No aniversário do Rio cada prato conta uma história

O Rio de Janeiro, bonito por natureza e acolhedor por vocação, completa 453 anos no próximo dia 1º e para celebrar, alguns dos mais consagrados restaurantes do Rio declaram seu amor pela cidade preparando sugestões cheias de sabor, afeto e histórias.

No tradicional Azumi, restaurante genuinamente japonês e familiar, em Copacabana, conquista os clientes por ser um pedacinho do Japão em solo carioca. Fruto do sonho da família Ohara, proprietária do local há mais 25 anos, o restaurante é o único da cidade totalmente japonês. Com um cardápio legitimamente nipônico é uma extensão da própria casa dos japoneses e na cozinha da família Ohara, assim como na do Azumi, um prato que não pode deixar de ser preparado é o ensopado de macarrão japonês ou udon,servido normalmente como sopa, em caldo quente à base de dashi, shoyu e mirin. Sobre o udon básico, são acrescentados um ou mais ingredientes, e estes ingredientes dão origem a várias receitas. A origem do prato no Japão tem sido creditada ao sacerdote budista Kobo Daishi ou Kukai, que teria levado para lá conhecimento da sopa de udon após ter viajado para a China por volta do começo do século IX.

Hoje o famoso udon pode ser encontrado por todo o Japão em restaurantes especializados, restaurantes casuais, familiares e até mesmo em izakaya. Ele costuma ser variado, cada região do Japão tem sua mistura de ingredientes, mas a forma que o macarrão é preparado, influencia diretamente no sabor deste delicioso prato.  A seleção de ingredientes também reflete a sazonalidade das estações e eles são balanceados com outros. Muitos ingredientes são acrescentados sem muito cozimento, alguns são bem fritos, cortados em fatias bem finas. Todos esses pequenos detalhes influenciam na preparação do prato.

Assim como no lar da família Ohara, o ensopado feito com udon, macarrão de farinha branca, é preparado artesanalmente no Azumi. São mais de oito opções à escolha do cliente, mas para homenagear o aniversário da cidade que abraçou essa cultura milenar, os Ohara sugerem o Udon Azumi (foto) (R$55), preparado pela casa com frango, cogumelo, legumes e ovo.

A celebração com sabor oriental à Cidade Maravilhosa segue para o Jardim Botânico, onde um dos melhores nomes da gastronomia oriental carioca, o contemporâneo japonês Yumê, localizado em um casarão histórico, que combina um ambiente intimista e aconchegante com um cardápio contemporâneo, recheado de clássicos e versões de pratos orientais cheios de sabor e personalidade, prepara sua saborosa homenagem ao bairro. Fruto das experientes mãos dos talentosos chefs Edvan Medeiros e Flávio Alves, que comandam com maestria a cozinha do restaurante há muitos anos, o Combinado Jardim Botânico (foto) (R$270), com uma expressiva quantidade de peças, reunindo 25 sushis, 35 sashimis e 20 makimonos.

Mas além da gastronomia, a atmosfera da cultura japonesa também está presente na decoração do Yumê, que oferece o Espaço Zen, a luz de velas e sobre um lago de vidro repleto de carpas ornamentais, que na cultura oriental significam boa sorte, felicidade, fertilidade e principalmente prosperidade. Lá costumes da tradição nipônica como tirar os sapatos e comer sentado no tatame, são recriados. O teto retrátil permite que a luz do sol ou da lua entrem, transformando o lugar em um lindo jardim.  

Enquanto isso Guy Aziza, médico por formação que ainda reside em Paris, mas é conhecido por ser um apaixonado pelo Rio e pela boa gastronomia – ele vem cerca de sete vezes por ano à cidade para comandar com maestria seus negócios como empresário – fez questão de incorporar ao novo menu de seu aconchegante bistrô na Fonte da Saudade, na Lagoa, um de seus pratos favoritos quando está na cidade, o Spaguetti com camarões (foto) (R$69), a massa preparada ao sugo é acrescida de tomates secos, azeitonas pretas, pignoles e manjericão.

E são tempos festivos também para a casa, que completa 10 anos em julho e já iniciou o ano recebendo, em janeiro, a estrelada chef francesa Véronique Melloul para uma temporada no restaurante e estruturação de um novíssimo cardápio com delícias franco-brasileiras.

Serviços:

Azumi
Rua Ministro Viveiros de Castro 127, Copacabana
2295-1098
Dom a quin, do meio-dia às 15h; e das 19h à meia-noite. Sex e sáb, do meio-dia às 15h; e das 19h à 1h.
Seguir: @azumirestaurante

Yumê
Rua Pacheco Leão 758, Jardim Botânico 
3205-7321
Seg, do meio-dia às 15h30m; e das 18h à meia-noite. Ter a quin, do meio-dia às 15h30m; e das 18h à 1h. Sex e sáb, do meio-dia às 2h. Dom, do meio-dia à meia-noite.
Seguir: @restauranteyume

Guy Restaurante
Rua Fonte da Saudade 187, Lagoa 
3549-8307 / 3529-8640
Seg à quin, das 11h às 23h. Sex, das 11h à meia-noite. Sáb e feriados, das 8h à meia -noite. Dom, das 8h às 23h.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.