20.6 C
Rio de Janeiro
novembro 20, 2018
Exposição

Riocentro recebe exposição de alunos da Spectaculu, escola de arte criada por Gringo Cardia e Marisa Orth

Escola abre mostra nesta segunda-feira (12/11), no Pavilhão das Artes

Todo jovem sonha ter uma profissão e ser bem-sucedido na carreira que escolheu. Todo artista deseja apresentar sua obra em uma grande casa. Alunos e ex-alunos da escola de arte e tecnologia Spectaculu estão próximos de realizar tudo isso de uma só vez. A partir do próximo dia 12 de novembro, segunda-feira, o Pavilhão das Artes, no Riocentro, recebe a mostra “Escola Spectaculu: O Mundo com Outros Olhos”. 48 retratos registram as diversas facetas da juventude que passa pela organização sem fins lucrativos.

Fundada em 1999 pelo artista visual Gringo Cardia e pela atriz Marisa Orth, a Spectaculu oferece educação criativa e inserção profissional na indústria do entretenimento para jovens de 17 a 21 anos, que estudem na rede pública de ensino e sejam moradores de áreas de vulnerabilidade social da região metropolitana do Rio de Janeiro. A escola funciona no Cais do Porto do Rio e, além do apoio da classe artística, hoje conta também com três importantes colaboradores na direção de suas atividades: o artista plástico Vik Muniz, a diretora de projetos especiais de moda e arte Malu Barretto e o diretor de arte Giovanni Bianco.

“Não formamos apenas profissionais técnicos, mas, sim, mão de obra para trabalhar nos bastidores de espetáculos com consciência crítica, repertório visual, cultural. Os jovens saem prontos para formar seus próprios olhares e produzir conteúdo”, explica Gringo. “Todo ano, as turmas atuam em absolutamente todas as etapas dos projetos finais. É quando põem prática o que aprenderam ao longo da temporada. Dessa vez, ainda estão tendo a chance de expor para um grande e diversificado público, como é o do Riocentro”.

Esta será a primeira mostra fotográfica apresentada no Pavilhão das Artes. O espaço, de 1.752 m², conta com a maior exposição permanente de arte de rua indoor da América Latina. Painéis de artistas como Eduardo Kobra, Marcelo Ment, Acme e Rafa Mon foram desenvolvidos especialmente para o local. O Riocentro é o principal equipamento de atração de eventos nacionais e internacionais para o Rio de Janeiro. O acesso ao Pavilhão das Artes é gratuito e exclusivo para cerca de 1 milhão de pessoas que visitam o centro de eventos e convenções todos os anos.

Temas inspirados nas vivências desses jovens

A exposição “Escola Spectaculu: O Mundo com Outros Olhos” apresenta trabalhos conceituais desenvolvidos por alunos nas áreas de fotografia, cabelo, maquiagem, adereços, produção, iluminação e cenários. As obras são resultado de projetos criados e protagonizados por esses jovens, inspirados em suas próprias vivências. Literatura, vida urbana, racismo, cultura brasileira, futebol e periferia são alguns temas que aparecem nas imagens. Parte das iniciativas foi concretizada através da união de esforços com parceiros e marcas nacionais e internacionais ao longo dos 19 anos de fundação da escola, como Levi’s, Louis Vuitton e People’s Palace Projects.

Entre as fotos da coleção estão retratos de jovens da periferia, amigos e personalidades da Spectaculu, como Preta Gil, Thiaguinho e Flavio Renegado. Eles posaram em 2013 no projeto “O Negro Dá Cor ao Brasil”, realizado em parceria com a Louis Vuitton, patrocinadora da escola entre 2009 e 2014, e publicado na extinta Revista RG. O fotógrafo JR Duran assina três imagens da exposição. Em 2015, ele clicou 10 alunas da Spectaculu para um ensaio publicado na Revista Vogue Brasil.

Índios da etnia Kuikuros também protagonizam três imagens da exposição em cliques assinados pela jovem artista Myllena Araújo (do curso de fotografia de 2012). As fotos foram produzidas durante uma residência artística internacional realizada no Alto Xingu (MT), em parceria com a organização britânica People’s Palace Projects. Alguns dos trabalhos contemplados pela mostra já foram exibidos no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Festival Multiplicidade, Royal Opera House London e na Embaixada do Brasil em Londres.

A Spectaculu

Fundada pelo artista visual Gringo Cardia e pela atriz Marisa Orth, a Spectaculu – Escola de Arte e Tecnologia busca abrir as portas do conhecimento e oferecer uma possibilidade real de empregabilidade no mundo dos espetáculos a jovens em vulnerabilidade social. Em quase duas décadas, mais de 1.800 alunos foram formados e inseridos em mais de 5.500 vagas de trabalho fixas e temporárias. Comomaneira de estimular a consciência crítica, a escola também proporciona aos alunos formação consistente de filosofia, cidadania e direitos, expressão corporal, oral e escrita, história da arte e criatividade através das disciplinas transversais de Filosofia, Olhar, Palavra e Voz Interpretação & Corpo. Os alunos recebem duas refeições diárias, material para aulas e uma bolsa-auxílio de R$200,00 para os custos com deslocamento via transporte público. Em 2018, a Spectaculu oferece cerca de 120 vagas para os cursos de Adereços de Cena, Beleza, Contrarregragem & Camarim, Fotografia, Iluminação Cênica, Montagem de Cenários e Vídeo & Roteiro. A Spectaculu conta também com o apoio da classe artística e tem três importantes colaboradores na direção de suas atividades: o artista plástico Vik Muniz, a diretora de projetos especiais de moda e arte Malu Barretto e o diretor de arte Giovanni Bianco.

Serviço – Exposição Escola Spectaculu: O Mundo com Outros Olhos
Mostra de fotografias dos alunos da Spectaculu
Abertura: 12/11, às 16h
Local: Riocentro – Pavilhão das Artes

Posts relacionados

‘Bossa 60, passo a compasso’, abre excepcionalmente no próximo sábado

Redação

MGallery Art Project: hotel exibirá obras do artista Carlos Vergara

Redação

Mostra “Cartografias da Africanidade Fluminense”, chega à Casa França-Brasil

Redação

Deixe um comentário