Nascituros – Um espetáculo itinerante do Tríptico Coletivo

Após um incidente um casal é forçado a se separar. Dez anos depois, quando uma das partes decide escrever uma peça sobre seu passado, a fim de expurgar suas aflições, a outra reaparece na tentativa de impedir a exposição dessa história, pois contém segredos que podem acarretar mais problemas. A trama é contada utilizando diversas linguagens teatrais de forma itinerante, dentro e fora do Castelinho do Flamengo.

Nascituros é um espetáculo teatral que propõe uma nova leitura a respeito de preconceitos, direitos, escolhas e se interrogar sobre os limites entre o direito coletivo sobre o individual. Ao expor a crueldade das relações humanas, com toques de humor ácido, a encenação busca tirar o público de sua passividade fazendo dele mais um elemento da peça, pois, é a partir de sua leitura, singular e subjetiva do espetáculo que ele extrai os elementos para a sua compreensão de como uma sociedade pode interferir nas escolhas e na vida de um indivíduo. Para isto, a história é contada em metalinguagem e a estrutura dramática em forma de elipse, fazendo o público buscar em si o preenchimento do hiato existente na história, com personagens bem humanizados, onde a identificação é quase imediata. O público completa, se reconhece e interroga as suas próprias ações e consequentemente os limites entre o direito coletivo sobre o individual proposto como tema da peça.

Nascituros aborda questões que precisam ser discutidas agora. Um espetáculo com temática LGBT que discute a família, as escolhas e renúncias, o abandono e, principalmente, o amor. É aqui! É urgente! É de verdade! Realidade e ficção se misturam. Não há quem não se identifique. “E não é só isso!” é uma das frases que mais se repete quando conversamos sobre as questões da peça com espectadores. E não é para ser só isso! Porque não deve ser só isso! A vida não segue uma ordem de temas. Impressões nunca são iguais, porque a vida não é igual pra ninguém. Cada pessoa se sente tocada em contextos diferentes, se sensibiliza em momentos diferentes.

Duração 60 min classificação 14 anos Ingressos: Inteira – 40 reais | Meia-entrada – 20 reais

ingresso antecipado em https://www.sympla.com.br/Nascituros__193501

Ficha técnica
Texto John Marcatto | direção Victor Fontoura elenco Bruno Marques | John Marcatto | Mari Bridi | Marilha Galla orientação Ricardo Kosovski | iluminação Poliana Pinheiro | arte Nikko | mixagem DJ Scardua | fotografia Danillo Sabino audiovisual Pedro Juan | marketing cultural Gloria Dinniz| produção executiva Samia Oliveira realização Tríptico Coletivo

Serviço
De 5 a 29 de out | quinta a domingo | 20h no Castelinho do Flamengo | Praia do Flamengo, 144 | capacidade 25 pessoas