20.6 C
Rio de Janeiro
novembro 20, 2018
Notícias

NextGen Artists | JLT Specialty identifica único brasileiro em relatório sobre o mercado mundial da arte

📷 Divulgação

Lista composta por Top 500 artistas em ascensão no mundo, apresenta único brasileiro que aparece no Top 5 do ranking

A Jardine Lloyd Thompson (JTL) Specialty, corretora de seguros especializada em consultoria de risco, publicou pela primeira vez o relatório NextGen Artists, em parceria com a ArtTactic, empresa de pesquisa de mercado de arte, em que identificou e analisou a próxima geração de artistas internacionais com menos de 40 anos de idade.

Confira >>> O dia que o SBT se tornou a emissora mais infeliz do Brasil

Com a arte contemporânea se transformando no maior filão das casas de leilão Christie’s e Sotheby’s*, este documento lança luz sobre a próxima geração de artistas e ajuda a compreender os fatores que influenciam a trajetória de cada um. (*Fonte: ArtTactic 2017)

Para se ter uma ideia de como o mercado da arte vive nos seus melhores dias, segundo a assessoria de imprensa da JLT, nos últimos 15 anos, houve um crescimento exponencial da Arte Contemporânea. O faturamento nas casas de leilão Christie’s e Sotheby’s aumentou de US $ 270 milhões em 2000 para US $ 3,3 bilhões em 2017, sendo que a Arte Contemporânea se tornou a categoria mais rentável (representou 39% das vendas entre as principais categorias, que são: Arte Antiga; Arte Impressionista e Moderna; Arte Contemporânea; Arte Chinesa).

O relatório identifica os 500 principais artistas do globo, trazendo dados sobre suas respectivas carreiras, educação, representação de galerias e presença tanto em leilões, quanto nas redes sociais. Egressos de variados campos da arte, eles trabalham com diferentes mídias, refletindo as constantes mudanças da arte contemporânea.

Dentre esses 500 artistas, se destaca o alagoano Jonathas de Andrade, que atualmente vive e trabalha na cidade do Recife. O artista de Belas Artes atua com instalações fotográficas, ações e pesquisas urbanas.  Realizou exposições individuais no Instituto Itaú Cultural (São Paulo), Furnas Cultural (Rio de Janeiro), Instituto Cultural Banco Real (Recife), Fundação Joaquim Nabuco / Fundaj (Recife). Publicou a coleção Amor e Felicidade no Casamento, em co-autoria com Yana Parente (2008).

O artista participou da 7ª Bienal do Mercosul (2009) e no mesmo ano, desenvolveu o projeto Documento Latinamerica – Condução à Deriva, com pesquisa de imersão em países da America do Sul, através de bolsas da Funarte (Rio de Janeiro) e do Salão de Artes Plásticas de Pernambuco. Recebeu o prêmio concurso de videoarte da Fundaj. Andrade é representado pela Galeria Vermelho, em São Paulo, e já expôs em lugares como Nova York, Toronto, Lisboa, entre outras cidades pelo mundo.

Dos top 100, 37% são identificados como artistas multidisciplinares, seguidos por pintores (22%) e artistas de instalação (14%).

O documento também reforça o domínio dos Estados Unidos e da Europa no mercado internacional de arte. Quase um quarto (24%) dos artistas residem e trabalham em Nova York, cidade que revelou ser o epicentro global do segmento, seguida por Berlim (12%) e Los Angeles (9,4%). Londres apareceu como o quarto centro mais importante, com 8,7% dos artistas vivendo lá – embora a capital londrina tenha o segundo maior mercado de arte em termos de vendas, o relatório constatou que os altos custos de moradia e a dificuldade em encontrar trabalho acabam levando os artistas a se instalarem em metrópoles europeias mais acessíveis, como Berlim.

Nos últimos quinze anos, temos visto um extraordinário crescimento do mercado de arte contemporânea. Vivemos um momento emocionante para os envolvidos na indústria artística, sejam artistas, colecionadores ou investidores. Este projeto colaborativo resulta de nossa paixão e curiosidade sobre os fatores que contribuem para o sucesso de um artista hoje”, afirma David Gordon, CEO da divisão de Belas Artes da JLT. “Entender esses fatores nos permitiu identificar a próxima geração de artistas que terá o impacto mais significativo no mundo da arte no futuro, bem como identificar as estrelas em ascensão tendo em vista o interesse dos colecionadores e das casas de leilão”.

O relatório completo pode ser acessado, clicando aqui.

Posts relacionados

Espaço Ernani Arte e Cultura promove um grande leilão em Agosto

Redação

Com projeto inédito, Grupo Mantiqueira reúne influencers em causa solidária

Redação

Rodrigo Koraicho e By Kamy protagonizam Exposição Reverência

Redação

2 comentários

Mãos Limpas e Lava Jato: A corrupção se olha no espelho | Edição atualizada traz apêndice exclusivo sobre a prisão do ex-presidente Lula - Sopa Cultural novembro 9, 2018 at 14:38

[…] Confira >>> NextGen Artists | JLT Specialty identifica único brasileiro em relatório sobre o mercado mundial… […]

Resposta
Oi STU Open 2018 | Praça Duó ganha pista Park olímpica para o evento - Sopa Cultural novembro 12, 2018 at 13:44

[…] Confira >>> NextGen Artists | JLT Specialty identifica único brasileiro em relatório sobre o mercado mundial… […]

Resposta

Deixe um comentário