Pagliacci | Filme estrelado por Domingos Montagner e Fernando Sampaio estreia nos cinemas

Documentário estreia dia 26 de abril nos cinemas com distribuição da Pandora Filmes

Uma reflexão sobre o “ser palhaço” é o mote do documentário Pagliacci, dirigido por Chico Gomes, Julio Hey, Luiza Villaça e Pedro Moscalcoff, estreia nesta quinta-feira, dia 26 de abril. O filme aborda questões filosóficas e simbólicas sobre a necessidade do homem de rir de si mesmo ao acompanhar Fernando Sampaio, fundador da companhia LaMínima, ao lado do ator Domingos Montagner e da sua mulher Luciana Lima

– O palhaço é aquele que desafia, que contrasta, que faz rir. Aquele que não pensa e nem age como os outros esperam e, por isso, pode se expressar de forma real, sem medo de ser ridículo e do julgamento alheio. Quebra paradigmas e traz o novo. Fala aquilo que incomoda, aquilo que transforma. O palhaço, o bobo da corte, o louco, o bêbado. O personagem que enxerga os podres e comunica o que ninguém mais tem coragem de dizer e é por isso ele nos faz rir de nós mesmos – afirma um dos diretores, Luiz Villaça. 

Despertado no trabalho conjunto do grupo formado por Villaça com Gomes, Moscalcoff, Hey e Luiza Villaça, o grupo de diretores da Bossa Nova Films abraçou o desafio e, através do cotidiano de Sampaio e de entrevistas com os artistas e com o público, construiu no documentário, o significado desta profissão tão antiga quanto a humanidade.

Pagliacci mostra como um homem tímido fora dos palcos se transforma quando assume a persona do palhaço. Desde o falecimento do amigo e sócio Montagner, em 2016, Fernando conduz o processo da construção de uma versão teatróloga e circense da ópera homônima pela primeira vez sem a presença física de Domingos, mas com novos parceiros que encontrou durante oficinas ministradas pela dupla Fernando Paz e Filipe Bregantim. O documentário narra a construção do espetáculo desde os primeiros ensaios até uma montagem já mais madura, duas semanas após a estreia. Os momentos iniciais da preparação, a ansiedade, o nervosismo e os últimos ajustes estão em pauta. 

Montagner e Fernando se conheceram no Circo Escola Picadeiro, em São Paulo, e logo formaram uma dupla de palhaços. Na época, sob orientação do Mestre Roger Avanzi, o Palhaço Picolino, eles levavam às ruas recriações e números circenses. Juntos, ao lado de Lima, esposa de Montagner, eles criam o LaMínima, em 1997, com o espetáculo LaMínima Cia de Ballet, baseado no humor físico e nas clássicas paródias acrobáticas. Ao longo de 20 anos, os amigos e parceiros foram se aperfeiçoando e trabalhando com grandes nomes da arte circense e do humor, como Leris Colombaioni, Leo Bassi, Chacovachi, Fernando Neves e Neyde Veneziano. Em 2008, ganharam o Prêmio Shell de Teatro SP de Melhor Ator com a peça A Noite dos Palhaços Mudos, com direção de Álvaro Assad e roteiro de Laerte. O LaMínima também é o fundador do coletivo Circo Zanni, que tem como objetivo revitalizar a importância dos circos na vida cultural das cidades.

Confira o cartaz: 

Assista ao trailer: 

Ficha Técnica:

Direção: Chico Gomes, Julio Hey, Luiza Villaça, Pedro Moscalcoff, Luiz Villaça
Argumento: Luiz Villaça
Roteiro: Guilherme Quintella
Produção: Denise Gomes, Paula Cosenza, Luciana Lima, Fernando Sampaio
Produção Executiva: Adriana Tavares
Fotografia: Pedro Moscalcoff
Som Direto: Adriano Vasquez, Guilherme Lessa, Luciano Raposo, Marcelo Lopes, Robson Lima, Rodrigo Amorim, Tales Manfrinato
Montagem: Gabriel Lancman
Edição de Som: Daniel Sasso e Toco Cerqueira
Mixagem: Toco Cerqueira
Trilha Sonora Original: Marcelo Pellegrini
Texto e adaptação da peça “PAGLIACCI “de Luís Alberto de Abreu

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.