Teatro Sérgio Cardoso recebe instalação “Semente”, da artista luso brasileira Tatiana Coelho

Gratuita, instalação retrata a energia das crianças  a partir do olhar sensível da artista em fotos criadas em experiências com crianças e natureza ao redor do mundo

“A energia da criança é veículo, é esperança, é vida, é perpetuação, é transformação, é presente e ao mesmo tempo futuro. As fotos são registros desta energia, independentemente da presença da criança na foto. As citações de Fernando Pessoa e Vinicius de Moraes potencializam este olhar, contribuem para mergulharmos juntos nesta energia, com leveza e profundidade.” – Afirma Tatiana Coelho.

Resultado do olhar sensível da artista visual Tatiana Coelho, a instalação artística “Semente”, será aberta a partir de 6 de julho no foyer da sala Paschoal Carlos Magno, do Teatro Sérgio Cardoso, a partir das 18h.

Por seu talento, por seu olhar e pela sua relação tanto com Brasil como com Portugal, a artista foi convidada pelo projeto Poema Bar que estará em cartaz na sala Paschoal Carlos Magno. Em Poema Bar, Alexandre Borges homenageia os poetas Vinicius de Moraes e Fernando Pessoa num recital de poesias acompanhado de músicos portugueses.

A instalação busca que as pessoas interajam com a obra e sejam tocadas pela energia das crianças, muitas vezes uma energia sutil e que no cotidiano, sem um olhar atento e presente, pode passar desapercebida. As fotos, impressas em tecido, descem de uma teia do teto do teatro e captam experiências que Tatiana vivenciou ao longo de sua vida, incluem cenas de países como Portugal, Brasil, entre outros.

“Cada alma é uma escada para Deus, Cada alma é um corredor-Universo para Deus” – Fernando Pessoa

Biografia:

Artista nascida no Porto, Tatiana é licenciada em Som & Imagem pela Universidade Católica Portuguesa. Abriu um canal de televisão, NTV* (atual RTPN), e fez parte da equipe que iniciou a Casa da Música no Porto, uma das Fundações Culturais de maior importância em Portugal.

Mudou-se para o Brasil em 2011, no Rio de Janeiro participou das produções das óperas “Aída” e “Carmén”, no Theatro Municipal, colaborou no “Projeto Damas”, para a capacitação de Transexuais para o mercado formal de trabalho, trabalhou com a direção do Festival MIMO e foi técnica de som no documentário “Zona Norte” da cineasta Monika Treaut, filmado em locais como a Favela da Maré, Duque de Caxias, Vila Autódromo, e indicado ao Berlinale 2016.

Nesse ano, depois de assumir a produção do “V Festival de Música Barroca de Alcântara”, em São Luís do Maranhão, que levou a apresentação de concertos a Igrejas, Museus, às penitenciárias de Rosário e de Pedrinhas, bem como ao Hospital do Câncer Aldenora Bello, mudou-se para São Paulo e trabalhou na produção da Exposição “Dalí, a Divina Comédia”, em São José do Rio Preto e São José dos Campos. 

Tatiana dedica-se ao registo fotográfico e videográfico à volta do mundo, na sua busca pela Arte e pelo Ser. Atualmente dedica-se exclusivamente à Arte, explorando plataformas como fotografia, vídeo, instalações e aquarelas. Foi convidada para a execução do “Livro do Amor”, para fazer parte da instalação da artista brasileira Sandra Cinto, que estará em exposição no Contemporary Arts Center em Cincinatti.

FICHA TÉCNICA

Curadoria e idealização: Tatiana Coelho
Colaboração artística: Rogério Marcondes
Produção: Candice Frederico

SERVIÇO

Instalação – Semente

Abertura: Dia 6 de julho – 18h
Temporada: Até dia 16 de julho
Local: Teatro Sérgio Cardoso – Sala Paschoal Carlos Magno
Endereço: Rua Rui Barbosa, 153 – Bela Vista – São Paulo – Telefone – (11) 3288  0136
Classificação: Livre
Entrada Franca