Roteirista premiado, Marcelo Müller estreia na direção com o longa ficcional “Eu te levo”

Com Anderson Di Rizzi, Rosi Campos e Giovanni Gallo, trama levanta debate sobre a chamada “Geração Canguru” 

Filme chega ao circuito nacional em 23 de março, com produção da Academia de Filmes, distribuição da Pandora e co-distribuição SPcine

São quase 20 anos dedicados ao audiovisual. Único roteirista brasileiro a receber o Prêmio Coral de Roteiro Inédito de Havana – um dos reconhecimentos mais relevantes para roteiristas da América Latina – Marcelo Müller prepara-se para levar às telas o primeiro longa-metragem que assina como diretor: “Eu te levo” estreia nos cinemas brasileiros em 23 de março, com produção da Academia de Filmes, distribuição da Pandora e codistribuição SPcine. 

Com fotografia em preto e branco e traços autobiográficos, “Eu te levo” focaliza Rogério (Anderson Di Rizzi), um tipo calado que ainda mora com a mãe, Marta (Rosi Campos), em Jundiaí, cidade industrial do interior de São Paulo. Com a recente morte do pai, ele se vê obrigado a cuidar da loja da família, embora não saiba realmente o que quer fazer da vida. Perdido, ainda de luto, acredita que a solução para os seus problemas é resgatar um antigo sonho de infância.

“‘Eu te Levo’ tem o ritmo daquele que optou por ficar e de repente precisa decidir de uma vez tudo o que foi adiado. É um filme que respira a ansiedade do personagem, que se emociona profundamente com cada descoberta e finalmente explode ao perceber uma nova perspectiva”, define o diretor.

O foco narrativo radicalmente vinculado ao protagonista é um dos recursos que possibilitam essa experiência de imersão. Tudo que o espectador vê está filtrado pelo personagem, sob a sombra do conflito entre a comodidade de uma vida pré-programada e o desejo de trilhar o próprio caminho. Entre mentiras, segredos, dúvidas e longas viagens de carro na companhia de Cris (Giovanni Gallo), seu vizinho, Rogério luta para amadurecer.

FICAR OU PARTIR?

“Eu te levo” levanta um debate sobre a chamada “Geração Canguru” – jovens de 25 a 34 anos que permanecem vivendo com os pais ou voltam a morar com eles por opção. Segundo a pesquisa Síntese de Indicadores Sociais, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgada no último mês de dezembro, esse comportamento segue avançando no país: subiu de 24,3% para 25,3% a fatia dos jovens nessa faixa etária ainda morando sob o teto dos pais, entre 2014 e 2015. Esta é a maior parcela registrada em 11 anos.

Da vida real para a telona, o personagem central de “Eu te levo” precisa declarar uma independência tardia, mas teme contrariar os planos da mãe. “Ele tem medo de decepcioná-la, ao mesmo tempo que é uma pessoa muito complexada –  fala pouco, padece quando cala essa vontade de mudança. É difícil. A casa da mãe acaba sendo um casulo, uma proteção pra ele. E o estilo de narrativa coloca o espectador dentro desse conflito, conduz a uma identificação”, diz Anderson Di Rizzi.

“Não há nada mais especial que o compromisso entre a tela e o público, entre a emoção da narrativa e a de quem está sentado na plateia. Sempre que digo ‘Eu te Levo’, também estou dizendo ‘vamos juntos’”, completa o diretor.

Sinopse:

Rogério é um cara caladão, que adora rock e mora com a mãe no interior de São Paulo. Seu pai morreu há poucos dias, deixando um negócio para administrar e gerando no filho uma necessidade, adiada há anos, de resolver o que fazer da vida. Rogério precisa declarar uma tardia independência, e, paralisado pela ideia de assumir responsabilidades, resgata um sonho de infância.

EU TE LEVO

Estreia: 23 de março de 2017.

Gênero: Drama

Duração: 90 minutos

Idioma Original: Português

Direção: Marcelo Müller

Roteiro: Iana Cossoy Paro/ Marcelo Müller

Produção: Paulo Roberto Schmidt

Produção Executiva: Paulo Roberto Schmidt/ Maria Clara Fernandez

Direção de Fotografia: Jacob Solitrenick

Direção de Som: Guido Berenblum

Direção de Arte: Monica Palazzo

Montagem: Leopoldo Joe Nakata

Elenco:

Rogério – Anderson Di Rizzi

Marta – Rosi Campos

Cris – Giovanni Gallo

Ana – Gabriela Palumbo

Cleber – Jorge Cerruti

Tunico – José Trassi

Lucas – Guilherme Nasraui

Enide – Valéria Lauand

 

Página Web: https://www.facebook.com/eutelevo