O Kompha volta ao palco do Ao Vivo

A banda Kompha, verdadeira lenda das “domingueiras” que aconteciam nos clubes Pinheiros e Círculo Militar durante  a década de 60 e 70 volta a se apresentar no Ao Vivo Music, em Moema na próxima sexta-feira, dia 03 de novembro.

“Reviver boas lembranças é sempre muito bom”, diz Alberto Niccoli Junior, baterista integrante do Kompha desde a primeira apresentação da banda. Nem tem como esquecer pois a estreia do Kompha ocorreu exatamente no dia do seu aniversario (8 de novembro de 1969)”durante uma grandiosa festa numa mansão no Real Parque em São Paulo.”

Além de Niccoli na bateria, Marinho Murano nos teclados, Tuca Aun na guitarra, Zé Roberto na guitarra base, integram a nova banda o José Aquino no baixo, e os convidados Enio Di Bunito na percussão e o vocalista Joe Roberts.

O repertorio é segredo, mas com toda a certeza os fãs irão ouvir hits já consagrados pela banda na década de 70 como Your Song, All right now, Spill the wine, entre outras. Boas músicas dos anos 80 tais como as de Steve Winwood, Rod Stewart, Free, Billy Joel, e outras também farão parte do show.

“Apesar da ausência do Ray e do Victor, pinta emoção e uma ponta de orgulho”, conta Niccoli. E é essa emoção e orgulho que marcam o retorno do Kompha além, é claro, da sua inconfundível excelência rítmica, base harmônica e forte pegada rock’roll.

Memoria – O Kompha surgiu da união de componentes de outras bandas: Marinho Murano e Tuca Aum, do Código 90; Victor Malzoni, o Ray Mattar (vocalista, dono de expressiva voz e de grande carisma, falecido em 1996), e Alberto Niccoli Junior, da banda Loupha. “Todos nos conhecíamos, pois cruzávamos uns com os outros nas domingueiras. O Vitor e o Ray foram o elo entre as bandas, convidaram o Tuca e formamos o Koumpha que depois virou Kompha, por sugestão do nosso amigo João Paulo que depois se tornou o nosso técnico de som”, explica Niccoli.

Com essa formação a banda chegou a participar de várias excursões nos navios Rosa da Fonseca e Funchal. No começo dos anos 70 deu-se a estreia nas domingueiras do Círculo Militar.

“Reconhecido pelo seu extremo bom gosto musical e repertorio diferenciado, o Kompha foi pioneiro em executar no Brasil a tocar músicas de bandas internacionais como 3Dog Night, Chicago, Steely Dan , Doobie Brothers, Fletwood Mac, Blood, Sweat and Tears, e de músicos como Elton John e James Taylor. Durante a década de 80 a banda teve muita influencia também de Steve Winwood, Rod Stewart, Free, Billy Joel entre outras”, conta Niccoli.

Nessa trajetória o Kompha também gravou nos anos 70, alguns compactos de muito sucesso: “primeiro compacto foi com o nome Soul Side onde gravamos Somebody Help Me e foi bom, pois nos deu um pouco de experiência para as próximas gravações. Depois veio o sucesso com o Beacher/ Since I Feel For You (1972), Fat Lady/Bridges (1973) e Lalala Blues/Happy Song (1974)”, conta Niccoli.

Uma oportunidade de conferir ao vivo o Kompha com a força das suas canções frescas e latentes na memória e na alma dos apreciadores do rock!

Kompha

Ao Vivo Music

Rua Inhambú, 229 – Moema

Tel.: 5052-0072

Capacidade: 100 lugares

Sexta-feira, 3 de novembro, das 22h às 23h59

Ingressos:

Antecipados R$ 35,00

Na porta R$ 40,00

Não Aceitamos Cartões

Vendas pela Internet: https://www.eventbrite.com.br/e/kompha-tickets-38809254525

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.