Parte da história da Bossa: Luiz Loy Quinteto grava com  Viva La Burla

Quinteto que tocou com João Gilberto e o Fino da Bossa participa do single e videoclipe “Conto do Vigário’’, da banda Viva La Burla

Num clima de reverência ao Samba-Jazz e sua raiz na Bossa Nova, a Viva La Burla lança o single e videoclipe da faixa “Conto do Vigário”. Marie Minare e Don Rodrí, que formam a banda, idealizaram a faixa ao lado do maestro e diretor musical Luiz Loy, do importantíssimo Luiz Loy Quinteto – Histórico grupo do programa “O Fino da Bossa”, da Tv Record, durante a década de 60, que acompanhou nomes como João Gilberto, Elizeth Cardoso, Roberto Carlos e Wilson Simonal, gravando ainda o antológico “2 na Bossa”, com Elis Regina e Jair Rodrigues, e o aclamado primeiro LP do Chico Buarque. Esta é a primeira gravação oficial do quinteto em 48 anos, três após a sua reativação.

“Conheci o Quinteto através do Caçulinha (ex-maestro do Domingão do Faustão), que é grande amigo do Luiz Loy. Ele me levou no estúdio pessoal do Loy e eu mostrei algumas composições próprias. Ele ficou bastante animado e foi onde nasceu a ideia de lançar ‘Conto do Vigário’”, revela Marie Minare, compositora da faixa, ao lado de Danielle Brito e Sarah Campos.

Booking.com

A ligação e respeito ao Luiz Loy Quinteto fica clara no vídeo, onde o duo e o quinteto se encontram na Vila Maria Zélia, primeira vila operária do Brasil e reduto de muitas rodas e histórias. “A música nasceu já faz mais de um ano, apesar de ter sido lançada só agora. É uma crítica à corrupção de maneira geral” comenta Don Rodrí, deixando claro que é uma crítica apartidária e que envolve as pequenas e grandes corrupções.

A direção do vídeo é de Marie Minare, com lançamento pela VEVO. A faixa estará disponível em breve nas principais plataformas de streaming, pela INgrooves.

Sobre Viva La Burla
Marie Minare (atriz, cantora e compositora) e Don Rodrí (cantor, compositor, multi-instrumentista e produtor) se conheceram na internet e, no final de 2015, afinaram suas referências e formaram o projeto Viva La Burla. A estreia com o samba-jazz “Conto do Vigário” é apenas uma parte da variedade de ritmos que, aos poucos, serão conhecidos no primeiro álbum da banda.

Booking.com