Psicanálise & Cinema: “Julgamento em Nuremberg”

Julgamento em Nuremberg
Julgamento em Nuremberg

A Sociedade Brasileira de Psicanálise do Rio de Janeiro (SBPRJ) exibirá o filme “Julgamento em Nuremberg”, no dia 27 de janeiro, às 18h30, com entrada franca. A data marca 72 anos da libertação de Auschwitz, o maior campo de extermínio nazista. Pelo menos 1 milhão de pessoas foram mortas em câmaras de gás e crematórios no local.  

Dirigido por Stanley Kramer, trata-se da primeira ficção, lançada em 1961, a usar um trecho documental mostrando os corpos e o que mais foi encontrado nos campos de concentração na época. A obra teve 11 indicações ao Oscar e recebeu dois prêmios, na categoria de roteiro adaptado e melhor ator. Após a exibição, haverá debate com o público, conduzido pelo psicanalista e crítico de cinema Luiz Fernando Gallego, coordenador do projeto Psicanálise & Cinema.  

O filme é inspirado em um dos muitos julgamentos de Nuremberg, uma série de tribunais militares, o primeiro realizado pelos países Aliados e outros mais pelos americanos depois da Segunda Guerra Mundial. Foram julgados membros da liderança da Alemanha nazista e colaboradores importantes das esferas médica e jurídica, dentre outras. “O filme recria, de modo ficcional, um julgamento de juízes e juristas em 1948, quando pouca gente queria saber de julgar nazistas menos importantes, ainda que bastante importantes em suas esferas de ação”, comenta  Luiz Fernando Gallego.  

“Julgamento de Nuremberg” foi feito a partir de uma “teleplay” para a televisão americana de 1959, que teve ótima repercussão. Do elenco original do programa de TV ficou Maximiliam Schell, ator alemão que recebeu um Oscar por seu desempenho como advogado de defesa. O elenco é formado por grandes atores: Spencer Tracy como o juiz principal, Burt Lancaster como um réu (um jurista nazista), Montgomery Clift  e Judy Garland como testemunhas de acusação  – judeus que foram objeto de manipulações perversas em campos -, Marlene Dietrich como viúva de um general do exército alemão e Richard Widmark como advogado de acusação, entre outros. 

SERVIÇO “JULGAMENTO EM NUREMBERG”   
Data: 27/1/2017  
Horário: 18h30   
Duração: 186 min   
Classificação: 12 anos   
Entrada franca, sujeita à lotação da sala (64 lugares)   
Reservas: 2537-1333  e  2537-1115 – sbprj@sbprj.org.br        
Local: SBPRJ – Rua Davi Campista, 80 – Humaitá  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.