Projeto Cinemaneiro ensina moradores de comunidades a produzir documentários

A iniciativa tem o patrocínio da LAMSA e começa no dia 18 de abril

Cinemaneiro, projeto social patrocinado pela LAMSA prepara para 2017 oficinas voltadas à produção de documentários nas comunidades da Maré, Cidade de Deus e Del Castilho. Serão abertas 90 vagas, sendo 30 para cada comunidade. Podem participar jovens e adultos a partir dos 13 anos de idade, que tenham disponibilidade para assistir aulas às terças e quintas-feiras, no turno da tarde. 

Neste ano, o projeto abordará o tema: “Um filme para ser feliz. Qual pequena atitude posso tomar para o meu benefício e o benefício do meu lugar?”.  As aulas já começam em 18 de abril para moradores da Maré. O curso possui 54 horas de carga horária. 

Para a primeira etapa do curso no Complexo da Maré, as inscrições já estão encerradas. Mas há vagas para as etapas da Cidade de Deus e do Parque União de Del Castilho. As inscrições vão até o dia 5 de maio. Todas as atividades e materiais do projeto são gratuitas. 

“No decorrer do curso os alunos vão aprender a produzir um filme de curta duração, desde a ideia até a edição do vídeo. Vamos sugerir aos alunos que reflitam sobre o seu território: qualidades e pontos a serem aprimorados e que elejam um ou mais aprimoramentos executáveis por eles próprios ao longo das aulas”, conta Viviane Ayres, produtora do projeto.

Morador do Complexo da Maré, o ator Christian Santos, de 27 anos, começou no Cinemaneiro em 2003. Desde cedo aprendeu a criar roteiros, trabalhou como operador de câmera, captação de som, direção, produção e edição de produtos audiovisuais. Em 2010, participou do Documentário 5 X Favela – Agora por Nós Mesmos, produzido por Carlos Diegues. Hoje, Christian faz parte do grupo Teatro de Tabuleiro e é produtor do projeto Cinemaneiro. 

“As pessoas diziam para as crianças da comunidade que o projeto servia para tirar os moradores da Maré das drogas. Mas, ao participar do dia a dia, percebi que o projeto servia para dar oportunidades de trabalho para todas as pessoas da região”, diz Christian.

O Cinemaneiro é um projeto sociocultural realizado pela Associação Cidadela – Arte, Cultura e Cidadania, através de Lei Municipal de Incentivo do Rio de Janeiro, com patrocínio da LAMSA, concessionária que administra a Linha Amarela e apoio do Instituto Invepar e da Pastoral do Menor. Neste ano, o projeto completa 16 anos de ações voltadas à difusão e a democratização do acesso à cultura através do audiovisual.

Programação das aulas

  • Complexo da Maré

        De 18 de abril a 20 de junho (terças e quintas, das 15h às 18h);

         Local: Centro de Preparação dos Oficiais da Reserva (CPOR);

                       Inscrições encerradas.

  • Cidade de Deus

       De 8 de maio a 5 de julho (segundas e quartas-feiras, das 15h às 18h);

                    Local: Capela Nossa Senhora Aparecida –  Área dos Apês;

                    Inscrições abertas.

  • Del Castilho

                      Inscrições até 5 de maio;

                       Local: Favela do Guarda

Serviço:

PROJETO CINEMANEIRO 2017

Mais informações e inscrições
https://www.facebook.com/Cinemaneiro
Telefone: (21)2225-7568
Whatsapp: (21)98881-2832