A Orquestra Brasileira de Sapateado faz uma única apresentação no SESI Jacarepaguá

    Dia 22 de outubro, a Orquestra Brasileira de Sapateado, fará uma única apresentação do espetáculo OBS Mix, às 17h, no Teatro SESI Jacarepaguá, no Rio. Misturando harmonicamente elementos de teatro, dança e música, a OBS vai mostrar uma coletânea de alguns números exibidos ao longo dos 25 anos da Cia. As cenas são conduzidas pela 2ª geração da Orquestra formada pelas filhas dos sapateadores que se juntam ao elenco principal, sob o roteiro e direção de Stella Antunes.

    Ao longo dos anos, a Orquestra Brasileira de Sapateado desenvolveu um trabalho inovador e peculiar sob a batuta do maestro Tim Rescala. Afinado com as coreografias de Amália Machado e Stella Antunes, ela une os naipes dos sapateadores e músicos em uma mesma partitura, onde todos dançam, cantam e tocam instrumentos. Em OBS Mix, o público pode constatar que, com pés e mãos afinados, a Orquestra conquistou a unificação da linguagem, tornando o sapateado mais moderno e dinâmico, onde música, dança e teatro são misturados sempre com humor e muita brasilidade.

    “Enquanto os instrumentos dos músicos são o saxofone, o teclado, o baixo e a bateria, os instrumentos dos sapateadores são os pés, com os quais são capazes de fazer música com todos seus matizes de timbre, intensidade e fraseado. Os pés desses intérpretes se integram organicamente ao naipe dos músicos formando uma orquestra que, além de incomum, é acima de tudo brasileira em sua musicalidade e criatividade. Sempre com uma indispensável dose de bom humor”, explica Stella.

    Para dançar no espetáculo, a Orquestra convidou alunos selecionados durante o curso “Por Dentro da OBS”, realizado na semana da apresentação em algumas academias de sapateado da região. Eles terão a oportunidade de conhecer o processo de trabalho da Orquestra e de dividir o palco com seus integrantes.

    O espetáculo OBS Mix é um desdobramento da produção de um documentário, dirigido por Maria Clara e produzido pela Orquestra, que conta a trajetória da Cia. Com lançamento previsto para outubro, mesmo mês da apresentação, foram reunidas cenas e depoimentos dos integrantes que, juntos, construiram a história da OBS, que começou como “Cia Dá no Pé”. Fundada pelas coreógrafas Stella Antunes e Amalia Machado, e pelo maestro Tim Rescala, conquistou seu espaço no cenário artístico brasileiro, unindo música e dança numa leitura musical de cada coreografia.

    Ficha técnica:
    Músicas: Tim Rescala
    Direção Musical, Arranjos e Preparação Vocal: Monique Aragão
    Roteiro e Direção: Stella Antunes
    Supervisão Artística: Roney Villela
    Supervisão Coreográfica: Amália Machado
    Assistente de Direção e Coreografia: Gabriela Dias
    Coreografias: Amália Machado, Stella Antunes, Patrícia Taranto e Caio Nunes

    Sapateadores: Ana Corina Amanajás, Christiane Tachlitsky, Fabrício Negri, Gabriela Dias, Maria Luiza Cavalcanti, Maurício Stella Antunes, Mauricio Silva, Patrícia Ann Thibodeaux e Roberto Gomes. 

    Sapateadoras Filhas da OBS: Beatriz Tachlitsky, Isadora Bava, Manuela Bava, Paula Antunes, Paula Tachliysky, Roberta Leon Vaz e Victoria Araújo

    Músicos: Monique Aragão_ piano, Ronaldo Diamante _ baixo e Kleberson Caetano_bateria
    Cenário: Cris de Lamare
    Assistente de Cenografia: Fê Correia
    Iluminação: Aurélio de Simoni e Ana Luiza Molinari de Simoni
    Desenho de Som: Branco Ferreira
    Figurinos e Adereços: Rosa Ebee
    Produção de Figurinos: Rosa Ebee e Dani Antunes
    Adereços: Rick Barbosa
    Cenotécnico: Luiz Felipe Souza da Silva
    Costureira: Adélia Andrade
    Produção: Ana Beatriz Figueras
    Programação Visual: Origami Studio

    Serviço:
    Local: Teatro SESI Jacarepaguá
    Data: ÚNICA APRESENTAÇÃO – 22 de outubro de 2017 – Domingo
    Horário: 17h
    Ingresso: R$ 40,00 (inteira) e R$ 20,00 (meia)
    Endereço: Avenida Geremário Dantas, 940 – Freguesia/Jacarepaguá
    Telefone: 3312-3750
    Lotação: 322 lugares
    Gênero: Dança
    Classificação Etária: Livre
    Duração: 70 minutos