24.6 C
New York
junho 16, 2019
Música

O CD Plantas Renováveis brotou

Depois de 5 singles lançados e tocados em rádios de Seattle, São Francisco, Barcelona, Marraquexe, Stoke-on-Trent, Cidade do México, Buenos Aires, Ushuaia e Bogotá, além de rádios e webrádios brasileiras, a banda carioca de art-rock-pop-experimental O Branco e o Indio lança seu 2º CD Plantas Renováveis.

O álbum de 12 músicas foi produzido e mixado pela própria banda e mistura influências de Talking Heads, Mutantes, Sonic Youth, Clube da Esquina, Ween, Júpiter Maçã, James Chance, Neu! e Devo às extensas experiências musicais dos guitarristas/vocalistas Flavio Abbes (IN-SONE, UAR) e Bruno Rezende (ex-Carne de Segunda, Canastra e Lucas Santtana), do baixista Roberto Souza (ex-Os Dissidentes) e do baterista Pedro Serra (Estranhos Românticos), gerando o som sensorial e imagético – cheio de efeitos, dissonância, ruídos e melodia – com letras neo-concretas, existenciais e surreais d’O Branco e o Indio.
 
Apesar de ter sido lançado aos poucos, Plantas Renováveis foi pensado como uma obra e não uma reunião de singles. Desde a capa (arte de Flavio Abbes utilizando um instrumento criado pela banda durante a gravação) até a ordem das músicas no disco, tudo foi cuidadosamente escolhido pela banda. O CD é distribuído nacionalmente pela Tratore e está presente nas plataformas digitais como Spotify, Deezer, iTunes, Bandcamp e SoundCloud.

Posts relacionados

Duo Bretas-Kevorkian apresenta obras para piano, em concerto gratuito do Prelúdio 21 na Cinelândia

Redação

LabSonica Sessions apresenta Pedro Mann e Thaís Gulin

Redação

Samba do Xoxó é atração no Feijão da Madame

Redação

Aesm-Rio disponibiliza prévias das gravações dos sambas de enredo

Redação

Leila Pinheiro apresenta ‘Extravios no Theatro Net Rio

Redação

Nilze Carvalho abre a noite no Jardim Uaná Etê

Redação

Deixe um comentário