Queremos!Tropical traz o Brasil para a varanda do Vivo Rio

    Série de shows nacionais, em janeiro e fevereiro de 2017, terá como atrações Liniker & Os Caramelows, Karol Conka, Anavitória e Dona Onete

    Anavitória (foto: Breno Galtier Photography)
    Anavitória (foto: Breno Galtier Photography)

    O Brasil é imenso, mas caberá direitinho na Varanda do Vivo Rio no verão carioca. Entre janeiro e fevereiro terá a primeira edição do Queremos! Tropical, uma série de shows nacionais com artistas de quatro regiões do país, todos com alta rotação na internet e representativos da riqueza da música brasileira contemporânea.

    O evento é uma parceria de Queremos! com o Vivo Rio, que no último dia 10 de novembro completou 10 anos de atividades, e trará à cidade Liniker & Os Caramelows (São Paulo),  Karol Conka (Paraná), Anavitória (Tocantins) e Dona Onete (Pará). Os ingressos custarão a partir de R$ 40, e já podem ser comprados na plataforma do Queremos!.

    Booking.com

    Antes e depois dos shows, DJs como Nepal, Zé do Roque e Jimmy Jay, entre outros, vão garantir a celebração, e experiências gastronômicas variadas, de acordo com o que o clima da noite pedir.

    Confira a programação do Queremos! Tropical:

    19/01 – Liniker & Os Caramelows (21h)

    Liniker (Divulgação)
    Liniker (Divulgação)

    Abertura da casa às 21h; show às 23h
    De Araraquara, interior de São Paulo, vem uma das performances mais poderosas surgidas nos últimos anos no Brasil. A cantorx e compositorx Liniker combina timbres e imagens que podedesconcertar ouvintes /espectadores desavisados, mas fez milhares de fãs caírem de amores por seu soul, em músicas como “Zero” e “Louise Du Brésil”. Entre o EP “Cru”, de 2015, e “Remonta”, seu disco de estreia, foram mais de 80 shows pelo país com a banda formada por Rafael Barone (baixo), William Zaharanszki (guitarra), Pericles Zuanon (bateria), Márcio Bortoloti (trompete) e Renata Éssis (backing vocal). O grupo se apresentou em novembro no Circo Voador, em noite de lotação esgotada, o que só aumenta a expectativa por esse retorno ao Rio.

    28/01 – Karol Conka (21h)

    Karol Conka (foto: Vivi Bacco)
    Karol Conka (foto: Vivi Bacco)

    Abertura da casa às 21h; show às 23h
    Prestes a completar 30 anos (no dia 1º de janeiro), a rapper de Curitiba é hoje um dos principais nomes do hip hop brasileiro. E não é pelo seu visual exótico e colorido, nem pela participação consagradora na cerimônia de Abertura dos Jogos Olímpicos Rio 2016. Sua postura incisiva, as letras que retratam seu ativismo feminista e as produções matadoras de músicas como “Gandaia”, Gueto de luxo” e “Tombei” a credenciam como uma das artistas mais incendiárias do Brasil.

    02/02 – Anavitória

    Abertura da casa às 19h; show às 21h
    Ana Caetano, 21 anos, e Vitória Falcão, 20, eram duas amigas de escola de Araguaína (TO). Elas adoravam cantar, tocar violão e postar suas performances no YouTube. Aos poucos, foram afinando seu “pop rural”, como batizaram a música que fazem, e conquistando mais e mais fãs. Até que decidiram enviar uma versão que fizeram de “Um dia após o outro”, de Tiago Iorc, para o músico brasiliense. Ele não só adorou a versão, como decidiu apadrinhá-las e produziu o disco que saiu este ano pela Universal Music, com faixas compostas por Ana (algumas em parceria com Iorc) e novas versões para os hits digitais que as impulsionaram inicialmente, como “Singular” e “Chamego meu”. Atualmente, elas estão em turnê nacional.

    16/02 – Dona Onete (part.Felipe Cordeiro)

    Dona Onete (foto: Divulgação)
    Dona Onete (foto: Divulgação)

    Abertura da casa às 21h; show às 23h
    O Pará e seus ritmos que remetem tanto à África como ao Caribe, e ainda assim (ou por isso mesmo) são brasileiríssimos, às vezes produz sucessos inesperados. Talvez o maior deles seja Dona Onete, a “diva do carimbó”. Aos 76 anos, ela sobe aos palcos com uma vitalidade ímpar porque, apesar da idade, só lançou seu primeiro disco em 2012. Antes, foi professora de História, secretária de Cultura e fundadora de grupos de dança e música regionais no Pará. Foi quando se uniu ao coletivo Rádio Cipó, no início dos anos 2000, que seu prolífico talento musical aflorou. Ela tem mais de 200 composições, muitas gravadas por artistas da nova geração, como Gaby Amarantos, Emília Monteiro e Aíla Magalhães. Seu show no Queremos!Tropical terá participação do cantor e guitarrista Felipe Cordeiro, outro representante da fértil cena paraense.

    Serviço:

    Queremos! Tropical
    Datas: 19 e 28/01, 02 e 16/02
    Local: Varanda do Vivo Rio (Av. Infante Dom Henrique, 85 – Parque do Flamengo, Rio de Janeiro – ao lado do Museu de Arte Moderna)
    Ingressos: a partir de R$ 40
    http://www.queremos.com.br/
    Classificação: 18 anos

    Booking.com