Músico norte-americano Benji Kaplan se apresenta na Urca

NO REPERTÓRIO, RITMOS COMO MARACATU E BAIÃO GANHAM ROUPAGEM ERUDITA

No dia 24 de março, às 19h, a Casa Benet Domingo recebe o show do cantor norte-americano Benji Kaplan, que apresenta o álbum “Chorando Sete Cores”, o quarto disco da carreira. Ritmos brasileiros como maracatu, samba, baião, choro, bolero e maxixe serão apresentados no violão de harmonias imprevisíveis do músico. Além do artista, o show conta com participação especial da cantora e parceira musical Rita Figueiredo, e do compositor Rodrigo Zaidan.

As 13 faixas de “Chorando Sete Cores” convidam o ouvinte a experimentar a música brasileira de forma única, na qual o violão se despe do protagonismo e se funde à sonoridade do quinteto de sopros, formando um conjunto em que cada elemento é essencial para a narrativa. Mais que uma sucessão de peças individuais, o álbum se apresenta como uma jornada contínua que mescla cenários estadunidenses e brasileiros, em arranjos elaborados que evidenciam a musicalidade e o alto nível técnico dos instrumentistas.

“Nesse disco procurei expandir os limites dos seis instrumentos, explorando não apenas texturas e possibilidades harmônicas, como também grooves e ritmos. Há momentos em que se ouve a batida de um cavaquinho ou bandolim tocado pelo quinteto de sopros”,  conta Benji.

O nome do disco remete ao pássaro brasileiro saíra-sete-cores, cujo canto inspirou o compositor norte-americano a compor a faixa-título do trabalho. A palavra “chorando”, aqui, também faz referência ao gênero musical, e o número sete se relaciona tanto com pássaro quanto com os sete elementos do disco – os seis instrumentistas e a composição em si.

Benji Kaplan
Guitarrista, violonista, arranjador, cantor e compositor norte-americano, Benji Kaplan nasceu em 1985 e foi criado na cidade de Nova York. Filho de pai cubano com ascendência russa-judaica e mãe austríaca, Benji ouvia dentro de casa vários tipos de música, oriundas dos países de seus pais e também do Oriente Médio, música ladina (por parte do avô judeu espanhol), música brasileira e africana. Ele se recorda ainda muito pequeno dos pais colocando discos de Clara Nunes, Hermeto Pascoal, Tom Jobim, Dorival Caymmi, Canhoto da Paraíba e muitos outros na vitrola de sua casa.

Atualmente, possui parcerias e colaborações com diversos artistas brasileiros, incluindo Makely Ka, Pedro Dias Carneiro, Rita Figueiredo, Sergio Krakowski e Luiz Simas. Kaplan já tem três álbuns aclamados – Meditações no Violão, um álbum solo com diversos estilos, ritmos e maneiras de tocar violão solo incluindo choros, baiões, modinhas e outros ritmos num estilo muito próprio; Reveries em Som, um álbum de duetos com o notável flautista Anne Drummond; e Uai Sô, uma obra-prima com conjuntos variados que explora profundamente a amplitude da sua composição e organização. Com Chorando Sete Cores, ele dá um passo adiante em sua visão singular, combinando um quinteto de sopros ao seu virtuoso violão.

CASA BENET DOMINGO APRESENTA SHOW DO MÚSICO NORTE-AMERICANO BENJI KAPLAN
Data: 24/03
Horário: Às 19h
Valor: R$ 20,00
Duração do show: 1h15
Endereço: Av. São Sebastião 135, Urca
www.casabenetdomingo.com  

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.