22.2 C
Rio de Janeiro
domingo, julho 12, 2020

A Cantora Careca – Leitura Dramatizada On Line

Destaques na semana

Parmê lança serviço de rodízio em casa para celebra o Dia da Pizza

Em tempos de isolamento social, a Parmê inovou e criou o “rodízio” delivery para comemorar o Dia da Pizza, no próximo 10...

Madero inaugura a primeira loja na Tijuca

A nova filial do Madero Steak House acaba de inaugurar no coração de um dos bairros mais tradicionais da cidade - na...

Tijuca ganha 1° filial do Madero

A nova filial do Madero Steak House acaba de inaugurar no coração de um dos bairros mais tradicionais da cidade - na Tijuca,...

“Não Toque em Meu Companheiro”, de Maria Augusta Ramos, estreia direto nas plataformas de streaming

“Não Toque em Meu Companheiro”, novo longa da diretora Maria Augusta Ramos (“O Processo”) estreia direto nas plataformas...

Enquanto a pandemia não termina, o teatro continua se reinventando e descobrindo novas formas de expressão e de produção não presenciais. Quem ganha com isso é o público que terá a oportunidade de divertir-se gratuitamente com o movimento artístico Teatro do Absurdo. Neste domingo (21/6), às 17h, a Cia de Teatro Contemporâneo abre as cortinas de sua página do Facebook para levar ao público a leitura dramatizada on line do texto “A Cantora Careca”, de autoria do dramaturgo francês Eugène Ionesco (1909-1994).

O espetáculo é considerado o primeiro do Teatro do Absurdo e apresenta um texto irônico, com diálogos aparentemente incoerentes, absurdos, utilizando uma linguagem com desencontro de informações e emoções, criando mentiras, ilusões e impossibilitando a comunicação entre os seis personagens.

De acordo com o diretor da leitura dramatizada, Júlio Luz, o enredo traz, à primeira vista, a história simples de dois casais, uma empregada e um bombeiro. “Mas o texto vai muito além disso, ele toca em tantos pontos e tem coisas que fazem uma reflexão da alma humana”, afirma.

Serviço – Teatro – Leitura Dramatizada (on line)

A Cantora Careca
Texto: Eugène Ionesco
Tradução de Maria Lúcia Pereira
Direção: Júlio Luz
Elenco: Alinne Cavalcanti, Clara Garçone, Morena Tavares, Rafael Vasquez, Thiago Freitas e Van Den Bergh Ferreira.
Domingo, 21 de junho de 2020.
Horário: 17h
FACEBOOK: Ciadeteatrocontemporaneo

- Advertisement -

Relacionadas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas notícias

Curso Jornalismo Musical na Era Digital com Fabiane Pereira

O jornalismo mudou muito desde que os celulares tornaram-se uma espécie de extensão corporal. O mesmo aconteceu com a produção e com...

Senador Camará recebe comunidade terapêutica com capacidade de atendimento de 60 dependentes químicos

As comunidades terapêuticas, que fazem o acolhimento de dependentes químicos na cidade do Rio de Janeiro e são regulamentadas pela prefeitura da...

Rio @SemLimites

No desafio de realizar uma produção audiovisual independente com alto padrão de qualidade, surge RIO #SEMLIMITES, um projeto pensado para a web/streaming gravada...

Campanha Todos Juntos pelo Teatro

Na próxima segunda-feira, dia 13/07, data que a CLASSE TEATRAL completará 4 meses sem TEATRO, sem BILHETERIA, sem DINHEIRO, o produtor teatral João Luiz Azevedo...

Teatro Drive In Brasil – 1º na baixada

A cultura e entretenimento volta a pulsar em nossa cidade , dentro das normas de segurança da OMS, está surgindo um novo...
Share via