-1.5 C
New York
dezembro 19, 2018
Teatro & Dança

“O Pena Carioca” – Homenagem da Cia Atores de Laura a Martins Pena ganhará montagens gratuitas

O Pena Carioca é uma homenagem da Companhia Atores de Laura ao carioca Martins Pena, fundador da comédia de costumes brasileira. Assim como em sua obra, a peça retrata a vida do Rio de Janeiro da primeira metade do século XIX e explora o povo comum da roça e das cidades. Há uma galeria de tipos que constitui um retrato realista do Brasil da época, compreendendo funcionários públicos, políticos sem escrúpulos, juízes, malandros, novos ricos, moças namoradeiras, falsos cultos e profissionais da intriga social. A nova montagem vai presentear moradores da Pavuna, de Bangu e da Ilha do Governador, com apresentações gratuitas , respectivamente nos dias 18, 25 e 26/10.

Após um estudo aprofundado na obra de Martins Pena, a Companhia escolheu encenar as seguintes peças:

– O Judas em Sábado de Aleluia, que se desenrola a partir do aparecimento de Faustino, um dos pretendentes de Maricota, que acaba tendo que se fingir de Judas – um boneco – para se esconder do Capitão da Guarda Nacional, chefe de Faustino e outro pretendente de Maricota;

– O caixeiro da taverna, que narra as confusões de um português ambicioso, que veio para o Brasil tentar ganhar dinheiro e teve que se casar ocultamente;

– A família e a festa na roça, que conta a história da família de Domingos João, um fazendeiro que, encontrando-se quase falido, vê a oportunidade de aumentar suas posses casando a filha única, Quitéria, com um dono rico de um sítio.

Através do estilo cômico e da sátira, os temas abordados no espetáculo representam muitos dos problemas da época, como o casamento por interesse, a carestia, a exploração do sentimento religioso, a desonestidade dos comerciantes, a corrupção das autoridades públicas, o contrabando de escravos, a exploração do país por estrangeiros, o autoritarismo patriarcal e outras mazelas da sociedade.

Do campo à cidade, das moças comprometidas às namoradeiras, das peripécias às ingenuidades, veem-se os flagrantes da vida brasileira, onde tudo no texto é importante, inclusive as rubricas (marcas de cena), que são precisas e significativas.

Apesar de Martins Pena ter fixado um painel histórico da vida do país na primeira metade do século XIX, observamos costumes e características da sociedade que permaneceram até os dias de hoje na alma do povo carioca.

O Pena Carioca é o 22º espetáculo da Companhia Atores de Laura. Formada há 26 anos por um grupo de atores em torno do diretor Daniel Herz, a Companhia dedica-se desde a sua fundação ao trabalho coletivo, com o objetivo de pensar e realizar o ator como força principal do jogo cênico, em torno do qual são construídas, paralela e posteriormente, a direção, a cenografia, os figurinos e a iluminação, visão esta que é a marca distintiva de seu modo de criação e de produção artística até hoje.

SINOPSE
“O Pena Carioca” apresenta três textos de Martins Pena: O Judas em Sábado de Aleluia, O caixeiro da taverna e A família e a festa na roça. A peça retrata a vida do Rio de Janeiro da primeira metade do século XIX e explora o povo comum da roça e das cidades.

Ficha técnica O Pena Carioca
Da obra de Martins Pena

Direção: Daniel Herz

Elenco: Ana Paula Secco, Gabriela Rosas, Leandro Castilho, Luiz André Alvim, Marcio Fonseca, Paulo Hamilton e Daniel Herz

Iluminação: Aurélio de Simoni
Cenário: Fernando Mello da Costa
Figurino: Antônio Guedes
Direção Musical: Leandro Castilho
Direção de Movimento: Duda Maia
Consultoria Psicanalítica: Evelyn Disitzer
Assistente de Direção: Tiago Herz
Direção de Produção: Renata Campos

Serviço:

O PENA CARIOCA – Circulação Funarte Tonia Carrero de Teatro

ARENA PÉROLA NEGRA – Pavuna
Dia: 18 de outubro, quinta-feira, às 14h
Endereço: Praça Enio s/n – Pavuna
330 lugares
Telefone: (21) 2886-3889
Classificação: 12 anos
Entrada GRATUITA

ARENINHA HERMETO PASCOAL – Bangu
Dia: 25 de outubro, quinta-feira, às 14h
Endereço: Praça 1º de maio s/nº, Bangu.
300 lugares
Telefone: (21) 3463-4945
Classificação: 12 anos
Entrada GRATUITA

ARENINHA RENATO RUSSO – Ilha do Governador
Dia: 26 de outubro, sexta-feira, às 17h
Endereço: Parque Poeta Manuel Bandeira s/nº, Ilha do Governador.
300 lugares
Telefone: (21) 2467-0095
Classificação: 12 anos
Entrada GRATUITA

Posts relacionados

Em Casa a Gente Conversa | Juliana Knust e Cássio Reis se apresentam no Teatro RioMar Recife

Alyson Fonseca

Comédia ‘Eu sou eles’ estreia nova edição no Teatro Miguel Falabella

Redação

‘O salto de Prometeu’ estreia no Espaço Cultural Municipal Sergio Porto

Redação

“Esperança na Revolta” leva histórias de resistência para o palco do Sesc Tijuca

Redação

Lololendi no Teatro Riachuelo Rio

Redação

Livro que narra a história de um jovem soropositivo ganha a primeira versão para o teatro

Redação

Deixe um comentário