3.4 C
New York
março 24, 2019
Teatro & Dança

O Pequenino Grão de Areia, de João Falcão em cartaz no Teatro dos Quatro

Depois dos sucessos “O Homem da Vaca e o Poder da Fortuna”, de Ariano Suassuna e “Nem tudo está azul no país azul”, a Companhia Teatral ND, estreia o seu mais novo espetáculo O pequenino grão de areia, de João Falcão.

O espetáculo tem composições inéditas, onde os atores cantarão, dançarão e farão números acrobáticos.

Despertar os sonhos de cada um e acreditar na possibilidade de concretizá-los sensibilizando e refletindo sobre o que é mais importante e que está tão banalizado nos dias de hoje: o AMOR. O espetáculo “O Pequenino Grão de Areia” usa de forma poética e real alguns grãos de areia da praia com características humanas (alegria, dor, raiva, medo, sabedoria, tristeza e sonhos). Levando a plateia a se identificar com as ações e reações de sua própria vida. Como diz o grande escritor Johan Goethe “Quando uma criatura humana desperta para um grande sonho e sobre ele lança toda a força de sua alma, todo o universo conspira a seu favor.”. Por isso este é o maior objetivo do espetáculo “O Pequenino Grão de Areia”: acreditar de maneira verdadeira e consciente nos seus próprios sonhos.

Sinopse
O Texto de João Falcão conta história do surgimento de uma estrelas-no-mar. Inspirado na música Estrela do Mar que foi grande sucesso na era do rádio (1951), cantada pela Dalva de Oliveira, agrande voz brasileira. O ambiente da história é uma grande praia e os personagens são baseados nos elementos da natureza, dentre eles os grãos de areia, cada um com sua identidade – o grão chorão, o grão que ri, o grão circo, o grão raivoso, grão doutor– e os quatro elementos (Terra, Água, Fogo e Ar). A dramaturgia gira em torno do protagonista, o grão sonhador, que se apaixona por uma estrela no céu e acredita ser correspondido. A princípio todos os outros grãos riem dele por acreditar nesse amor impossível, mas depois resolvem ajuda-lo. Eles passam por várias tentativas sem sucesso, mas mesmo assim o grão sonhador não desiste e se arrisca a encontra-la no mais fundo do mar. Porque no fundo, no mais fundo do fundo do mar, ninguém pode impedir um grande amor. 

Ficha Técnica

Texto: João Falcão

Concepção e Direção: Henrique Kaladan

Elenco:Natalia Fabris, Gabriel Lopes, Daniel Diaz,  Luciano Veneu, Bruna Knoploch, Leonardo Brasil, Maria Gabriela Miotto e Yuri Tannuri

Músicos:
Acordeon e flauta: João  Bitencourt
Percussão: Leonardo Villar
Violão: Mig Martins 

Músicas: Carlos Suka
Arranjos e direção musical: João Bitencourt
Coreografia: Mario Cardona
Preparação Corporal e Acrobacia: Natássia Vello
Preparação Vocal: João Bitencourt
Visagismo: Criação coletiva
Figurino: Kaladan
Cenário: Jorge Dias
Criação de Luz: Kaladan e Ericeira Junior
Operação de Luz: Mario Junior
Operador de Som: Adolfo Prado
Camareira: Benedita Pereira
Programação Visual e Fotografia: Zele Comunicações
Realização: Kaladan Produções Artísticas 

O DIRETOR – Henrique Kaladan
Iniciou suas atividades no Teatro aos 17 anos, com participação no PROJETO ARMORIAL, criado e dirigido por Ariano Suassuna, no Teatro de Santa Izabel em Recife. Em São Paulo, já formado em Artes cênicas pela Escola de Arte Dramática EAD-USP, São Paulo, participou da Companhia Teatral de Paulo Autran e de Ruth Escobar. Foi dirigido pelos seguintes diretores: Fauzi Arap, Antônio Abujanra e Carlos de Simões.

Serviço

Teatro dos Quatro – Shopping da Gávea

Av. Marques de SãoVicente, 52 –  Gávea
Informações: (21) 22391095
Sábados e Domingos – 17h
Classificação Etária: Livre
Duração: 60 minutos
Capacidade: 402 lugares
Ingresso: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)
Temporada 05 de janeiro a 31 de março de 2019.
Não haverá sessões nos dias 02 e 03 de março de 2019.

Posts relacionados

‘O espectador condenado à morte’ no Teatro Municipal Maria Clara Machado

Redação

Masha e o Urso no Theatro Miguel Falabella

Redação

‘O último unicórnio’ estreia neste fim de semana

Redação

Monólogo ‘KIM – O amor é a tua cura’ retorna aos palcos no Teatro Cândido Mendes retratando a luta pela aceitação na vida de uma travesti 

Redação

Águas

Redação

Elza | Musical sobre Elza Soares se apresenta no Teatro Guararapes

Alyson Fonseca

Deixe um comentário