Tem camarão e lagosta na rede do Nomangue Caiçara

Com o fim do defeso, as duas espécies estrelam novidades com preços convidativos, inspiradas na infância do chef Vaval Sousa nos manguezais de Guaratiba

Filé de peixe com arroz no coco (foto: Bruno de Lima)
Filé de peixe com arroz no coco (foto: Bruno de Lima)

Engana-se quem pensa que lagosta e camarão são caros e inacessíveis. Com o fim do defeso das duas espécies, não só elas chegam em seu melhor momento como também estrelam pratos de preços convidativos no Festival do Camarão e da Lagosta do Nomangue Caiçara. E, além de receitas que o consagraram, como o bobó e a moqueca de camarão, o chef Vaval Sousa aproveita a temporada para lançar novidades que resgatam sua infância nos manguezais de Guaratiba.

Na ala das entradas, são bons exemplos o bolinho de feijão, que chega à mesa com molho picante e torresmo de peixe, e o croquete caiçara, com arroz e feijão na massa.Vale experimentar, ainda, o bolinho de bobó e o lagostim ao pesto de coentro, que é flambado na cachaça e marinado num vinagrete cítrico. Entre os pratos principais, a paella caiçara traz camarões VG, enquanto a lagosta grelhada é acompanhada de camarões e servida com arroz de moqueca.

Outras sugestões do chef são o espaguete ao curry com lagostins e o filé de peixe grelhado com camarões, um daqueles pratos que fazem todo mundo tirar o celular do bolso para fotografar, com o arroz de moqueca servido dentro do coco. “Qualquer que seja a escolha do cliente, ele pode ter a certeza de estar consumindo ingredientes fresquíssimos, sem agredir o meio ambiente ou prejudicar o desenvolvimento das espécies”, destaca Vaval, indicando o vinho branco Miolo Reserva para uma boa harmonização.

Pescador, surfista e guarda-vidas, Vaval cresceu nos manguezais de Guaratiba, na zona oeste do Rio. Filho da famosa tia Penha, pioneira na região, carrega, em seu DNA, grande traquejo na elaboração de receitas com frutos do mar. Foi na cozinha do restaurante da família que ele começou sua trajetória, partindo, em seguida, para apurar suas técnicas na faculdade de gastronomia. Consciente de que, para desfrutar, é preciso preservar, Vaval sempre pauta as criações para o seu Nomangue Caiçara nos pescados da estação, em respeito ao defeso das espécies e à sustentabilidade do meio ambiente.

Para montar o seu menu degustação:
– Bolinho de bobó (R$ 18, com três unidades)
– Croquete caiçara (R$ 18, com três unidades)
– Lagostim ao pesto de coentro (R$ 50, com seis unidades)
– Espaguete ao curry com lagostins (R$ 65)
– Filé de peixe e camarões grelhados com arroz de moqueca servido no coco (R$ 65)
– Paella caiçara com camarões VG (R$ 130, para duas pessoas, e R$ 190, para três)
– Lagosta grelhada com camarões e arroz de moqueca (R$ 230, para duas pessoas)
– Taça de vinho Miolo Reserva Branco (R$ 21)

Serviço:
Endereço: Rua Sá Ferreira, 25, loja B, Copacabana, Rio de Janeiro, RJ
Telefones: (21) 2225-4028 e 2521-3237
Horários: segunda a quinta-feira, 12h às 23h; sexta e sábado, 12h à 0h; domingo, 12h às 22h
Facebook: www.facebook.com/nomanguecaicara
Instagram: @nomanguecaicara