15.7 C
New York
abril 24, 2019
Notícias

Primeira cooperativa mirim do estado do Rio é constituída em Mendes

Instituto Sicoob no Rio capacitou profissionais que auxiliaram as crianças no projeto

Com assembleia de constituição agendada para a próxima sexta-feira (9), o estado do Rio de Janeiro ganhará sua primeira cooperativa mirim em Mendes, ao Sul da capital. Composta por 60 crianças que têm entre 8 e 12 anos, a cooperativa conta com alunos do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental da Escola Municipalizada Professor João Gurito. O Instituto Sicoob no Rio de Janeiro promoveu a capacitação dos profissionais, que auxiliaram as crianças a desenvolver a iniciativa.

A proposta do projeto é incentivar um processo de construção cidadã, trabalhando temas como o respeito à opinião do colega, a importância do processo de votação dentro dessa realidade cooperativa, a alternância de função entre os membros da iniciativa, entre outros pontos importantes de formação da cidadania.

“O sétimo princípio do cooperativismo fala do interesse pela comunidade. Por isso, uma iniciativa dessas é tão importante. Além dessa relação com o entorno, as crianças também aprendem como é trabalhar com autonomia e ainda a serem protagonistas das próprias iniciativas que implementam”, explica Luís Eduardo Pereira Ramos, representante do Instituto Sicoob no Sicoob Cremendes.

A ideia da criação da cooperativa mirim em Mendes surgiu depois da participação de algumas unidades escolares da cidade no Cooperjovem, que tem como compromisso promover uma mudança de comportamento no ambiente escolar, com foco no desenvolvimento de relações mais humanizadas entre professores e alunos, alunos e alunos, professores e direção, escola e pais e escola e comunidade.

A primeira atividade dos novos cooperados já está definida: uma oficina de gastronomia que contará com a participação dos integrantes para desenvolver a receita de um biscoito.

Leia também  Blondine participará do Mondial De La Biére com os seus mais de 20 rótulos artesanais

“O comportamento dos alunos mudou completamente. A relação entre eles é diferente, existe mais respeito. E cooperação virou uma palavra muito forte não só entre eles, mas também entre os pais e a escola. Os responsáveis viram que a iniciativa poderia dar certo e render frutos no futuro. Por isso, eles abraçaram totalmente o projeto”, destaca Telma Cristina Trindade Pinto, professora do 5º ano da Escola Municipalizada Professor João Gurito.

“A cooperação ganhou importância entre os alunos e professores. Estudantes que tinham problemas comportamentais, por exemplo, mudaram de postura. É muito visível essa transformação”, enfatiza Laize Bernardo Monteiro, orientadora pedagógica da instituição de ensino.

Posts relacionados

Ocupação Poética, com Neide Archanjo e convidados especiais no Teatro Cândido Mendes

Redação

Abril Literário: veja a programação especial em comemoração ao mês da leitura

Redação

1º Festival PontaPé Musical na Arena Chacrinha

Redação

Atriz Luiza Cesar convidada para o musical Beatles Num Céu de Diamantes

Redação

Camarote Nº1 apresenta calendário de festas exclusivas 

Redação

Kinoplex inicia venda antecipada de ingressos para “Bumblebee” e “Homem-Aranha no Aranhaverso”

Redação

Deixe um comentário