20.8 C
New York
junho 19, 2019
Teatro & Dança

Sem Lei de Incentivo, Rio de Janeiro Inaugura Novo Teatro

foto: Paula Kossatz
foto: Paula Kossatz

Democratizar a cultura é a proposta do Teatro Petra Gold, a mais nova sala de teatro da cidade, localizada no Leblon, com inauguração dia 07 de junho

Indo na contramão de tudo que vem acontecendo em nosso país, que dentre outras coisas, podemos citar a escassez de verbas culturais e as questões pertinentes à readequação da Lei Rouanet, que hoje dificulta e até mesmo inviabiliza que novos projetos voltados à cultura cheguem ao público, o Grupo Petra Gold Serviços Financeiros, representado pelo CEO Eduardo Wanderley, acreditou no modelo de ocupação teatral do ator e produtor André Junqueira, que alia a iniciativa privada à produtores, atores e meios de comunicação, para que juntos  possam contribuir com o custeio operacional de um teatro e assim baratear o valor final de execução de programas culturais no Rio de Janeiro.

Poucas vezes se vê entre empresários quem descarte a isenção fiscal pelas leis de incentivo, tão discutida nos dias atuais, e viabilize, com recursos próprios, tais projetos. 

“Eu acredito que apoiar a cultura é investir nas pessoas, pois ela expande o horizonte, as possibilidades e oportunidades, trazendo benefícios de longo prazo para todos.”

Eduardo Wanderley

“Foi pela iniciativa dele que, hoje, estamos apresentando um novo teatro à cidade do Rio de Janeiro, num momento em que várias salas estão fechando suas portas”.

André Junqueira

Assim, no dia 07 de junho, será inaugurado o Teatro Petra Gold, após reestruturação que trouxe uma infraestrutura moderna, novas cores e um rider técnico que passa a ser um dos melhores do circuito carioca. Localizado no Leblon, será um local onde produtores e atores poderão realizar e democratizar suas produções teatrais e diminuir os gastos excessivos que têm em salas particulares. Parcerias com empresas de mídias ajudarão a impulsioná-las.

Essa será uma ferramenta facilitadora, que possibilitará propostas não apenas comerciais, mas também as cults, os clássicos, os contemporâneos e outros, que sempre acabam inviabilizados devido à má distribuição de verba disponibilizadas pelas leis de incentivos fiscais.

Grade de Horários:
Com uma vasta grade de horário, a programação contará não apenas com os tradicionais: nobre, alternativo e infantil, mas incluirá o Chá das Cinco. Esses espetáculos visam o público que se encanta em ir ao teatro nas tardes de final de semana, às 17h, fazer um belo lanche com amigos, antes ou depois do ato, e ainda voltar cedo para casa. O outro horário fica por conta do infantil, que ocorrerá às 11h, possibilitando os pais levarem seus filhos, após a exibição, para curtir um almoço nas proximidades, que conta com uma grande variedade de restaurantes.

Clube fidelidade:
O Teatro Petra Gold terá um clube de fidelidade, onde os associados poderão receber descontos especiais na programação, convites para estreias VIPs e coletivas dos artistas, reservar ingressos antecipados, além de receberem descontos especiais de parceiros gastronômicos.

População Carente:
A outra novidade fica por conta de um número pré-estabelecido de assentos destinado à população carente, que poderão ser adquiridos diretamente na bilheteria, com preços populares, 30 minutos antes do início de qualquer sessão. O Teatro Petra Gold acredita na importância da arte na vida das pessoas e que existe a necessidade de incentivar a formação de novas plateias. Sabendo da diversidade econômica do nosso país e acreditando na consciência da nossa população, passa para o público a responsabilidade de saber quem realmente precisa adquirir esses ingressos, destinados às pessoas de baixa renda.

Inauguração:

“O Escândalo Philippe Dussaert”, com Marcos Caruso, marcará a inauguração do Teatro Petra Gold que, após o espetáculo, realizará uma homenagem a Marilia Pêra. 

A estreia será para artistas e membros da classe,  e estará aberta ao público.

Na semana do dia 15 de junho será a vez do sucesso de 2018, “O Inoportuno”, de Harold Pinter, que garantiu a Daniel Dantas o Prêmio Cesgranrio de melhor ator e indicação na mesma categoria na APTR. O Inoportuno recebeu ainda indicações para melhor diretor e melhor cenário.

“O Escândalo Philippe Dussaert”
Até então inédito no Brasil, “O Escândalo Philippe Dussaert”, premiado texto do ator e dramaturgo francês Jacques Mougenot, foi o escolhido por Marcos Caruso para ser seu primeiro trabalho solo, depois de mais de 40 anos de uma sólida e premiada carreira no teatro, na TV e no cinema. A peça rendeu a Caruso todos os prêmios de teatro existentes no Rio de Janeiro: Prêmios Shell, APTR, Cesgranrio e Botequim Cultural de Melhor Ator, além do novo Prêmio do Humor (criado por Fabio Porchat) na categoria Melhor Espetáculo.

