“Peregrino” acompanha a jornada pessoal do Papa Francisco

Francisco é o primeiro Papa latino-americano, um homem que veio “do fim do mundo”, com uma fé fervorosa e compromisso socioeconômico, com a promessa de olhar para os pobres, assim como denotaa inspiração para o seu nome, São Francisco de Assis.

Em “Peregrino”, Mark Shriver reconstrói a jornada do Pontífice e ajuda o leitor a entender como um humilde sacerdote se tornou o líder máximo da Igreja Católica. O autor apresenta as várias facetas do desenvolvimento do Papa, como a sua infância, educação, educação espiritual e ideologias.

Filho de imigrantes italianos, Jorge Mario Bergoglio é o mais velho de cinco irmãos. A avó e também madrinha foi a responsável pela sua formação católica. Foi ela quem o ensinou a rezar e o levava para a igreja todos os domingos.  Além da paixão pela Teologia, quando jovem, Jorge também gostava da ciência.

Bergoglio chegou a trabalhar três anos em uma fábrica e, posteriormente, em um laboratório químico. De início, a mãe não aceitou sua ida para o seminário. Mas lá estava a avó novamente para apoiá-lo nesta vocação. Ele entrou para a Companhia de Jesus atraído não apenas pelo compromisso dos jesuítas com a obediência e disciplina, mas, principalmente, pelo trabalho missionário e a vivência em comunidade. Foi ordenado padre aos 32 anos e aos 61, arcebispo de Buenos Aires, cidade em que nasceu. Tornou-se cardeal pouco tempo depois, em 2001, aos 64 anos.

Nesta obra, Mark, que também vem de uma família católica, visita locais por onde Francisco passou. Na busca para conhecer a essência do Papa, o autor traça uma jornada da sua própria fé. “Peregrino” chega às livrarias pela BestSeller em junho.

Mark K. Shriver é presidente da Save the Children Action Network, em Washington. Criou, em 1987, oChoice Program, uma iniciativa cujos objetivos são combater a delinquência e promover o desenvolvimento juvenil. Shriver também tem um extenso currículo como ex-legislador do estado de Maryland. Seu livro de memórias “A Good Man: Rediscovering My Father, Sargent Shriver”, tornou-se best-seller do The New York Times e do Washington Post e foi laureado, em 2013, com o Christopher Awards. Shriver vive com sua esposa Jeanne, e seus três filhos, Molly, Tommy e Emma, em Maryland.

Peregrino
Mark K. Shriver
Páginas: 308
Preço: R$ 29,90 
Tradução: Patrícia Azeredo
Editora: BestSeller | Grupo Editorial Record

2 Comentários
  1. Marco da Silva Diz

    Grande dragão vermelho de sete cabeças dez chifres que saiu do mar é o papa Francisco sendo o diabo incorporado está escrito 13 de apocalipse, também está escrito 12 de apocalipse grande dragão vermelho perdeu batalha no ceu com Miguel.

  2. Leandro ferreira Diz

    Então proximo papa é leopardo pes de urso e boca de leão quer dizer que será poderoso estará com poder do papa Francisco, depois desse vira o papa com dois chifre semelhante cordeiro quer dizer que o papa vai adorar o papa Francisco fazendo que seja posto um sinal na mão direita ou na testa de todo mundo ricos pobres velhos novos mendingos deficientes bebes crianças adolecentes…

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.