24.7 C
Rio de Janeiro
outubro 20, 2018
Teatro & Dança

Prefeitura do Rio de Janeiro e Secretaria Municipal de Cultura apresentam Cia. Articulação em:   Firmino Trancoso – o valente do sertão

Foto: Bruno Leão
Foto: Bruno Leão

Inspirado na literatura de cordel, xilogravura, música nordestina e no movimento armorial, a Cia. Articulação traz para cena teatral espetáculo Firmino Trancoso – o valente do sertão. A peça busca difundir o teatro de bonecos e valorizar a cultura popular do nordeste com influência das obras de Suassuna. A confecção dos cenários, figurinos e bonecos tiveram como proposta o reaproveitamento de materiais. Os ritmos regionais e a sofisticação do movimento armorial, também foram pesquisados para criação da trilha sonora e músicas ao vivo.

“Um dos nossos maiores desafios foi trazer a brincadeira e a liberdade do mamulengo (boneco de luva) para a manipulação das marionetes (boneco de fio) e realizar essa fusão de conceitos e técnicas. A confecção dos cenários, figurinos e bonecos tiveram como proposta o reaproveitamento de materiais. Os ritmos regionais e a sofisticação do movimento armorial, também foram pesquisados para criação da trilha sonora e músicas ao vivo”, conta Michel Sousa, idealizador da Cia Articulação.

 

Em junho de 2018, por meio da Lei Municipal de Incentivo a Cultura, com patrocínio da Vita Check-up Center, Firmino Trancoso marcou presença na Arena Jovelina Pérola Negra, Arena Carioca Abelardo Barbosa (Chacrinha) e Escola Municipal Professor Albert Einstein. Desta vez, o espetáculo ficará em temporada no Teatro Municipal Ziembinski aos domingos de outubro.

Aproveitamos para agradecer aos apoiadores desta temporada: Rede Qually HortifruttiD’ Bispo GourmetSonho Dourado Editora e Gráfica e Donna Natureza.

Cia. Articulação:
Fundada em 2008, a Articulação – Teatro de Animação surgiu do sonho de combinar o teatro de bonecos ao trabalho educacional, vinculado a pesquisa e prática do teatro de animação. Trazendo para o mundo contemporâneo técnicas e encantos dessa arte milenar, busca-se aprimorar e desenvolver métodos de construção e manipulação de bonecos.

Com uma rotina acelerada, a Articulação já teve seu nome estampado em diversos projetos e realizações, como: Uma Família Feliz – Cia Nós do Vento, O Milagre do Santinho Desconfiado – Cia Navegando, Museu da Vida – Fio Cruz, Mostra Centenário Nelson Rodrigues – Petrópolis, Natal de Luz de Petrópolis, Musical Os Três Porquinhos, Enquanto a Banda Passar – ONG Dançar a Vida, Do Rio ao Universo – Planetário de Santa Cruz, Flautista de Hamelin – Benevenuto Cia. Teatral, Galpão das Artes da Comlurb, dentre outros.

Possui em seu repertório a palestra Caixa Cênica, os espetáculos, Proserpina o Primeiro Feitiço, Malas Regionais – Lenda do Uirapuru, Raízes, Inspetores da Cidadania e Firmino Trancoso – o valente do sertão, espetáculo de marionetes, que em outubro de 2014 estreou na 8ª Mostra de Teatro de Bonecos – Mariana – MG; e as exposições, O Cotidiano do Imaginário, Mão na massa e Brasil de Histórias – Teatro de Bonecos na Educação.

Nos projetos educacionais, a Articulação tem forte atuação com jovens da rede pública de ensino, que nas Oficinas de Teatro de Bonecos entram em contato com todo o processo de criação e montagem de um espetáculo, até a apresentação final. Dessas oficinas resultaram espetáculos como: O Cotidiano no Imaginário, Tecendo Ideias, Banda S.O.S Planeta Terra, Chuchu e Jiló, Senhor dos Vales e muito mais. Com esse projeto ganhou o selo do Prêmio Rio Sociocultural 2013, e desde 2009 fortalece a educação inserindo os jovens na produção artística de nosso país.

Ficha Técnica

Direção, texto : Michel Sousa
Direção musical: Marco Aurêh
Trilha sonora: Michel Sousa e Marco Aurêh
Elenco: Cristiana Carvalho, Juliana Werneck, Thiago Alves e Rafael Bernardino
Colaboração dramatúrgica: Márcio Newlands, Catin Nardi, Juliana Werneck, Marco Aurêh, Rafael Bernardino, Thiago Alves e Felipe Cardoso
Preparação de ator: Mario Mendes
Iluminação: Márcio Newlands
Músicas: Eduardo Camenietzki, Michel Sousa, Marco Aurêh e Thiago Alves
Criação das marionetes: Michel Sousa e Juliana Werneck
Colaboração técnica das marionetes: Catin Nardi
Confecção das marionetes: Michel Sousa, Juliana Werneck e Diogo Fernandes
Cenografia e figurino: Juliana Werneck
Assistente de cenografia: Diogo Fernandes
Construção do carrinho: Humberto Silva
Confecção dos figurinos: Lourdes Martins
Bordados: Helen Maria

Identidade Visual: Rodrigo Bueno
Design gráfico: Alice Pavan
Mídias sociais: Camille Abramo
Imagens e edição: Diego Lima
Fotografia: Bruno Leão

Produção executiva: Juliana Werneck
Assistente de produção: Camille Abramo e Alice Pavan
Realização: Articulação Teatro de Animação

SERVIÇO

Teatro – Firmino Trancoso – O Valente do Sertão
Classificação: Livre
Duração: 55 minutos
Gênero: Comédia dramática
Data: 07, 14, 21 e 28 de outubro
Horário: 16 h
Local: Teatro municipal Ziembinski – Tijuca
Endereço: Rua Heitor Beltrão s/n (em frente ao metrô da São Francisco Xavier)- Tijuca, Rio de Janeiro – RJ

Inclua seu nome na lista amiga e pague meia entrada. Enviar mensagem pelo messenger.

Posts relacionados

“Pança” estreia no Teatro Glauce Rocha

Redação

Polacas, as prostitutas judias

Redação

‘Eu amarelo’ – Nova peça sobre Carolina Maria de Jesus estreia no Sesc Tijuca

Redação

Deixe um comentário