17.3 C
New York
abril 24, 2019
Livros

Os fatos mais importantes que marcaram toda a sociedade

Finalmente! Após 11 obras da série História Concisa das Nações, que integra relatos de países como Itália, Grécia, Espanha, México, França, EUA, Portugal, Rússia, Índia Moderna, Grã-Bretanha e Japão, chega às livrarias a História Concisa do Mundo, publicada pela Editora Edipro em parceria com a Universidade de Cambridge.

Editora chefe da célebre coletânea e renomada historiadora social e cultural, Merry E. Wiesner-Hanks conta nesta nova obra a história do mundo desde as tradições mais antigas até os momentos mais atuais. Examina a evolução de forma global, percorrendo temáticas como famílias e grupos familiares, hierarquias na sociedade e de gênero, sexualidade, raça e etnia, trabalho, religião, consumo, materialismo e a interação entre comunidades.

Como não é impossível compilar e ler todas as histórias de todas as populações em apenas um livro ou mesmo em uma vida, a autora se atentou nas histórias dos seres humanos como produtores e reprodutores, compreendendo esses termos em um sentido cultural, social e material. E, também, destaca as mais marcantes mudanças e interações entre sociedades durante os milhares de anos da humanidade. Porém, os movimentos políticos e militares não foram ignorados, mas sim repassados sob a perspectiva de como foram moldados pelos fatores humanísticos.

Nos capítulos, os aficionados e curiosos pelos acontecimentos do planeta Terra poderão encontrar os temas família coletoras e agricultoras (até 3.000 a.C.), cidades e sociedades clássicas (3.000 a.C. a 500 d.C.), expansão das redes de interação (500 d.C. a 1.500 d.C.), um novo mundo de conexões (1.500 d.C. a 1.800 d.C.) e industrialização, imperialismo e desigualdade (1.800 d.C. a 2.015 d.C.).

Os pontos fortes da história englobam episódios como: caminhos da urbanização, vida na cidade, intercâmbio de costumes e religioso, cultura cortesã, colonização, império, comércios, propagação de doenças, guerras, drogas, comercialização do lazer, comércio do açúcar, tráfico de escravos, expansão e transformação da indústria, movimentos sociais, novo imperialismo, pós-industrialização, pobreza e a sociedade que caminha para o terceiro milênio.

Leia também  Autora de oito anos participa de sessão de autógrafos no evento "Conversa Literária - Edição especial" nesta quinta-feira (18)

Ainda, aborda a criação de uma rede mundial de comércio, incorporando coletores, agricultores e operários, bem como xamãs, escribas e secretários.

Esta incrível obra apresenta comparações e generalizações, além de notas às diversidades e particularidades, pois examina as questões sociais e culturais que estão no centro das grandes questões da atual história do mundo.

Ficha técnica:
Editora:
 Edipro
Gênero: História
Preço: R$ 79,00
ISBN: 9788552100263
Edição: 1ª edição, 2018
Tamanho: 19×23 cm
Número de páginas: 416

O autor: Merry E. Wiesner-Hanks é professora com distinção e presidente do Departamento de História da Universidade de Wisconsin-Milwaukee. Ela é autora ou editora de vinte livros, dentre eles, os diversos volumes do The Cambridge World History (2015), do qual é editora-chefe, Early Modern Europe 1450-1789 (Cambridge, 2. ed. 2013), Women and Gender in Early Modern Europe (Cambridge, 3. ed. 2008), Christianity and Sexuality in the Early Modern World: Regulating Desire e Reforming Practice and Gender in History: Global Perspectives. Ela também escreveu uma série de livros didáticos inovadores para uso em sala de aula, incluindo Discovering the Global Past: a Look at the Evidence, um livro para jovens adultos, An Age of Voyages, 1350-1600, e um livro para os leitores em geral, The Marvelous Hairy Girls: The Gonzales Sisters and their Worlds.

Posts relacionados

Celebre o Dia do Bacon com sanduíches especiais

Redação

No dia do livro, catálogos de arte serão “esquecidos” no CCBB

Redação

Leitura do clássico texto ‘Em Família’, de Oduvaldo Vianna Filho, na Escola de Comunicação da URFJ

Redação

Gonçalo Tavares no Brasil

Redação

A coragem de ser quem é

Redação

Livro “As Cidades Invisíveis” é  escolhido para Clube de Leitura do Museu do Amanhã neste sábado

Redação

Deixe um comentário