Peça infantojuvenil questiona o mundo adulto em temporada gratuita na Caixa Cultural Rio

Escrita e dirigida pelo dramaturgo Marcelo Romagnoli, a premiada peça “Terremota”, com Jackie Obrigon e Guto Togniazollo, faz sua primeira temporada no Rio de Janeiro, na CAIXA Cultural Rio de Janeiro, entre 27 de janeiro e 4 de fevereiro de 2018. As apresentações são gratuitas e acontecem aos sábados e domingos, às 16h30 (sessão extra no dia 28, domingo, às 11h), Projeto da Cia Bendita com o Núcleo Corpo Rastreado de São Paulo, a turnê conta com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e do Governo Federal.

“Terremota” ganhou o prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte, em 2012 (Melhor Texto), e o Coca-Cola Femsa 2012 (Melhor Texto e Melhor Atriz). O texto, publicado pela Cia das Letrinhas em 2016, narra a história de Maria, uma menina de sete anos que mora com seu tio Bigode e passa muito tempo sozinha com seu gato Platão. Após uma tempestade mudar os planos de um passeio até a praia, ela decide proclamar sua própria república, batizada de Terremota, onde ela manda e desmanda.

Inspirada em duas personagens libertárias, Mafalda, do argentino Quino, e Pippi Meialonga, da escritora sueca Astrid Lindgren, a protagonista desafia os adultos através de sua brincadeira. “Isso revela a relação de poder entre adultos e crianças. Quem ensina quem? Maria realmente questiona o mundo adulto e se torna a dona do apartamento”, conta o autor e diretor da peça, Marcelo Romagnoli.

Quem vive a inquieta e intrigante Maria é a premiada atriz paulistana Jackie Obrigon, que atualmente está no ar como a noviça Didi, na novela “Carinha de Anjo”, no SBT. Acostumada a atuar para crianças desde o começo de sua carreira, ela acredita que esse é o verdadeiro trabalho de formação de público. “Eu tinha uma questão muito forte que eu queria levar para o teatro: falar sobre limite, autonomia da criança, criação. A Pippi é uma personagem revolucionária assim como a Mafalda”, diz a atriz.

O projeto ainda inclui, como parte da programação, uma reflexão entre profissionais da área, o encontro “Caminhos da dramaturgia para crianças no Brasil”, que ocorrerá no dia 1 de fevereiro (quinta-feira), das 14h às 17h, no Teatro de Arena da CAIXA Cultural Rio de Janeiro. A atividade é voltada para artistas, agentes culturais e interessados na área e será comandada pelo diretor Marcelo Romagnoli e pelos atores Jackie Obrigon e Guto Togniazollo. Serão disponibilizadas 25 vagas e as inscrições devem ser feitas através do telefone (11) 97784-4681. A participação é gratuita.

Ficha técnica:

Texto e Direção: Marcelo Romagnoli
Com: Jackie Obrigon e Guto Togniazzolo
Cenário e Luz: Marisa Bentivegna
Figurinos: Claudia Schapira
Música Composta: Tata Fernandes e Dr. Morris
Trilha Sonora: Dr. Morris
Produção Musical e Arranjos: Dr. Morris e Ivo Ursini
Adereços: Ivaldo de Mello
Técnico de Iluminação: Jean Marcel Silva
Técnico de som: Bruno Garcia
Fotos: Maria Clara Diniz 
Produção: Núcleo Corpo Rastreado
Concepção e Realização: Jackie Obrigon e Marcelo Romagnoli
Patrocínio: Caixa Econômica Federal e Governo Federal

Serviço:

“Terremota”
Entrada franca (com distribuição de ingressos 30 minutos antes de cada apresentação)
Duração: 50 minutos
Datas: De 27 de janeiro a 4 de fevereiro de 2018
Horários: Sábados e domingos, às 16h30. Sessão extra no dia 28 (domingo), às 11h. Nos dias 28 de janeiro e 4 de fevereiro (domingos), às 16h30, as sessões contam com tradução em LIBRAS.
Local: CAIXA Cultural Rio de Janeiro – Teatro de Arena
Endereço: Av. Almirante Barroso, 25, Centro (Metrô e VLT: Estação Carioca)
Telefone: (21) 3980-3815
Bilheteria: de terça-feira a domingo, das 13h às 20h
Lotação: 176 lugares (+ 3 para cadeirantes)
Classificação indicativa: Livre. Recomendado para crianças a partir de 3 anos
Acesso para pessoas com deficiência

Encontro Caminhos da dramaturgia para crianças no Brasil
Local: Teatro de Arena da CAIXA Cultural Rio de Janeiro
Data: 1º de fevereiro (quinta-feira)
Horário: 14h
Vagas: 25
Inscrições: A participação é gratuita e as inscrições devem ser realizadas pelo telefone (11) 97784-4681.
Classificação indicativa: 12 anos
Público-alvo: Artistas, agentes culturais e interessados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.