Programa Michelin Ouro Verde Bahia celebra 15 anos

Exposição de fotos dá início às comemorações de aniversário do programa, que é uma das maiores iniciativas de desenvolvimento sustentável do Grupo Michelin no mundo

O lançamento da exposição Michelin Ouro Verde Bahia, no dia 26 de abril no Città América, dá continuidade às comemorações do aniversário de 15 anos do programa. São 15 fotos assinadas por Fabiano Veneza, que mostram como a iniciativa propõe, com sucesso, uma relação equilibrada entre respeito ao meio ambiente, desenvolvimento social e crescimento econômico. Dimensões distintas de progresso que se conectam e se completam sendo a alma e o coração do programa. 

“Tenho muito orgulho dos resultados conquistados nos 15 anos do Michelin Ouro Verde Bahia, que incorpora integralmente a estratégia de crescimento sustentável da Michelin. Estamos convencidos de que é possível combinar a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento social com o progresso econômico”, celebra Claire Dorland-Clauzel, vice-presidente Marcas e Relações Externas e membro do Conselho Executivo do grupo Michelin.

Baseado nos eixos econômico/científico, social e ambiental, o programa, que tem viabilizado a produção e comercialização da borracha natural de maneira responsável e duradoura, além de contribuir para o desenvolvimento do cultivo de seringueira e para o aumento da produção de cacau e banana por agricultores familiares da região, atua na proteção e restauração da Mata Atlântica, com o plantio de mais de 100 mil árvores e apoio à pesquisa científica com a criação do Centro de Estudos da Biodiversidade. Entre as suas realizações estão também a criação do Parque da Cachoeira da Pancada Grande e da Reserva Ecológica Michelin (REM), com mais de três mil hectares.

Segundo Nour Bouhassoun, presidente da Michelin América do Sul, “o sucesso do modelo do programa permitiu a sua expansão para além das propriedades da Michelin, alcançando mais de 50 municípios baianos. O Michelin Ouro Verde Bahia é um exemplo concreto do compromisso da Michelin em produzir recursos renováveis de alta qualidade, ao mesmo tempo em que promove crescimento econômico, desenvolvimento social e proteção ambiental”.

15 anos do programa Michelin Ouro verde Bahia

  • + de 2.000 hectares de cacau e 4.000 hectares de seringueira plantados;
  • + de 350 empregos diretos gerados;
  • + de 1.300 famílias beneficiadas pelo apoio à agricultura familiar;
  • + de 50 munícipios baianos impactados;
  • + 3.000 hectares de Mata Atlântica preservados e restaurados;
  • + de 100.000 árvores plantadas de 215 espécies diferentes;
  • + de 90 pesquisas sobre biodiversidade concluídas;
  • + de 95 artigos científicos publicados;
  • + de 60.000 pessoas/ano visitaram a Cachoeira da Pancada Grande.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.