20.6 C
Rio de Janeiro
novembro 20, 2018
Livros

Pesquisadora lançará livro sobre a imagem do terrorista na mídia americana

Estudo foi feito a partir de levantamento de dados em organizações como FBI, CIA, ONG Global Security e obtidos em minuciosa busca no jornal The New York Times

O terrorismo saiu das páginas dos jornais norte-americanos para se tornar tema do primeiro livro da advogada e mestre em Ciências Políticas e Relações Internacionais, Renata Medeiros de Araújo. “Deu no The New York Times: a imagem do terrorista na mídia americana (1991-2001)” será lançado no dia 6 de novembro pela Editora Freitas Bastos, no restaurante La Fiorentina, em Copacabana, às 19h. A publicação é fruto de uma intensa pesquisa que durou dois anos e resultou da tese de mestrado da autora. Renata esquadrinhou o modo como o terrorismo islâmico foi construído midiaticamente pelo jornal The New York Times durante um período de 10 anos, entre 1991 e 2001.

A pesquisa foi feita a partir de levantamento de dados documentais em organizações como FBI, CIA e a ONG Global Security, além de uma minuciosa busca das palavras “terror”, “terrorismo” e “fundamentalismo” nos registros do jornal NYT. Para alcançar o nível de detalhamento do qual precisava, Renata chegou a se cadastrar como pesquisadora no FBI. “São relatórios dos departamentos de Defesa e Segurança dos EUA e estatísticas sobre atos e grupos terroristas. O confrontamento entre os relatórios dessas instituições e as matérias de jornal aponta para divergências significativas na definição do que sejam atos e grupos terroristas”, destaca a autora.

Renata Medeiros de Araújo
Renata Medeiros de Araújo

Renata se debruçou sobre o cenário que precedeu o ataque às torres gêmeas do World Trade Center, analisou como o terrorismo era visto até o fatídico 11 de setembro de 2001 e como o assunto passou a ser tratado pelas potências hegemônicas e grandes conglomerados de comunicação, que definem o protagonismo das notícias vinculado a uma agenda política. A professora da Uerj, Bruna Soalheiro, que escreveu o posfácio do livro, destacou o ineditismo da obra de Renata ao abordar o terrorismo por esse viés. “Renata foi capaz de construir um quadro analítico que indicasse como o fundamentalismo e o terror foram reelaborados nas páginas de um dos maiores veículos de comunicação do mundo, atendendo a interesses corporativos e governamentais, cujos projetos não são intuitivamente reconhecíveis nem mesmo para os leitores mais atentos”, elogiou.

O prefácio do livro foi escrito pelo advogado e PhD em Direito, professor Lier Pires Ferreira. A obra tem 120 páginas e será vendida por R$ 45.

Perfil da autora
Renata Medeiros de Araújo é advogada formada há mais de 20 anos e possui mestrado em Ciências Políticas e Relação Internacionais pelo IUPERJ, da Universidade Cândido Mendes. Já atuou em empresas multinacionais e na área financeira. Atualmente, desenvolve pesquisa que resultará em seu doutoramento. 

Serviço:
Dia e hora: 6/11 (terça-feira), a partir das 19h
Onde: Restaurante La Fiorentina (Av. Atlântica, 458 A – Copacabana)
Editora: Freitas Bastos
Páginas: 120
Custo: R$ 45

Posts relacionados

Dia da Bandeira do Brasil: páginas sangrentas de uma história imperial

Redação

Editora Senac São Paulo lança série de manuais práticos de gastronomia

Redação

Hilber Cunha lança livro em café do Central Prime

Redação

Deixe um comentário