-1.8 C
New York
janeiro 22, 2019
Notícias

Palestra gratuita sobre o clássico “As Mil e Uma Noites” com Mamede Mustafá Jarouche, no Oi Futuro Flamengo

Um dos maiores pesquisadores da literatura árabe e tradutor do clássico da literatura mundial “As Mil e Uma Noites”, Mamede Mustafá Jarouche, irá palestrar sobre a obra no dia 19 de julho, no Teatro do Oi Futuro Flamengo, às 19h30. A entrada é gratuita por meio de distribuição de 64 senhas a partir das 19h.  Mamede assina a consultoria teórica da versão contemporânea de “As Mil e Uma Noites”, em cartaz no espaço cultural até 09 de setembro, com encenação da Cia Teatro Voador Não Identificado, responsável também por promover esse encontro.

Mamede Mustafá Jarouche
É tradutor e professor universitário, considerado um dos maiores pesquisadores brasileiros de literatura árabe. É bacharel, doutor e livre-docente pela Universidade de São Paulo, onde leciona desde 1992, e pós-doutor pela Universidade do Cairo. Ficou conhecido pela sua tradução para o português d’ As Mil e Uma noites, cujo primeiro volume recebeu o Prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte), o Prêmio Paulo Rónai da Biblioteca Nacional e o Prêmio Jabuti de Melhor Tradução em 2006.

“As Mil e Uma Noites”
O livro “As Mil e uma Noites” é considerado um dos maiores repertórios de histórias da literatura universal. Espécie de arquétipo do próprio ato de narrar, o livro, dadas as suas dimensões, apresenta um rico repertório em que são encenadas quase todas as possibilidades da ação e da emoção humanas. Sua primeira elaboração em árabe remonta ao século IX da nossa era, e desde então ele tem sido escrito e reescrito, fundido e refundido, de modo a abranger uma variedade de narrativas que ninguém foi ainda capaz de recensear totalmente. Nele, o leitor/ouvinte encontrará uma vasta gama de enredos e subenredos, histórias dentro de histórias, narrações em labirinto e tudo o mais que a voz humana pode produzir. Uma coisa nele, porém, é imutável: sempre, em todas as suas versões, a narração é de uma voz feminina, a voz de Sherazade, que impõe, por meio desse ato, a ordem ao caos, e determina a interrupção do ciclo da morte que se abatera sobre o lugar onde ela vivia. Essa saída negociada, por meio da fala, é o que resgata aquilo que de mais humano existe em nós.

Serviço
Local: Oi Futuro Flamengo – Rua Dois de Dezembro, 63 – Flamengo
Data: 19\07
Horário: 19h30.
Capacidade: 62 lugares
Ingressos: gratuito (distribuição de senhas a partir das 19h)
Duração: 120 minutos
Classificação indicativa: livre

Posts relacionados

Domno traz novos rótulos Argentinos para o Brasil

Redação

Espetto Carioca passa comercializar seus espetos congelados no Supermercado Zona Sul

Redação

Noite do Dance Bem 

Redação

Rock in Rock in Rio 2019: Venda do Rock in Rio Card começa no dia 12 de novembro

Redação

Museu do Amanhã promove nova edição do Programa Evidências das Culturas Negras nesta quarta

Redação

Deezer celebra Centenário de Nelson Mandela com playlist de tributo de Sipho ‘Hotstix’ Mabuse

Redação

Deixe um comentário