18.7 C
New York
maio 23, 2019
Teatro & Dança

Thiago Soares retorna ao Theatro Municipal do Rio como coreógrafo

Primeiro bailarino do Royal Ballet, de Londres, é responsável pela montagem do espetáculo “Be-Marche: Noites de Berlioz”, que contará com Oskar Metsavaht na direção de arte

Em 1996, Thiago Soares iniciava sua trajetória no Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Agora, 23 anos depois, o artista que alcançou o posto de primeiro bailarino do Royal Ballet – um dos mais importantes do mundo – retorna às origens para coreografar “Be-Marche: Noites de Berlioz”. A homenagem, que tem estreia marcada para o dia 20 de abril, às 17h, comemora os 110 anos da instituição e lembra os 150 anos de falecimento do compositor francês.

O espetáculo será executado pelo corpo de balé do Municipal e sua orquestra, sob a regência do maestro Carlos Prazeres. Além disso, o projeto conta com reforços de peso, como: o criativo Oskar Metsavaht na a direção de arte, Yann Seabra e Renato Cruz (assistente) com os figurinos e a iluminação a cargo de Maneco Quinderé. 

A obra “Be-Marche: Noites de Berlioz”, que tem sido moldada para os artistas do Municipal, conta com dois atos. O primeiro traz os famosos contos de “Le nuit d’ete”, no qual os cantores interagem com os bailarinos.  O segundo ato leva ao palco todo o ballet do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, inclusive artistas mais sêniores da companhia, numa emocionante e grandiosa encenação. 

“É muito lindo poder voltar e ainda criar algo para a companhia. O Berlioz é um compositor robusto, com orquestrações enormes, um cara presente na época das revoluções de Napoleão. É uma produção grande! Minha ideia é, claro, fazer algo inspirado na história dele, mas também quero falar, de uma maneira não literal, da história do Municipal, da força que esse teatro e sua companhia têm”, adianta Thiago Soares. 

Retornar ao Municipal é também um pontapé inicial para a nova fase da carreira do artista. Este ano, Thiago passa a ser o primeiro bailarino convidado do Royal e, com isso, terá mais tempo para se dedicar aos seus projetos pessoais. Com o programa em homenagem a Berlioz, o artista pretende contribuir para um futuro mais próspero desse grande ícone da cultura carioca. 

“Trazer o Oskar, que é um cara que representa tão bem nosso país lá fora, é uma forma de mostrar os caminhos que o Municipal pode percorrer, caminhos de inovação e de renovação. Já o Maneco é um dos melhores iluminadores do país e têm uma história longa com o teatro. São nomes que estão à altura da excelência do nosso Municipal”, conclui o bailarino.

O programa
“As noites de Berlioz” vai oferecer ao público carioca uma oportunidade única de conhecer o trabalho de Thiago Soares como coreógrafo. O espetáculo de balé neoclássico reunirá bailarinos da companhia do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A apresentação terá regência do maestro Carlos Prazeres, titular da Orquestra Sinfônica Brasileira.  No programa, a OSTM irá interpretar, de Berlioz, dois movimentos da “Sinfonia Fantástica”, a abertura “Carnaval  Romano”, a “Marcha Troiana” da ópera “Les Troyens” e o ciclo de seis canções “Les nuits d’été”, com poemas de Theophile Gauthier. As canções terão como solistas Cinthia Fortunato (soprano), Lara Cavalcanti (mezzo soprano) e Geilson Santos (tenor). 

Serviço

20 de abril, sábado, às 17h00
25 e 26 de abril, quinta-feira e sexta-feira, às 20h00
27 e 28 de abril, sábado e domingo, às 17h00
   

Frisas e camarotes (6 lugares) – R$ 360

Camarotes (5 lugares) – R$ 300   
Plateia e balcão nobre – R$ 60
Balcão superior – R$ 40
Balcão superior lateral – R$ 20
Galeria – R$ 20
Galeria lateral – R$10
Classificação: Livre

21 de abril, Domingo de Páscoa, às 11h00 

Municipal a R$1,00 (um real) – Vendas somente na bilheteria no dia do espetáculo – abertura das vendas às 10h00

Theatro Municipal do Rio de Janeiro – Praça Floriano s/n° – Centro
Lotação – 2.226 lugares
Duração total – 2 horas
Ingressos na bilheteria ou no ingressorapido.com

Posts relacionados

Musical Amor Barato estreia no Rio mesclando fábula e realidade num musical para adultos

Redação

‘Mercedez com Z’ em única apresentação no Teatro Riachuelo

Redação

Conto feminista sobre mulher palestina reinaugura espaço cultural no Centro

Redação

A Fabulosa Trupe da Galinha Pintadinha no Teatro Imperator

Redação

Alethea Dreams estreia na Casa de Cultura Laura Alvim

Redação

“Cabras – cabeças que voam, cabeças que rolam”, novo trabalho da Cia Balagan

Redação

Deixe um comentário