Rafael Lemos e Rubia Braga fazem o Cartografia do Possível do CRDSP

A programação do “Cartografia do Possível”, programa do Centro de Referência da Dança (CRDSP), apresenta nesta primeira sexta-feira de dezembro (1/12), “Shabdam”,  solo de dança indiana de Rafael Lemos , desenvolvido a partir de estudo intensivo com a mestra de Bharatanatyam, Leela Samson, na Índia; e no sábado (2/12), “Zona provisória”, de Rubia Braga, trabalho iniciado como pesquisa de movimento junto ao Núcleo Artístico Vera Sala.

Dança milenar, de origem templária, a Bharatanatyam atravessou o tempo preservando sua essência, com uma refinada técnica que revela um profundo conhecimento do corpo e de sua expressão. Com gestos vigorosos que desenham linhas no espaço e ritmo marcante, o bailarino e ator Rafael Lemos conta, nas cinco coreografias que compõem  “Shabdam”,  históriasinspiradas em mitos e poemas da cultura Indiana.

Como o nome sugere, “Zona Provisória” não comporta um discurso linear sobre a ideia de um “tema” e suas motivações;  o trabalho vem sendo construído e demolido e, por entre desmoronamentos e escavações, fica a percepção da impermanência do corpo em constante estado de passagem, de um “corpo impossível” que,  no exato instante em que é, deixa de ser, um corpo que, em suas arqueologias, fissuras e silêncios, habita o infactível tempo presente.

As duas apresentações acontecem na Sala Plural, às 19h, com entrada gratuita.

Serviço:

1/12 (sexta), às 19h

“Shabdam”, de Rafael Lemos
Sala Plural
Duração: 35  Minutos
Classificação indicativa: Livre

2/12 (sábado), às 19h

“Zona provisória”, de Rubia Braga
Sala Plural
Classificação indicativa: livre
Duração: 35 minutos

Centro de Referência da Dança de São Paulo – CRDSP
Baixos do Viaduto do Chá, s/n – acesso pela Rua Formosa (próximo às estações Anhangabaú do Metro).

Informações: 32143249 | 953013769

Ficha técnica dos trabalhos:

“Shabdam”
Criação, Interpretação e Concepção de Luz: Rafael Lemos
Assistência:  Duo Lótus 

“Zona provisória”
Criação e dança: Rubia Braga
Som: Pedro Galiza e Rubia Braga
Luz e espaço cênico: Rubia Braga