Sambista Beto Aquino faz novo show na Casa Julieta de Serpa

Beto Aquino (foto: Foto Daryan Dornelles)
Beto Aquino (foto: Foto Daryan Dornelles)

Após show com ingressos esgotados, Beto Aquino volta à Casa Julieta de Serpa, no dia 7 de abril, com participação de Carlos Colla e Osmar do Breque

Afilhado de Elza Soares e Carlos Colla, sambista afina repertório do próximo álbum

No dia 7 de abril (sexta-feira), às 21 horas, o cantor Beto Aquino volta ao palco da Casa Julieta de Serpa, onde abriu a sua temporada de shows de 2017, no dia 27 de janeiro, com ingressos esgotados. No show, que conta com as participações especiais de Carlos Colla e Osmar do Breque, o cantor experimenta o repertório para seu novo álbum, previsto para o final do 1o semestre desse ano, e apresenta músicas do seu CD de estreia (“Na Boa”, Biscoito Fino, 2011), como “Doutor”, presente de Carlos Colla, canção que contou com a participação de Elza Soares. 

Beto Aquino elegeu para o repertório do show músicas consagradas na voz de seus diversos mestres, como Noel Rosa (“Conversa de botequim” e “Com que roupa”), Chico Buarque (“Deixa a menina” e “Amigo é pra essas coisas”), Tom Jobim e Vinícius de Moraes (“Chega de Saudade”), dentre outros (abaixo, roteiro completo). No set list, também estão algumas músicas do primeiro álbum, como “Doutor”, presente de Carlos Colla ao amigo dentista, canção gravada no álbum “Beto Aquino, Na Boa”, lançado pela Biscoito Fino, em 2011, que contou com participação de Elza Soares.

Nesse show, o cantor experimenta o repertório para o novo álbum, previsto para o final do 1o semestre desse ano. A banda, formada pelos músicos e parceiros Tuca Alves (violão), Márcio Hulk (cavaquinho), Dudu Dias (baixo), Eduardo Guerra (bateria) e Nelsinho Freitas (teclado), que também assina os arranjos, esteve com Beto Aquino nas suas mais recentes apresentações de 2016, com ingressos esgotados, no Teatro Rival e no Beco das Garrafas.

Beto Aquino é cantor e sambista de coração desde criança, quando escolhia o repertório que seria ouvido em casa, com seus pais. “Era uma casa muito musical. Meus pais adoravam samba e todo sábado recebíamos muitos amigos”, comenta. A vida lhe deu a carreira de dentista e ourives (esta última como hobby). Mas, com o tempo, foi encontrando cada vez mais espaço para o samba no seu dia a dia. Com o incentivo de padrinhos consagrados, como Elza Soares e Carlos Colla, e reconhecido por bambas como Bira do Pandeiro, que lhe presenteou com um instrumento autografado. Ou ainda ao lado de Noca da Portela, Beto Flávio Miranda, Nelson Sargento, Osmar do Breque e Baianinho, participa de eventos e shows, como o último Trem do Samba (02/12/16).

Devoto de São Jorge, o cantor traz o santo tatuado no ombro esquerdo e uma grande medalha no peito, que ele mesmo fundiu. Na sessão de fotos com Daryan Dornelles, Beto fez questão de exibir a tatuagem do santo guerreiro e dizer: “Todos os dias eu faço uma oração para São Jorge. Não saio de casa sem rezar”.

Para 2017, o desejo de Beto é mudar a ordem e passar a ser dentista nas horas vagas. Ser ourives para atender aos amigos, como diz: “É um trabalho muito parecido com o do dentista, as fundições são iguais, os acabamentos é que são diferentes. Muitas das joias que eu uso hoje sou eu mesmo quem desenho. Faço as minhas próprias joias, aliança de casamento de amigos e joias que amigos querem dar de presente”, revela o artista.  Beto Aquino também gostaria de conhecer e “fazer uma brincadeira” com Arlindo Cruz, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, Diogo Nogueira e Dudu Nobre, que ele respeita muito.

Mas o seu desejo maior para 2017 é ser sambista, apenas. Salve, São Jorge!

Beto Aquino no Spotify: https://open.spotify.com/artist/3UFK5tzlsOfUM8vixoWjqh

Repertório Show Beto Aquino:
“Doutor” (Kaliman Chiappini/Carlos Colla)
“Sem compromisso” (Geraldo Pereira/ Nelson Trigueiro)
“Deixa a menina” (Chico Buarque)
“Maneiras” (Sylvio Da Silva)
“Bola Dividida” (Luiz Ayrão)
“Verdade Chinesa” (Carlos Colla/Gilson)
“Vendi meu Violão” (Carlos Colla/Frank Daielo)
“Chega de saudade” (Tom Jobim/ Vinícius de Moraes)
“Samba da volta” (Toquinho / Vinícius de Moraes)
“Naquela Mesa” (Sérgio Bittencourt)
“Amigo é pra essas coisas” (Chico Buarque)
“Conversa de botequim” (Noel Rosa)
“Papel de Pão” (Christiano Fagundes)
“Mulheres” (Toninho Geraes)
“Conselho” (Adilson Bispo)
“Pôxa” (Gilson de Souza)
“Retalhos de Cetim” (Benito di Paula)
“Com que roupa eu vou?” (Noel Rosa)
“No fundo do nosso quintal” (Alberto Souza /Jorge Aragão)

Ficha Técnica:

Direção e Produção executiva: Tininha Araujo
Músicos: Tuca Alves (violão), Márcio Hulk (cavaquinho), Dudu Dias (baixo), Eduardo Guerra (bateria) e Nelsinho Freitas (teclado)
Arranjos: Nelsinho Freitas
Cenário: Leila Chaves
Fotos: Daryan Dornelles

Serviço Show Beto Aquino:

Dia: 7 de abril de 2017 (6ª feira)
Horário: 21 horas
Abertura da casa: 20 horas
Local: Casa Julieta de Serpa – Espaço Paris Show
End: Praia do Flamengo, 340, Flamengo | RJ
Tel para informações e reservas: (21) 2551-1278
Site: www.casajulietadeserpa.com.br
Capacidade: 90 lugares
Classificação etária: 12 anos
Preço: R$ 50,00 (Couvert Artístico/ Preço único)
Forma de Pagamento: Aceitam todos os cartões
Local de venda de ingressos: Na bilheteria da casa, de segunda a sábado, das 9h às 21h.
Manobrista no local.
Acesso a portadores de necessidades especiais em cadeira de rodas.