Poeta Piauiense, Carlos Galeno, lança livro em São Gonçalo

O poeta piauiense, radicado no Rio de Janeiro, mais precisamente em São Gonçalo-RJ – Carlos Galeno, lança seu terceiro livro de poemas, intitulado “oitis” pela editora Autografia. O lançamento ocorrerá no dia 7 de julho, a partir das 16h00, o Espaço ARES no bairro de Neves – SG.

“Oitis são frutos do oitizeiro, quando bicados pelos pardais, ou atingidos pela ação da gravidade, vem ao chão e espalham um aroma adocicado nas calçadas, nas ruas, nas praças, nos quintais, nas cidades. Seriam então oitis-poemas? ou seriam poemas-oitis ? frutos que saciam e alimentam o corpo e o coração”. É assim que os editores comentam os poemas de Galeno, na orelha da capa do livro.  Um livro que ao manusearmos sentimos um primor de acabamento, vislumbrando  uma  obra de arte, uma arte que depois da leitura bebida de um só fôlego, arrebata-nos numa paisagem  de múltiplas surpresas,  repleta de afeição e afeto; é o tipo de livro que nunca fechamos suas páginas definitivamente, a ele sempre voltamos para numa releitura calma, renovarmos  nosso  espírito e regarmos a doçura escondida em nós mesmos. É um livro que enriquece a  estante de nossa biblioteca, e também  a estante de nossa alma.

Na contra capa, Jorge Luis Borges,  o grande escritor diz: “O livro é o mais assombroso instrumento criado pelo homem, as suas outras criações, são meros complementos do seu corpo: o telescópio, os óculos complementam a visão, o telefone complementa a voz, o arado e a espada  são extensões dos braços, mais o livro é uma outra coisa, o livro é a extensão da memória e da imaginação”.

Nos poemas, Planeta Gullar e Cuitelinho, poemas que participaram de concursos de poesias e ganharam a primeira colocação, Galeno homenageou os poetas Ferreira Gullar e Manuel de Barros  a eles os enviou com sua fervorosa  devoção aos mestres.

Galeno, pertence ao Grupo  “Diário da Poesia”,  grupo poético que espalha arte por todos os quadrantes da cidade desde o ano de 2009, apresentando-se mensalmente no  salão nobre do  I.C.B.E.U,  situado na  av Francisco Portela  2772,  próximo a praça Zé garoto, como também nos  fins de semana, em seu projeto itinerante, por escolas, entidades beneficentes, e mais onde houver amantes da artes e da cultura para lhes assistirem.

  “O silêncio refina o momento / solta o peso existente/ bebe o agradável  / irriga com sua pluma luminosa a quietude benfazeja e diz: num sussurro mudo / – alegria e paz – Assim, a pena de Galeno passeia leve pelas páginas do livro, às vezes, a leveza avoluma-se, e nossos sentidos experimentam  reflexões,  inesperadas, como essa sobre o tempo.

“Tempo ò deus menino / velho assanhado / caminhe devagar/ não corra / não voe / se não corto suas asas / com minha tesoura de ferro doce”.

Recomenda-se com louvor a leitura do livro “OITIS” como deleite ou  como fotossíntese, os frutos/poemas vingam  na seiva bruta dos versos, na  espera  da  natureza  tátil de  tuas mãos, de teus olhos, para no teu coração e na tua alma agirem com docilidade e como alimento   te suprir em sabor,  em  saciedade,  em destino.

Serviço:
Lançamento do livro OITIS
Data: 07 de julho de 2017 – (sexta-feira)
Hora: A partir das 16h00
Local: ARES – Área Recreativa e Social/SG
Endereço:Av. Paiva, s/n  Ilha das Flores – Neves – São Gonçalo
( km 318 da BR 101 )

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.