Rio Wine and Food Festival termina provando que o Brasil tem espaço para o vinho

Acabou anteontem, 27 de agosto, a 5ª edição do Rio Wine and Food Festival (RWFF). Foi uma semana intensa, com várias ações e atrações invadindo o Rio de Janeiro, onde a eno-gastronomia foi protagonista da cena carioca, provando – inclusive – a versatilidade do vinho, que esteve presente em vários locais da cidade: CADEG, Morro da Urca, Mercado de Produtores Uptown, Clube Naval Piraquê, Gávea Golf Club, Hotel Gran Meliá Nacional, Auditório da FGV, Copacabana Palace, em mais de 60 restaurantes participantes do Rio Rolha Zero, e nos trajetos turísticos feitos pelo Wine Bus.

 Promovido e idealizado pelo Grupo Baco desde 2013, o Festival de Vinho e Gastronomia do Rio de Janeiro – o RWFF – é hoje uma das maiores e mais prestigiadas iniciativas envolvendo o mundo do vinho, gastronomia e cultura existente no Brasil, sendo referência também fora do país. Seu formato inovador e democrático, envolve toda cidade e diferentes públicos, movimentando este segmento e impactando positivamente o consumidor final. Esta edição de 2017 veio reafirmar o compromisso dos idealizadores – Marcelo Copello e Sérgio Queiroz – com este segmento que vem, a cada dia mais, crescendo no Brasil. “Foi emocionante ver a cidade maravilhosa tomada pelo vinho, de norte a sul, de leste a oeste, num evento que atraiu, além dos cariocas, muita gente de fora do Rio. Temos o sentimento de dever cumprido e prontos para começar a trabalhar a próxima edição de 2018, que já tem a adesão de várias marcas que estiveram conosco agora”, diz a dupla. Esta quinta edição leva a chancela da Secretaria do Estado de Turismo de evento de grande relevância para o turismo.

 Os números dão a dimensão do que foi o Festival este ano:
– 200 atrações
– 70 mil pessoas: público participante direto das atrações
– 36 mil garrafas de vinhos consumidas e/ou compradas nos eventos
– 125 expositores
– 12 países participantes
– 29 vinícolas do Uruguai (recorde em eventos deste país aqui no Brasil)
– 33 palestrantes nacionais e internacionais
– 8 mil taças souvenir customizadas com o logo do Festival para a ação “vinho a copo”
– 60 restaurantes participaram do Rio Rolha Zero
– 33 profissionais inscritos para o concurso de sommelier
– 650 pessoas inscritas para o Seminário Vinho & Mercado

O evento mostrou também o bom momento do vinho brasileiro. No Seminário que discutiu o setor, realizado em parceria com a FGV no dia 22, dados mostram que, apesar da crise, as vendas de espumantes nacionais tiveram um crescimento de 24% em relação ao ano passado, o que equivale a 22,5 milhões de litros. E em uma prova às cegas, eles mostraram que tem qualidade internacional. O desafio Brasil X Resto do Mundo, realizado durante o evento, cerca de 30 degustadores, entre profissionais e enófilos, provaram às cegas 8 espumantes, confrontando produtos nacionais e importados de diversas origens.

Veja o resultado:

1º lugar – Cave Geisse Extra Brut 2013, Brasil
2º lugar – Viapiana 575 dias, Brasil
3º lugar – Prosecco Le Coste Lapieve, Itália
4º lugar – Cava Anna de Codorníu, Espanha
5º lugar – Champagne Taittinger Brut Reserve, França
6º lugar – Marques de Marialva Baga Blanc de Noir, Portugal
7º lugar – Prosecco Sperone, Itália
8º lugar – Valduga 130, Brasil

Durante o Rio Wine and Food Festival, um júri formado por especialistas em vinho -Marcelo Copello, Charlie Arturaola, Euclides Penedo Borges, Homero Sodré, Roberto Rodrigues, entre outros – se reuniu para eleger, numa prova às cegas, o Top Ten da 5ª edição do evento. Veja a lista dos campeões:

