Os melhores vinhos do Brasil trazem onze campeões abaixo dos R$ 50

Grande Prova Vinhos do Brasil divulga resultado e apresenta os melhores vinhos do país em 31 categorias, com ótimas surpresas para o consumidor e recorde de participação. Tem vinho campeão de R$ 18,00

O público já pode ter acesso ao resultado da 6ª edição da Grande Prova Vinhos do Brasil, realizada no Rio de Janeiro. Foram quatro dias de certame, onde um time de jurados especialistas avaliou às cegas 827 amostras de produtores nacionais, divididas em 31 categorias, entre diferentes variedades de vinhos branco, tinto, rosé, doces e fortificados, espumantes e sucos de uva.

A prova é uma parceria do Grupo BACO, especializado no mercado de vinhos e o Ibravin (Instituto brasileiro do vinho), que apoia o evento juntamente com a Secretaria de Agricultura, Pecuária e Irrigação do Rio Grande do Sul (SEAPI), sendo  o maior e mais respeitado concurso de vinhos disponíveis no mercado, referência no Brasil e exterior.

O júri, comandado por Marcelo Copello, contou com grandes especialistas do Brasil e do exterior. Eugenio Lira, presidente da Associação de Enólogos do Chile, foi um dos convidados especiais. “Foi uma honra participar desses dias de degustação, o Brasil está no bom caminho em termos de produção de vinhos excelentes. Toda vez que venho ao Brasil para saborear seus vinhos, posso ver um claro avanço nas colheitas. O bom trabalho e nível que os produtores, vinicultores e vinícolas estão fazendo”, aponta  Lira.

“Sempre uma inequívoca, grandiosa, única, didática e magnífica experiência poder degustar, em um único evento, a mais completa panorâmica do vinho brasileiro” o restaurateur e fundador da Associação Brasileira de Sommelier,  Danio Braga, que também foi um dos jurados da prova.

O consumo de vinhos nacionais está crescendo e o resultado dessa grande prova é uma fonte fundamental para quem quer apostar em rótulos nacionais.

“O consumidor poderá ter no resultado uma ótima referência para o seu dia a dia. Ficamos felizes de ver bons vinhos a ótimos custos, mas daria uma dica: Provem todos”, destaca Sergio Queiroz, uma dos organizadores da Grande Prova.

Queiroz também ressalta que não só os campeões merecem destaque: “importante ressaltar que os campeões saem de finais extremamente concorridas, ou seja, temos grandes vinhos lado a lado, e estes com certeza estarão com as medalhas de ouro, é acompanhar de perto a listagem e aproveitar cada um deles”, completa.

Os vinhos e sucos vencedores recebem um selo da prova para atestar sua qualidade.  Nessa edição da prova, os jurados tiveram boas surpresas e consequentemente o consumidor final também terá mais opções para o brinde nas festas de fim de ano, entre outras ocasiões. Um lista de todos os Best Buys será apresentado no evento para o público no Rio de janeiro.

O resultado:

  • Espumante Brut Branco Champenoise: Espumante Cave Geisse Brut

  • Espumante Brut Branco Charmat: Espumante Casa Galiotto Brut

  • Espumante Brut Rosé Champenoise: Espumante Casa Valduga Arte Brut Rose

  • Espumante Brut Rosé Charmat (EMPATE):

  •   Espumante Dunamis Ar Brut Rosé

  •  Espumante Cave del Veneto Brut Rosé, Adega Chesini

  • Espumante Extra-Brut, Nature Branco: Espumante Victoria Geisse Extra Brut 2017

  • Espumante Extra-Brut, Nature Rosé: Espumante Victoria Geisse Extra Brut Rosé 2016

  • Espumante Prosecco/Glera: Espumante X Decima Prosecco

  • Espumante Moscatel Branco: Espumante Giaretta Moscatel

  • Espumante Demi-Sec Branco: Espumante Casa Perini ICE Demi-Sec

  • Espumante Moscatel e Demi-Sec Rosé: Espumante Monte Paschoal Moscatel, Basso

  • Branco Chardonnay: Pizzato Legno Chardonnay 2016

  • Branco Sauvignon Blanc: Dom Pedrito Obelisco Sauvignon Blanc 2016

  • Branco Gewurztraminer: RAR Collezione Gewurztraminer 2011

  • Branco Riesling: Aurora Varietal Riesling Itálico 2017

  • Branco Moscato: Monte Paschoal Moscato Frisante, Basso

  • Branco de Outras Castas e Cortes: Miolo Quinta do Seival Alvarinho 2016

  • Rosé: Cattacini La Sagrada Familia 2017,

  • Tinto Cabernet Sauvignon (EMPATE):