“O Escândalo Philippe Dussaert” é um texto que investiga com fino humor os limites da arte contemporânea e as polêmicas em torno do assunto, através da história de um escândalo do pintor francês Philippe Dussaert.

A peça conta a história do pintor Philippe Dussaert, nascido no norte da França em 1947, que perseguiu obstinadamente em sua trajetória o sentido mais profundo do “Nada”. Sua proposta inicial é inusitada: reconhecido pelo seu talento de exímio copista, reproduz quadros famosos de pintores como Da Vinci, Manet, Cézanne, Vermeer, porém exclui da imagem quaisquer personagens humanos ou animais, e preserva fielmente o cenário ao seu fundo. Causando surpresa e inquietude no mundo das artes, ele segue radicalizando sua proposta e, pouco a pouco, vai ganhando o mercado de arte contemporânea – suas obras se tornam cada vez mais valiosas e disputadas por grandes museus e colecionadores. A trajetória de Dussaert chega ao ápice quando sua derradeira exposição deflagra uma reviravolta que ficou conhecida como “O Escândalo Philippe Dussaert”.

Serviço:

“O Escândalo Philippe Dussaert”, de Jacques Mougenot
Local: Teatro Petra Gold
Endereço: Rua Conde de Bernadotte, 26 –  Sala Marília Pera – Leblon / RJ Tel: (21) 2529-7700
Temporada: De 07, 08 e 09 de junho 2019
Horário: Sexta, Sábado e Domingo, às 20h30.
Classificação: 12 anos.
Ingressos: R$ 80,00 reais (inteira) R$ 40,00 (meia)
Funcionamento da Bilheteria: De 3ª a domingo das 14h até o início da última sessão do dia.
Ingressos antecipados pelo site:  www.sympla.com.br
Capacidade: 430 lugares.
Estacionamento no Local.

“O INOPORTUNO”
Espetáculo O INOPORTUNO (“The Caretaker”), um dos mais importantes do dramaturgo inglês Harold Pinter (1930-2008). Harold Pinter foi um dos maiores autores de teatro do século XX, e vencedor do Prêmio Nobel de Literatura em 2005. MICK (WELL AGUIAR) divide um apartamento com seu irmão mais velho, ASTON (ANDRÉ JUNQUEIRA). Este traz, para dentro de casa, DAVIES (DANIEL DANTAS), um velho, supostamente um mendigo, um sem-teto, a quem resgatou, numa briga, em um bar. Com pena do homem, ASTON lhe oferece a casa, como abrigo, até que ele se recupere, fisicamente, e consiga organizar seus documentos, então extraviados, para dar curso a seu caminho. Ao longo da trama, obrigados a conviver mais próximos do que desejariam, os interesses, mentiras e conflitos vão se revelando e provocando mudanças no comportamento dos personagens, os quais navegam entre amor e ódio, pena e repulsa, solidão e tristeza.

Vencedor do Prêmio Cesgranrio 2019 como Melhor Ator: Daniel Dantas

Indicado ao Prêmio Cesgranrio 2019 como Melhor Direção: Ary Coslov

Indicado ao Prêmio Cesgranrio 2019 como Melhor Cenografia: Marcos Flaksman

13º PRÊMIO APTR – ASSOCIAÇÃO DE PRODUTORES DE TEATRO : Indicados 2018 Ator Papel Protagonista: Daniel Dantas por O INOPORTUNO

Serviço:

Peça “O Inoportuno”, de Harold Pinter
Local: Teatro Petra Gold
Endereço: Rua Conde de Bernadotte, 26 –  Sala Marília Pera – Leblon / RJ Tel: (21) 2529-7700
Temporada: De 15 de junho a 21 de julho de 2019
Horário: Sábados e Domingos, às 20h30.
Classificação: 12 anos.
Ingressos: R$ 80,00 reais (inteira) R$ 40,00 (meia)
Funcionamento da Bilheteria: De 3ª a domingo das 14h até o início da última sessão do dia.
Ingressos antecipados pelo site:  www.sympla.com.br
Capacidade: 430 lugares.
Estacionamento no local.

Posts relacionados

A mulher dança

Redação

‘Hamlet Candidato’ estreia nesta quinta no Sesc Copacabana

Redação

‘Eu amarelo’ – Nova peça sobre Carolina Maria de Jesus estreia no Sesc Tijuca

Redação

Heloísa Périssé estreia musical infantil

Redação

“O Caos Reina” estreia nova temporada no Teatro Cândido Mendes

Redação

Monólogo ‘Maldito Coração’ no no Centro Cultural Midrash

Redação

Deixe um comentário