24.2 C
Rio de Janeiro
outubro 21, 2018
Featured Música

Show Cantos da Cidade – 3 bandas autorais na Lona Carlos Zéfiro

Banheiro Azul
Banheiro Azul

O que os músicos e artistas querem? Espaço para cantar e apresentar sua arte. Essa é a proposta do projeto CANTOS DA CIDADE, evento musical itinerante que vai correr o Grande Rio e fará sua estreia no dia 01 de setembro, sábado, na Lona Cultural Carlos Zéfiro, em Anchieta – Zona Norte do Rio. Nesta primeira edição, foram escaladas as bandas autorais Canto Cego, Banheiro Azul e Banda Gente, a partir das 19h. Na pista, o som dos intervalos fica por conta do DJ Rodrigo Caê.

CANTOS DA CIDADE foi idealizado por Roberta Dittz, Rodrigo Solidade e Magrão Kovok, integrantes da banda Canto Cego. A ideia surgiu da necessidade de contribuir de forma mais efetiva na produção cultural, acreditando nos territórios de afetos entre artista e público.

A seleção das bandas participantes não tem critérios fixos, mas dá preferência a grupos que nasceram e se desenvolveram nos bairros ou territórios onde o projeto irá se apresentar. Por exemplo, a banda Banheiro Azul e a Banda Gente, vêm de Mesquita; Canto Cego, nasceu na Zona Norte.

BANDAS DE ESTREIA

A banda Canto Cego faz do rock sua essência, mas ao ritmo soma a delicadeza da poesia. Ao vivo, trio formado por Roberta Dittz (Vocal), Magrão Kovok (Baixo) e Rodrigo Solidade (Guitarra) surpreende pela energia de sua performance e pelos múltiplos universos criados em cada música. Em seu currículo o grupo coleciona os prêmios de 1º lugar do Festival da Nova Música Brasileira (2012) e do Planeta Rock (2014). Já subiram aos consagrados palcos do Circo Voador, Teatro Rival e Imperator, ao lado de bandas como Detonautas, Biquini Cavadão, Ira, Fresno e Ultraje a Rigor. Em julho de 2015, foram convidados para o Montreux Jazz Festival, na Suíça. Em 2017 passaram por várias cidades do país entre elas: São Paulo, Salvador, Recife, João Pessoa e Fortaleza.

Banda Gente
Banda Gente

Banda Gente nasceu na Baixada Fluminense e carrega uma forte miscigenação musical que busca no samba, no funk e nos ritmos nordestinos uma expressão única de Rock’n Roll, guiada pela potente voz da cantora Iolly Amancio, que se apresenta ao lado de Wallace Cruz (guitarra e voz), Nico Souza (Guitarra), Clara Santos (Bateria), Jonathan Panta (Baixo) e Adonis Lima (Percussão). O disco #SomostodosSilvas lançado no fim de 2017, faz uma homenagem ao sobrenome mais popular do Brasil e carrega o orgulho da negritude, a luta que se enfrenta no trem da rotina e a anti-banalização da violência contínua. Composições densas retratam as diferentes realidades de uma cidade partida contextualizada pelo olhar da periferia carioca e fluminense.

Em 2014 na Cidade de Mesquita, os amigos Felipe “Macarrão” e Rafael Azevedo tendo a música como desejo comum, fundam a banda Banheiro Azul, que segue formada ainda por Ph Rodrigues (Guitarra), Marcelo Nascimento (Baixo) e Maicon Martins (Bateria). Com referências Rock dos anos 1960-1980, além dos movimentos da vanguarda brasileira, como o Clube da Esquina, o tropicalismo e o rock da geração de 1980.  “Banheiro Azul” acaba de lança no primeiro semestre de 2016 o CD “Estatuto Sonhos” acompanhado do clipe da faixa “Blues do Eu e você”, após o show de lançamento em Maio de 2017. Em 2018 um novo clipe da faixa “Estatuto dos Sonhos” foi lançado.

Os repertórios são essencialmente autorais, mas os shows terão releituras de clássicos da música brasileira, como Zé do Caroço e Admirável Gado Novo (Canto Cego) e Carcará (Banda Gente). Além disso o público poderá conhecer os singles “Sublime” e “Nuvem Negra” (Canto Cego), “Cólera” e “Viga Humana” (Banda Gente), “Estatuto dos Sonhos” e “Eu e Você” (Banheiro Azul).

“Cada banda terá entre 45 e 50 minutos de show com intervalos de 20 minutos para troca de palco. Estamos empolgados em lançar esse projeto na Lona Carlos Zéfiro e a ideia é transitar com ele sempre que possível em espaços públicos, à preços populares e com horários acessíveis”, explica Rodrigo Solidade, um dos idealizadores de Cantos da Cidade.

Serviço
Lona Cultural Carlos Zéfiro
 – Estrada Marechal Alencastro, 4113 – Anchieta, Rio de Janeiro. Data: 01 de setembro (Sábado). Horário: 19h às 22h30. Ingressos: R$ 10,00 (meia-entrada para todos). Classificação: Livre. Capacidade: 320 lugares. Informações: 2148-0813 | lonazefiro.cultura@gmail.com

Posts relacionados

Após temporada europeia, Bianca Gismonti homenageia o pai no Manouche

Redação

Cantor e compositor Gustavo Fagundes (The Voice) apresenta no Solar de Botafogo, o show de lançamento do primeiro EP

Redação

Festa ‘TBT Londra’ é novidade no Baretto-Londra do Hotel Fasano

Redação

Deixe um comentário