“Tagarelando” – estreia dia 18 de março no CCJF

Tagarelando - foto: Anderson Pereira
Tagarelando - foto: Anderson Pereira

De 18 de março a 07 de maio, PORTÔ – Coletivo de Arte apresenta, no Centro Cultural Justiça Federal, o infantil “Tagarelando”, com sessões aos sábados e domingos, sempre às 16h. Com texto e direção de Wanderson Rosceno, a montagem faz uma reflexão sobre a amizade e a felicidade.

A encenação aposta no misto de linguagens – circo, contação de histórias, repente, cordel – aliada a uma concepção cênica com elementos cenográficos leves e versáteis, para contar a história dos Saltimbancos nordestinos Severino (Fábio Lacerda) e Catirina (Bárbara Abi-Rihan). Antigos amigos, agora rivais, a dupla encontra-se diante de um público que aguarda uma apresentação. Mas nada começa. Os dois se aproveitam do espaço e iniciam uma disputa através de um repente e de estripulias para ganhar o público. O impasse os leva a decidirem por fazer uma apresentação juntos.

Desta forma, contam e representam a história de uma cidade chamada Argeron onde Suez, o Deus do Vento que faz a Curva, está prestes a destruí-la, pois a Amizade e a Felicidade foram embora dali. Calif, o governante, envia seus dois filhos Kadan e Farunk para resgatá-las. Os dois irmãos, também rivais, vão em busca da salvação da cidade. Começam então uma viagem divertida e cheia de descobertas. Os dois se encontram diante do Guardião das esferas da Amizade e da Felicidade, porém terão que se unir para resgatá-las.

Acreditamos que através da educação e da cultura somos capazes de desenvolver o senso crítico de uma criança, sem privá-la de ter acesso às informações de toda natureza. Como falar, por exemplo, com elas, sobre a crise no país? E sobre as guerras no mundo?  Colocá-las em bolhas de proteção seria prejudicial ao desenvolvimento de sua generosidade, de sua compaixão. Buscamos, por meio da poesia, tratar de temas importantes, despertando nessas crianças o interesse por tudo que acontece à sua volta, salientando que cada um, mais do que um indivíduo, é parte de algo muito maior”, destaca  Wanderson

Com direção musical de Fábio Lacerda, a trilha sonora original, executada ao vivo pelos próprios atores – que cantam e tocam violão, pandeiro, triângulo, darbuka e chocalhos de canela -, traz para o palco as influências da música árabe sobre a nordestina. “Há várias semelhanças musicais entre as duas culturas, entre elas, o duelo em cima de versos. No espetáculo buscamos destacar os ritmos de origem árabes mesclados com o cordel, o repente e o aboio”, afirma Fábio.

SINOPSE
Os saltimbancos Justino e Catirina esquecem a rivalidade entre si e se unem para salvar a pequena cidade de Argeron, prestes a ser destruída por Suez, o Deus do vento que faz a curva. Para restabelecer a harmonia no povoado em conflito, a dupla precisa resgatar a Felicidade e a Amizade, duas esferas que estão em poder de um Guardião. A encenação aposta em uma linguagem mista – circo, contação de histórias, repente, cordel – aliada a uma concepção cênica com elementos cenográficos leves e versáteis.

 SERVIÇO
Gênero: Infantil
Temporada: 18 de março a 07 de maio, sábados e domingos, às 16h. 
OBS: Não haverá espetáculo no dia 29 de abril. 
Local: Centro Cultural da Justiça Federal – CCJF – 
Endereço: Av. Rio Branco, 241 – Centro, Rio de Janeiro 
Duração: 60 minutos
Ingresso: Inteira R$ 20,00 | Meia R$ 10,00
Capacidade: 141 lugares
Faixa etária: Livre
Texto e direção: Wanderson Rosceno –
Baseado em “As aventuras de Kadan e Farunk” de Berto Matys
Elenco: Bárbara Abi-Rihan e Fábio Lacerda
Direção Musical: Fábio Lacerda
Direção de Movimento: Wanderson Rosceno
Direção acrobática: Bárbara Abi-Rihan ,Fábio Lacerda/ Colaborador: Palu Felipe
Assistência de direção: Bárbara Abi-Rihan  
Cenário, figurino e caracterização: Wanderson Rosceno
Iluminação: Luan de Almeida
Fotografia e vídeo: Anderson Pereira e Wanderson Rosceno 
Programação Visual Fábio Lacerda
Mídias Sociais: Bárbara Abi-Rihan 
Produção:: Anderson Pereira
Assistência de Produção: Farley Matos e Sérgio Santal
Realização: PORTÔ – Coletivo de Arte