Sábado te Conto! no Espaço Furnas Cultural

Apresentação de contação de história, sempre no terceiro sábado do mês, voltado para público infantil - Sábado dia 15/07 as 11h

Histórias Africanas
Histórias Africanas

Daniele Ramalho apresenta “Na escola do camaleão: algumas histórias africanas” 
Nesta sessão de contação de histórias, narrativas de países africanos como Burkina Faso e Guiné serão apresentadas. As crianças serão convidadas a uma viagem cultural, através dos cantos, sonoridades e personagens de histórias como “O homem sem sorte” e “A briga dos dois lagartos”. Este espetáculo pode ser apresentado para público geral e atende a crianças a partir de 3 anos.

Na escola do camaleão, aprende-se observando este grande professor”. Mas o que nos ensina o camaleão? Ele sabe o que quer, seu rosto se volta sempre para frente- apesar de que seus olhos podem se dirigir a todas as direções e ele perceber tudo que está a sua volta. Ao chegar num espaço, o camaleão fica da cor do lugar pois percebe o que está a sua volta, por respeito e saber-viver.

Alguns dos contos deste repertório:
“O homem sem sorte”- de quê adianta a sorte bater na porta de um homem, se ele vive reclamando e não consegue perceber os presentes que a vida lhe oferece?

“A briga dos dois lagartos”- história do tempo em que as criaturas da Terra ainda tinham muita compreensão umas com as outras, nos mostra porque qualquer briga pode trazer consequências importantes. Nela um cão, um galo, um cavalo e um boi poderiam ter impedido uma tragédia, mas seu orgulho os impede!; 

“A lição de humildade”- nesta história um rei pede a um velho sábio que ele lhe ensine tudo que sabe e ele receberá uma grande lição de humildade, que usará pra toda a vida”.

Na apresentação Daniele Ramalho utiliza instrumentos africanos como  tam tam e kalimba.

Este espetáculo é fruto de viagens da narradora e pesquisadora a Burkina Faso, em 2011 e 2012 e homenageia ao griot burkinabé Sotigui Kouyaté, de quem Daniele foi aluna em três momentos de sua vida. 

“Daniele Ramalho tem se apresentado em diversas programações como “Simpósio Internacional de Contadores de Histórias”(RJ, Brasil), “Cordão de Histórias”(CE, Brasil), Festival Yeleen(Burkina Faso, África) e unidades do SESC Rio. Se apresentou em importantes instituições culturais no Brasil, França e África- entre os quais a Maison du Conte(Paris), Maison de la Parole(Burkina Faso), Circo Voador(RJ), Museu do Índio(RJ), Rádio Nacional, Centro Nacional de Folclore e Cultura Popular(RJ), Palácio das Artes(BH), Feira do Livro de Porto Alegre(POA).

Ficha técnica:
Pesquisa, direção, adaptação de textos e atuação: Daniele Ramalho
Identidade visual: Marcos Corrêa 

Dia 15/7 às 11h.
Entrada Franca
Espaço Furnas Cultural – Rua Real Grandeza 219, Botafogo, RJ