20.1 C
Rio de Janeiro
sábado, maio 30, 2020

Rita Benneditto participa de live com jornalista autor do documentário “Cárceres dos deuses”

Destaques na semana

Umas & Ostras traz o Festival de Camarão para o período de quarentena

Aberta em 1992, o restaurante Umas & Ostras é referência na Tijuca quando o assunto é peixes e frutos do mar....

Dia do Hambúrguer com receita artesanal no Botequim Rio Antigo

O Botequim Rio Antigo, terceiro lugar do Comida di Buteco 2019, aposta no seu Hambúrguer Artesanal no Dia do Hambúrguer, 28 de...

Westwing se une a Feira na Rosenbaum Online em apoio a pequenos artesãos e designers brasileiros

Em tempos de isolamento social, o Westwing estende a mão, e acredita que juntos - mas longe -, somos maiores e mais...

Restaurante ino. cria hambúrguer especial para comemorar o Dia Mundial do Hambúrguer

Um dos pratos queridinhos de todo brasileiro é o hambúrguer e todo dia 28 de maio essa iguaria é celebrada nos quatro cantos do mundo, pensando...

Nesta sexta-feira, às 21h, a cantora Rita Benneditto participará de uma live no Instagram do jornalista Gabriel Sorrentino (@gbrlsorrentino), que também é documentarista, youtuber e pesquisador sobre religiosidade de matriz-africana. Responsável pelo espetáculo Tecnomacumba, que é apresentado há 17 anos, Rita agrupa em seu repertório pontos e rezas ligados à umbanda e ao candomblé, mesclados a temas da MPB, de autores como Gilberto Gil e Jorge Ben, em que entidades-símbolos da nossa fé são louvados/evocados. Tudo isso apresentado com arranjos modernos, em roupagem eletrônica. 

Na live, o jornalista irá entrevistar a cantora em um bate-papo descontraído. Carreira, musicalidade, religião: vários temas serão conversados e a participação dos espectadores será constantemente incentivada. 

“Para mim, o Tecnomacumba é um grande símbolo de resistência: tanto pela religiosidade de matriz-africana quanto pela arte. A umbanda resiste, o candomblé resiste, a arte resiste. E esse espetáculo deixa isso bem claro”, afirma Gabriel, acrescentando que, além de toda importância cultural, o álbum também tem uma participação em sua memória afetiva: “Na minha infância, logo quando comecei a frequentar o terreiro de onde sou filho até hoje, ganhei de presente o CD do Tecnomacumba da minha falecida madrinha. Na época, tudo era muito novo. Aquelas divindades africanas, aqueles seres que se manifestavam no corpo de médiuns. Era tudo lindo demais. E o Tecnomacumba surgiu como uma trilha sonora para este momento da minha vida – e muitos outros! Além, claro, de me remeter à imagem da Elaine, minha madrinha na igreja católica e na umbanda”. 

Rita Benneditto – Uma personificação do verdadeiro Brasil

Rita nasceu em São Benedito do Rio Preto, Maranhão. A origem pautou a escolha do novo nome artístico. Projetada como Rita Ribeiro, a artista decidiu adotar em 2012 o nome de Rita Benneditto para homenagear sua cidade natal e seu pai, Fausto Benedito Ribeiro.

Rita começou sua carreira em São Luís, aos 15 anos. Morou no Chile em 1986 e lá estudou canto erudito. Na volta ao Brasil, no ano seguinte, ganhou o prêmio de melhor intérprete e o segundo lugar no FUMP (Festival Universitário de Música Popular), de Minas Gerais.

Ao lado de Ney Matogrosso, Milton Nascimento, Zeca Baleiro e Chico César, apresentou-se na noite brasileira do Festival de Jazz de Montreux, na Suíça.

Em 2000, participou do Festival Todos os Cantos do Mundo, dividindo o palco com Lokua Kanza, considerado um dos grandes expoentes da música pop africana. No mesmo ano, após Rita ter lançado seu segundo disco na Europa, fez uma turnê internacional nas principais cidades americanas e canadenses para platéias de 15 mil pessoas.

Em 2001, foi indicada ao Grammy Awards 43rd, na categoria de melhor álbum de pop-rock pelo CD “Pérolas aos povos”.

Sua popularidade aumentou ainda mais  com o inovador Tecnomacumba. Resultado de uma intervenção cultural, o show virou um fenômeno independente da mídia. Através desse projeto, Rita ganhou o Prêmio Rival Petrobras de Música na categoria Melhor Show e o 21º Prêmio da Música Brasileira como Melhor Cantora – Categoria Canção Popular.

Tecnomacumba – a tempo e ao vivo, gravado no Vivo Rio e lançado em CD e DVD, contou com a participação especial de Maria Bethânia, texto de apresentação de Caetano Veloso e depoimentos de Alcione, Ney Matogrosso, Ângela Leal e Jean Wyllys.

Tecnomacumba – 15 anos de festa e fé. Esse foi o título da apresentação que marcou, ao longo de 2018, os 15 anos do projeto. No mesmo ano, ela lançou também o single e o clipe da música “7Marias”, composição de Rita Benneditto e Felipe Pinaud. O vídeo já ultrapassou a marca de 1 milhão de visualizações.

Em 2017, ao lado de Donatinho, Fred Ferreira e Ronaldo Silva, a artista realizou a pré-estreia de Zabumba Beat, espetáculo que reverencia os tambores do Brasil. No mesmo ano, Rita dividiu a cena com Jussara Silveira no show “Som e fúria”  e retomou sua face de intérprete intimista com o show “Rita Benneditto convida Jaime Alem”, no qual as interpretações da cantora aparecem emolduradas pelos instrumentos de cordas do maestro, compositor e arranjador.

A cantora estreia, em 2020, seu novo show, “Samba de Benneditto”, no qual mostra seu olhar sobre o samba e os muitos estilos com que ele é executado em diferentes regiões do país. Ela lança também o single “Benneditto seja”, samba com forte influência de ritmos maranhenses. A faixa tem direção musical do maestro Luís Filipe de Lima.

Siga Rita Benneditto:
http://www.fb.com/ritabenneditto.oficial
https://www.instagram.com/ritabenneditto
http://youtube.com/ritabenneditto

- Advertisement -

Mais notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Últimas notícias

Curso On-Line – O Teatro de Revista – Teatro Musical Brasileiro

Especialista em Teatro Musical Brasileiro, Neyde Veneziano dirigiu 40 espetáculos em São Paulo e outros em Campinas, Florianópolis, Lisboa (PT) e Milão...

Maria Rita Alonso: conexão moda-décor

A jornalista, empresária e editora de moda Maria Rita Alonso abre as portas* da sua casa na Vila Madalena, em São Paulo,...

Umas & Ostras traz o Festival de Camarão para o período de quarentena

Aberta em 1992, o restaurante Umas & Ostras é referência na Tijuca quando o assunto é peixes e frutos do mar....

Artesanos Bakery lança cestas especiais irresistíveis para celebrar o Dia dos Namorados em grande estilo

O Dia dos Namorados comemorado em 12 de junho está chegando e a charmosa padaria gourmet especializada em fermentação natural Artesanos Bakery...

#ZiriguidumEmCasa tem 9ª edição de 29 a 31 de maio

Fechando o mês de maio o Festival #ZiriguidumEmCasa apresenta sua nona edição com shows do dia 29 a 31 de maio.  Pioneiro...
Share via