– Espumante Brasil: Espumante VALMARINO-Churchill
– Branco Brasil:MIOLO Cuvee Giuseppe Chardonnay 2015
– Tinto Brasil: AURORA Millesime Cabernet Sauvignon 2012
– Branco Velho Mundo: Riesling Erbach Kabinet 2012, Baron Knyphausen, Alemanha,VINDAME
– Branco Novo Mundo: CASA SILVA Cool Coast Sauvignon Gris 2015, Chile, Vinhos do Mundo
– Tinto Novo Mundo Varietal: PEREZ CRUZ Chaski 2014, Asa Gourmet
– Tinto Novo Mundo Corte: MONTES Alpha M 2012, Chile – Mistral
– Tinto Velho Mundo Ibérico: INEVITÁVEL, Casa S. Vitória, Portugal, Vila de Arouca
– Tinto Velho Mundo França,Itália,outros: Nerio Nardo 2012, Italia, VINDAME

 No dia da abertura do Festival, 21 de agosto, marcado por um jantar no Gávea Golf Club, foi entregue o troféu Vinha Velha para as pessoas que contribuem de forma significativa para o segmento do vinho no Brasil. Eleitos por votação por especialistas, os vencedores de 2017 foram:

 – Personalidade do Vinho: Jorge Lucki
– Produtor Brasileiro do Ano: Vinícola Guaspari
– Importador do Ano: World Wine
– Revelação Mundus Vini: Murillo Regina (Epamig)

O RWFF também premiou Ramon Justino como “Sommelier do Ano”, prêmio conquistado em concurso promovido em parceria com a ABS-RJ.

 As duas grandes atrações do evento foram, sem dúvida, o Vinho no Mercado e o Wine Out. De 25 a 27 de agosto, o Mercado de Produtores Uptown e o Morro da Urca foram palco desses dois eventos, respectivamente, atraindo milhares de pessoa. “ “É exatamente desse tipo de projeto que a cidade do Rio de Janeiro precisa. O carioca quer sair de casa com a família ou com os amigos, e encontrar algo realmente especial. Boa gastronomia, novidades do setor, e a  vibração especial daquele Rio que  existe em nossos corações”, comenta Schalom Grimberg, empreendedor do complexo Uptown. “Foi um belo intercâmbio de sabores e experiências”, completa. Faz coro com ele Guilherme Marques, CEO do Bondinho Pão de Açúcar: “O evento foi um sucesso absoluto na programação de fim de semana no Morro da Urca, com uma experiência enogastronomica especial e vista deslumbrante. Agradecemos ao Grupo Baco a parceria e fazemos um balanço muito positivo neste local que é a cara do Rio”.

A abertura informal no CADEG, no dia 19 de agosto, também foi extremamente importante para democratizar o vinho. E duas das maiores entidades da América Latina, Wines of Chile e Inavi Vinos del Uruguay, apostaram no RWFF para fazer seu evento oficial e dar visibilidade às suas marcas.

 O Rio Wine and Food Festival 2017 teve o apoio da Wines of Chile/ Pro Chile, Inavi Vinos del Uruguay, Uptown Barra, Sebrae-RS; os parceiros oficiais foram Gran Meliá Nacional, Bondinho Pão de Açúcar, FGV, Gávea Golf Club and Resort, Clube Naval Piraquê e Boccati. Recebeu o apoio institucional da ABIH-RJ, ABS-Rio, Ibravin, Vinhos do Brasil, e apoio governamental da Setur e Embratur. A Rede Meliá, Rede Windsor e Hotel Vila Galé foram os hotéis parceiros, e a Radio Paradiso, a mídia partner.

Facebook: www.facebook.com/ riowineandfoodfestival
Instagram: @riowineandfoodfestival
#RWFF2017

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.