
Centro da Música Carioca Artur da Távola – Rua Conde de Bonfim 824 – Tijuca
Ingressos: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia entrada).

Posts relacionados

Dilsinho, Thiago Martins, MC Marcinho e DJ Zullu no Pré-Réveillon do Rio no FM Hall Marina da Glória

Redação

Pra embalar – Patrícia Mellodi

Redação

Festival A.Nota – Letrux e Mãeana cantam bruxas no Teatro Ipanema 

Redação

Ana Egito participa do Lagoa Blues Festival

Redação

Ivo Meirelles homenageia Dudu Nobre por sua história na Mangueira e o entrega troféu “Surdo Um”

Redação

Tempo Rei lança seu CD intitulado “Eternidade É Tempo Algum” no Centro da Música Carioca Arthur da Távola

Redação

Deixe um comentário