Romance erótico conquista 20 mil leitores em sete meses e já é o sétimo livro gratuito mais baixado no Brasil

Menos de uma semana de redação, apenas 13 páginas, três capítulos e, surpreendentemente, o sétimo livro mais baixado gratuitamente na Google Play Brasil. Nem o autor, Oliver Rei (pseudônimo), escritor iniciante, sabe explicar o fenômeno do romance erótico ‘Um Segredo Vulgar’, cuja primeira parte foi publicada em julho de 2017 pela Bibliomundi, plataforma de autopublicação de e-books. A história convida o leitor a espiar a intimidade de Rafael e Amanda. Ela decide realizar uma fantasia sexual do amado na comemoração do primeiro mês de namoro. Ao chegar à casa da namorada, o rapaz mal imagina que a prima dela está no quarto esperando para participar de uma brincadeira a três bem apimentada.

Assistente administrativo de Brasília, Oliver, de 30 anos, traçou uma estratégia para estimular o interesse do público: dividiu o livro em partes e publicou a primeira de graça. É justamente a primeira parte, baixada mais de 20 mil vezes em sete meses, que está em sétimo lugar no ranking de downloads gratuitos da Google Play, sendo o primeiro livro de gênero erótico mais acessado entre os top gratuitos. Em agosto, ele lançou a segunda parte com o preço simbólico de R$ 1 e depois subiu para R$ 3,50.

“A primeira parte foi gratuita para divulgar o livro e, claro, eu. E finalizei a primeira parte para deixar os leitores com vontade de ler as continuações. Quer dizer, eu achava que isso poderia acontecer, mas não tinha certeza. A partir da segunda parte, decidi que iria ter um valor baixo por vários motivos. Primeiro, porque ninguém me conhece. Segundo, porque as partes têm poucas páginas. E terceiro, porque eu gostaria que mais pessoas pudessem ler o livro, independentemente se curtem ou não ler eróticos”, explica o autor.

Ao longo das continuações, o livro aborda temas como traições, mentiras e a internet como propagação de ódio e boatos. “A inspiração se deu por conta de uma matéria de grande repercussão nacional, que envolveu três jovens e que houve o compartilhamento de vídeos íntimos, gerando incontáveis problemas e até morte”, conta Oliver Rei, que está surpreso com a repercussão.

“Estou ‘de cara’ com os comentários. Percebi que a maioria dos leitores e das leitoras gostou do livro. Alguns ficaram revoltados comigo por o livro ser pequeno e não finalizado. Meu ‘erro’, que não vou cometer nos próximos, foi não ter avisado que o livro é um brinde, uma amostra grátis do que está por vir”, acrescenta o brasiliense.

O sucesso de ‘Um Segredo Vulgar’ não é o único mistério nessa história. O autor mantém seu nome real em segredo, porque ninguém sabe que ele escreve: nem família, nem amigos. Oliver começou a se aventurar na literatura há menos de 3 anos, publicando crônicas e contos eróticos. Com o tempo, estudou e se aperfeiçoou. A autopublicação foi a grande aliada para tornar sua obra conhecida.

“Descobrir a Bibliomundi foi uma mistura de sentimentos. Ela abriu as portas e me ‘disse’: vai lá e mostre o que você sabe fazer. A vantagem é poder ter liberdade, ter assistência quando surge uma dúvida ou um problema e o fato de você, como escritor, mesmo que iniciante, ter controle, ter suas próprias metas e objetivos e, claro, expandir suas ideias, espalhar suas histórias”, diz.

Livro terá terceira parte
A terceira parte do livro deve ser publicada neste mês de fevereiro. E ainda não será a última. Oliver também está produzindo um romance, que pretende publicar em março. Sua ideia é continuar escrevendo pequenos livros, misturando o erótico com outros gêneros populares, como ficção científica, romance e suspense. “Sei que não dá para viver de literatura e nem sei se algum dia eu teria como trabalhar nessa área. Estou escrevendo outros livros e quero publicar o quanto antes na Bibliomundi e, quem sabe, ter uma segunda fonte de renda escrevendo”, almeja.

Os outros seis livros mais baixados gratuitamente na Google Play são ‘Agora e Para Sempre (A Pousada em Sunset Harbor)’, de Sophie Love; ‘Rastro de Morte (Um Mistério de Keri Locke)’, de Blake Pierce; ‘O Amanhã é Agora’, de Julie Cross; ‘Sangue e Água – Primeiro Encontro’, de K. Matthew; ‘Heróis do Antigo (Edição Portuguesa): Episódio 1.1 da saga Espada dos Deuses’, de Anna Erishkigal; e ‘A Arte do Terror – Volume 4′, de vários autores. Para encontrar a primeira e a segunda parte do livro, basta pesquisar por ‘Um Segredo Vulgar’ no aplicativo Play Store em qualquer aparelho Android.

Sobre a Bibliomundi
A Bibliomundi (bibliomundi.com.br) é uma plataforma de autopublicação e distribuição de livros digitais criada em 2015. Por meio da Bibliomundi, escritores editam e publicam seus livros sem desembolsar investimento inicial e compartilham com a plataforma parte do retorno financeiro gerado pela venda das obras. A empresa também oferece, através de parceiros tecnológicos líderes de mercado, soluções de criação de livrarias digitais e de conversão de obras impressas para e-books, em condições comerciais que viabilizam o acesso ao mercado digital mesmo a micro e pequenas empresas.

É a única plataforma brasileira a oferecer gratuitamente a autores, editoras e livrarias um sistema múltiplo de dados estruturados (big data), com informações extraídas diretamente dos padrões de compras dos leitores, apresentado, de forma simples e em tempo real, para otimizar as campanhas de marketing, como ferramentas de ‘data tracking’ e ‘book analytics’. O acesso às funcionalidades da plataforma é facilitado através de plugins e interfaces amigáveis.

Adotando a proposta de liberdade criativa e acesso de todos para todos, as soluções e práticas comerciais da Bibliomundi possibilitam diferentes formatos e conexões entre autores, editoras, livrarias, leitores e influenciadores no mercado editorial. Entre os principais parceiros tecnológicos da Bibliomundi destacam-se PublishOne e S2 Books para conversões para ebook, BlueFire para seu aplicativo de leitura de ebooks e BooXtream e Adobe para proteção anti-pirataria DRM.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.