Vista da Estátua do Cristo Redentor - Foto Alexandre Macieira Riotur
Vista da Estátua do Cristo Redentor - Foto Alexandre Macieira Riotur

O Rio de Janeiro deu o ponta pé inicial ao processo de captação do Americas Master Games 2020, também conhecido como Jogos Panamericanos Master. A competição multiesportiva reunirá, durante dez dias, uma média de 10 mil participantes em 26 modalidades previstas.

Em solenidade realizada nessa quarta-feira (15), no Palácio da Cidade, o prefeito Marcelo Crivella assinou o termo de apoio à candidatura, que conta com a parceria do Rio Convention & Visitors Bureau e da Associação de Hotéis do Estado do Rio.

“Estes Jogos Panamericanos para amadores e atletas em média acima de 30 anos será uma grande oportunidade de utilização dos espaços públicos e equipamentos olímpicos da cidade”, explica o prefeito.

Diretores da International Master Games Association (IMGA) durante visita a região da Barra da Tijuca (_Divulgação)
Diretores da International Master Games Association (IMGA) durante visita a região da Barra da Tijuca (_Divulgação)

Segundo dados da prefeitura, o Jogos serão responsáveis por trazer cerca de 20 mil turistas, entre esportistas e visitantes, gerando empregos e movimentando a economia local em, aproximadamente, R$ 150 milhões.

Para se adequar os requisitos exigidos, os diretores da International Master Games Association (IMGA) realizaram visitas técnicas em vários pontos da capital fluminense, incluindo o Parque Olímpico e o Parque Aquático Maria Lenk.

Prefeito Marcelo Crivella com o nadador Djan Madruga
Prefeito Marcelo Crivella com o nadador Djan Madruga

“Conseguimos impressionar muito bem os diretores da IMGA. O Comitê Brasileiro do Esporte Master (CBEM) está empenhado em conquistar o direito de organizar os Jogos de 2020. Fizemos uma campanha exemplar, desde o ano passado, para que o Rio de Janeiro seja nomeado cidade-sede deste importante evento”, explica o Djan Madruga, apoiador do evento e o primeiro brasileiro recordista olímpico de natação.

O Rio concorre com as cidades de Cleveland, nos EUA, e Cali, na Colômbia. O nome do vencedor será anunciado durante o World Masters Games, que acontecerá em abril de 2017, na Nova Zelândia. Caso o Rio seja escolhido, o evento será realizado no período de 4 a 13 de setembro de 2020.

Última edição do American Master Games, em Vancouver 2016 (Reprodução site)
Última edição do American Master Games, em Vancouver 2016 (Reprodução site)

Gay Games 2026
Em fevereiro deste ano, o Rio Convention & Visitors Bureau e a International Gay and Lesbian Travel Association (IGLTA) iniciaram o processo de captação do Gay Games 2026, considerado os Jogos Olímpicos do segmento. Serão 12 dias de competição reunindo 15 mil atletas. De acordo com dados do Rio CVB, o evento tem potencial de injetar na economia carioca US$ 40 milhões (dólares), cerca de R$ 124 milhões de reais.

“Após a realização das Olímpiadas, o Rio de Janeiro reúne todas qualidades para a realização de jogos esportivos, que vão desde a infraestrutura dos equipamentos esportivos até o setor hoteleiro, que hoje conta com as melhores bandeiras nacionais e internacionais. Isso tudo sem falar na excelente imagem que passamos para o mundo durante os Jogos. Sem dúvida, uma cidade que consegue agregar notáveis atrativos turísticos, produtos e serviços de qualidade e a alma carioca tem tudo para ser vencedora”, conta Alfredo Lopes, presidente do Rio CVB e Associação de Hotéis do Rio.  

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor, digite seu comentário
Por favor, digite seu nome aqui