  •  Angustifólia Cabernet Sauvignon 2012, Vinícola Araucária

  •  Panizzon Celebrando Gerações Cabernet Sauvignon 2015

  • Tinto Merlot (EMPATE):

  •  Monte Paschoal Dedicato Merlot 2013, Basso

  • Barão de Petrópolis Reserva Merlot 2012

  • Tinto Tannat: Almejo Tannat 2012, Família Bebber

  • Tinto Sangiovese: Cave Antiga Sangiovese 2012

  • Tinto Syrah: Vista da Serra Syrah 2015, Guaspari

  • Tinto Pinot Noir: Monte Paschoal Dedicato Pinot Noir 2014, Basso

  • Tinto Tempranillo: Lendas do Pampa Tempranillo 2015, Guatambu

  • Tinto Cabernet Franc: Barão de Petrópolis Reserva Cabernet Franc 2012

  • Tinto Marselan: Casa Perini Marselan 2014

  • Tinto de Outras Castas: Lidio Carraro Singular Teroldego 2010

  • Tinto Cortes: Lidio Carraro Quorum Grande Vindima 2008

  • Doces e Fortificados: Boscato Licoroso

  • Suco de Uva Integral Branco: Suco de Uva Integral Zanrosso

  • Suco de Uva Integral Tinto: Suco de Uva Integral Galiotto

Onze dos campeões estão também na lista dos Best Buy* (abaixo de R$ 50). Um dos vinhos campeões, medalha de ouro, tem seu preço ao consumidor final em R$ 18,00, o Monte Paschoal Moscato Frisante.

Três dos vinhos campeões estão abaixo dos R$ 30. São eles:

Espumante Monte Paschoal Moscatel Rosé

Panizzon Celebrando Gerações Cabernet Sauvignon 2015

Monte Paschoal Moscato Frisante

Além dos esperados prêmios as amostras do Rio Grande do Sul, Vinhos de Bahia, Minas Gerais,  Paraná,  Pernambuco, Santa Catarina e São Paulo, mostrando o potencial dos novos terroir e já algumas aptidões de cada um deles

Premiação e Evento

A cerimônia de entrega dos prêmios aos produtores será realizada no dia 23 de novembro no Hotel TRI Flores de Cunha, apoiador do evento no Rio Grande do Sul, Juntamente com a prefeitura de Flores de Cunha.

Outro evento que faz parte da premiação, mais voltado para público final,  será realizado nos dias 8, 9 e 10 de dezembro no Mercado do Produtor no Uptown Barra, no Rio de Janeiro, onde se poderá provar e  adquirir as garrafas premiadas. O evento contará ainda com uma Master Class no dia 8, com prova comentada de vinhos de destaque do concurso.

Jurados

Foram 23 jurados responsáveis por avaliar as amostras inscritas. O júri foi composto por profissionais da área, como enólogos, sommeliers, jornalistas, professores, gerentes da A&B.

Entre os profissionais, estão: Marcelo Copello, presidente do júri, Grupo BACO Multimídia; Sergio Queiroz, Grupo BACO Multimídia; Eugenio Lira, Presidente da Associação de Enólogos do Chile;   Danio Braga – chef e sommelier, fundador da ABS Brasil; José Luiz Pagliari, professor do SENAC-SP e diretor da SBAV-SP;   Luiz Cola – jornalista da Gazeta de Vitória;  Ricardo Farias – Diretor da ABS-Rio; Celio Alzer – Professor da ABS-Rio; Maria Helena Tahuata, vice-presidente da ABS-Rio; Homero Sodré, consultor de vinhos; Jocelyn Sodré, professora de vinhos da Universidade Estácio de Sá; Roberto Rodrigues, diretor da ABS Rio; Ramon Justino, Sommelier bi-campeão do RWFF 2015 e 2017; Wallace Neves, Sommelier campeão do RWFF 2016; João Pedro Lamonica, Sommelier campeão do RWFF 2013; Giancarlo Pochettino, Gerente de A&B da Rede Windsor; Marcelo dos Santos, Sommelier do Mr Lam; Rodrigo Moura, Sommelier e diretor da ABS-Rio; Joseph Morgan, diretor da ABS-Rio; Paulo Decat, diretor da ABS-Rio; Raphael Zanon, Sommelier do Satyricon; Eduardo Ferreira, Sommelier do Fasano e Gabriela Poletto – enóloga, do Ibravin.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.