Novidades Guaaja Tiquira

A empresaria Margot Stinglwagner convidou a barwoman Jessica Sanchez para assinar coquetéis preparados com a aguardente de mandioca Guaaja Tiquira, que foram lançados na última segunda-feira, às 19h, no Hotel de Yoo2, em Botafogo. Foram criados sete drinks com a bebida. A Guaaja Piña Sour – suco de limão, xarope de abacaxi ; Hey, I´m Tropical – Guaaja, suco de limão siciliano, licor de flor de sabugueiro, hortelã, angostura ; Saudade – Guaaja Tiquira, sumo de maracujá, purê de amora, xarope de açúcar ; Guaaja Temple – suco de cranberry, ginger ale; Guaaja Ginger – suco de grapefruit, xarope de gengibre; Guaaja Old is Cool – cynar (aperitivo de alcachofra), campari; e o Guaaja & Tonic – Guaaja e água tônica. 

A  Guaaja é produzida a partir da mandioca brava, em um processo diferente da cana, por não conter açúcar natural. A produção começa com a limpeza e a retirada da toxicidade. Através de processos enzimáticos, o amido é transformado em açúcar para em seguida ser fermentada até, finalmente, ser destilada em alambique de cobre. A Guaaja nasce com o objetivo de conquistar os paladares mais apurados e encantar a todos com esse destilado pouco conhecido, inclusive no Brasil, proporcionando uma degustação com o sabor e a identidade característicos e próprios dessa aguardente genuinamente nacional, com 40% de graduação alcoólica. Iniciando com uma pequena produção de 12000 litros anuais e com projetos de expansão, a bebida típica do Maranhão dá os primeiros passos para conquistar o país. De forma natural e orgânica.

A bebida está nos endereços mais bacanas da cidade, Copacaba Palace, Ceasar Park, Praia Ipanema Hotel (Espaço7zero6), Bar dos descasados, A & F, Palace, Vizinho entre outros.

Na ocasião serão lançados também o novo site www.guaaja.com e o ecommerce www.triboguaaja.com.br.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.