22.3 C
New York
julho 23, 2019
Featured Notícias

Pesquisa revela que brasileiros consideram ovos da Páscoa caros ou muito caros

📷 DIvulgação/Pixabay

Estudo da Toluna mostra também que 20% das pessoas deixam para comprar chocolate após a data

Uma das datas mais esperadas e deliciosas do ano está chegando. A Páscoa é um dos momentos que as pessoas costumam trocar presentes e fazer ceias. Mas, o que as pessoas acham de um dos principais produtos a serem comercializados na data, os ovos de chocolate? Essa é a dúvida que uma pesquisa feita pela Toluna, empresa fornecedora líder de insights do consumidor sob demanda, espera tirar. Neste estudo a Toluna apurou que:

Confira >>> Skunna lança receita comemorativa da Semana Santa – a moqueca de bacalhau

– 91% dos consumidores acreditam que os ovos de Páscoa são caros, ou muito caros;

– 8% acreditam que eles têm um preço justo;

– 1% acham que eles são baratos ou muito baratos.

Esses números têm um efeito direto na resposta de outras perguntas. Ao serem perguntados em que momento devem comprar os ovos de Páscoa:

– 20% das pessoas disseram que irão comprar após a data, quando devem encontrar promoções;

– 36% dos respondentes devem gastar entre R$ 51,00 e R$ 100,00 com os doces;

– 31% menos de R$ 50,00;

– 23% entre R$ 101,00 e R$ 200,00;

– 9% devem gastar mais de R$ 201,00 com os chocolates.

A população em geral gosta de celebrar a data e dar ovos de Páscoa de presente para os parentes e amigos, mas, ao mesmo tempo acham os preços elevados e procuram por ovos caseiros, promoções ou presentes alternativos”, afirma Luca Bon, diretor da Toluna para a América Latina.

Porque não comprar

O estudo também perguntou se as pessoas pretendem comprar ovos de Páscoa no feriado.

– 83% disseram que adquirirão os doces, sejam ovos industrializados, sejam caseiros (sendo destes, 15% apenas os caseiros). Destes compradores, 57% vão dar um ovo de presente para alguém e obter pelo menos um para eles mesmos, 30% vão só presentear alguém e 13% vão só comprar para si mesmos.

Ainda 49% das pessoas já deram outras coisas que não chocolate na Páscoa, especialmente brinquedos e roupas, por causa do preço comparado aos ovos (53%) ou pela variedade (32%).

Entre as pessoas que afirmaram que não vão comprar ovos:

– 56% dizem que não o farão devido aos altos preços;

– 18% porque preferem chocolates em barra ou bombons;

– 12% afirmam que não comemoram a data;

– 11% responderam que estão desempregadas e não querem gastar com doces;

– 3% falaram que não gostam de chocolates.

Pesquisa realizada entre 4 e 9 de abril de 2019 com 897 pessoas das classes A, B e C, segundo critério de classificação de classes utilizado pela Abep – Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa, onde pessoas da classe C2 tem renda média domiciliar de R$ 1.625 por mês.

Posts relacionados

Chove na Barra promove festa no terraço do Barra Shopping

Redação

Jah do Açaí / Penguins montam estratégia de expansão da marca

Redação

Camarote Vivant!: Viviane Araújo, Pretinho da Serra e Milton Cunha lançam o espaço em feijoada no Dia do Samba

Redação

Nei Lopes abre o Projeto AMC no Choro e no Samba no Solar de Botafogo

Redação

Atividades para pais e filhos no RIOSUL

Redação

Conversa sobre o papel transformador da educação no Rio Design Leblon

Redação

Deixe um comentário