Teatro João Caetano apresenta o espetáculo “Cama de gato”, de Max Mendes com direção de Márcio Vieira

Peça reestreia sob nova direção abordando aceitação, distorção de valores, comercialização das relações e amor capaz de quebrar barreira

foto: Joana Diniz
foto: Joana Diniz

Após temporada com sucesso de público e crítica, o drama “Cama de gato”, escrito por Max Mendes,  REESTREIA sob a direção de Márcio Vieira  dia 13 de outubro no Teatro João Caetano, centro do Rio.

Montagem estrelada pelos atores Diego Homci, Henrique Sathler, Hugo Carvalho, Hugo Moura, Thiago Tenório, Tiago Homci e a DJ Cacá Werneck, ficará em cartaz de sextas a sábados, às 19h30, e domingos às 18h, até dia 29 de outubro.

A peça conta a história da aproximação entre três garotos de programa com uma misteriosa e elegante travesti, chamada Lois Lane. Ela aparece na vida de Mike, Biel e Bruno para quebrar preconceitos. A narrativa é costurada por músicas e debates sobre aceitação, distorção de valores, comercialização das relações e amor. “Cama de gato” fala de amor. Amor capaz de quebrar barreiras. Amor capaz de transformações.

“Observo que cada vez mais estamos nos tratando como coisas, que são descartáveis, rotuladas, comercializadas e julgadas. Escrevi esse texto para nos enxergarmos como gente. Gente que se forma na diferença, que tem sentimentos diversos e deve ser respeitada. A intolerância, a homofobia, os assassinatos e a discriminação contra gays, lésbicas, travestis, transexuais e transgêneros se tornaram assustadores. Não devemos alimentar o ódio.” Max Mendes

SINOPSE – Aproximação de uma travesti e três garotos de programa faz com que eles vejam o ser humano com outro olhar. 

FICHA TÉCNICA 

Texto: Max Mendes
Direção geral: Márcio Vieira
Elenco: Diego Homci, Dj Cacá Werneck, Henrique Sathler, Hugo Carvalho, Hugo Moura, Thiago Tenório, Tiago Homci.
Assistente de direção: Fernanda Bontempo
Coach de atores: Marcelo Dias
Realização: Marias Produções Artísticas
Iluminação: Djalma Amaral
Figurino: Gebran Smera
Visagismo: Vinny Rodrigues
Cenografia: Criação coletiva
Produção Executiva: Cleber Sillva
Produção: Max Mendes e Cleber Sillva

SERVIÇO

TemporadaTemporada: De 13 a 29 de outubro
HoráriosSextas e sábados, às 19h30, Domingos às 18h
Local: Teatro João Caetano
Capacidade: 605 lugares
Endereço: Praça Tiradentes, s/n – Centro – Tel: (21) 2332 9257 (bilheteria)
Preço: R$ 30,00 (inteira) R$ 15,00 (meia)
Duração: 80 minutos
Classificação: 18 anos
Gênero: Drama